Boi inteiro ou castrado? Pasto ou confinamento? Análise sensorial descobre preferências dos consumidores

12 julho 2017
analise-sensorial-carne-bovina-fea-unicamp-sergio-pflanzer1

No início de junho de 2017, o professor da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (FEA/Unicamp), Sérgio Pflanzer, fez uma demonstração de análise sensorial de quatro diferentes amostras de carne bovina utilizando consumidores como juízes. A dinâmica foi realizada durante a feira Beef Expo, que aconteceu na capital São Paulo, e teve o intuito de analisar e interpretar como as características dos alimentos foram percebidas pelos sentidos do público presente.

Veja também:

+ Qual sistema de engorda produz a melhor carne?

Segundo o próprio professor, embora o experimento não possa ser considerado científico, foi possível detectar preferências afetivas evidentes por duas amostras em detrimento às outras duas. Ao todo, foram avaliados quatro tipos de carnes, advindos dos seguintes tipos de animal:

– Boi azebuado abatido aos 48 meses, inteiro, terminado a pasto e apenas mineralizado;

– Boi azebuado, também inteiro, terminado aos 24 meses após 110 dias de confinamento;

– Boi azebuado, de 36 meses, castrado e terminado a pasto;

– Boi cruzado com raça britânica (meio sangue, ou F1), castrado, terminado aos 18 meses após 150 dias de confinamento.

Veja como foi elaborada a dinâmica e qual foi o seu resultado na apresentação abaixo:

 

VEJA TAMBÉM

Mão de obra é 2ª maior preocupação do pecuarista; como formar equipe com os melhores profissionais?

Consultor Antônio Chaker elaborou lista com três passos para o fazendeiro atrair e fidelizar os melhores profissionais para a sua propriedade

Confira as fazendas em destaque do dia 14 de dezembro de 2018

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Revelado o vencedor da eleição para o melhor lote de novembro

Lote ganhador foi composto por novilhas precoces, entre zero e dois DIPs (dentes incisivos permanentes) e marcou 99% Verde no Farol da Qualidade

Brasil perde 16 milhões de cabeças de gado por ano por falhas na sanidade

Número representa uma taxa de mortalidade de 8% no rebanho total de 200 milhões de cabeças. “É uma ineficiência enorme”, lamentou professor da Unesp

Boi inteiro ou castrado? Pasto ou confinamento? Análise sensorial descobre preferências dos consumidores

12 julho 2017
analise-sensorial-carne-bovina-fea-unicamp-sergio-pflanzer1

No início de junho de 2017, o professor da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Universidade Estadual de Campinas (FEA/Unicamp), Sérgio Pflanzer, fez uma demonstração de análise sensorial de quatro diferentes amostras de carne bovina utilizando consumidores como juízes. A dinâmica foi realizada durante a feira Beef Expo, que aconteceu na capital São Paulo, e teve o intuito de analisar e interpretar como as características dos alimentos foram percebidas pelos sentidos do público presente.

Veja também:

+ Qual sistema de engorda produz a melhor carne?

Segundo o próprio professor, embora o experimento não possa ser considerado científico, foi possível detectar preferências afetivas evidentes por duas amostras em detrimento às outras duas. Ao todo, foram avaliados quatro tipos de carnes, advindos dos seguintes tipos de animal:

– Boi azebuado abatido aos 48 meses, inteiro, terminado a pasto e apenas mineralizado;

– Boi azebuado, também inteiro, terminado aos 24 meses após 110 dias de confinamento;

– Boi azebuado, de 36 meses, castrado e terminado a pasto;

– Boi cruzado com raça britânica (meio sangue, ou F1), castrado, terminado aos 18 meses após 150 dias de confinamento.

Veja como foi elaborada a dinâmica e qual foi o seu resultado na apresentação abaixo:

 

VEJA TAMBÉM

Consultor Antônio Chaker elaborou lista com três passos para o fazendeiro atrair e fidelizar os melhores profissionais para a sua propriedade

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Lote ganhador foi composto por novilhas precoces, entre zero e dois DIPs (dentes incisivos permanentes) e marcou 99% Verde no Farol da Qualidade

Número representa uma taxa de mortalidade de 8% no rebanho total de 200 milhões de cabeças. “É uma ineficiência enorme”, lamentou professor da Unesp

Gado foi enviado pela propriedade da família Rojas – o pai Djalma e seu filho Rogério Catanduva, marcando 75% Verde no Farol da Qualidade

Fazendas nos estados do Tocantins, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira lotes e Farol da Qualidade.

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Novo aplicador conta com protetor de agulha que reforça higiene do dispositivo e facilita na formação de pregas para vacinas subcutâneas, como a aftosa

Evento acontecerá dias 15 e 16/12 na Estância Dama, em Pilar do Sul, cidade localizada na região de Sorocaba, no interior do estado de São Paulo

Estrutura imobiliza o bezerro recém-nascido e não permite o acesso da vaca ao local de manejo, garantindo a segurança e a praticidade para o peão

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE