Vendas de suplementos para bovinos em confinamento crescem 40% no Brasil

02/08/2017
Vendas de suplementos para bovinos em confinamento crescem 40% no Brasil

No programa desta quarta-feira, 02, o programa Giro do Boi recebeu em estúdio o gerente de confinamentos da Tortuga DSM, Marcos Baruselli, que comentou o aumento expressivo de 40% das vendas de suplementação para gado confinado neste ano. Para Baruselli, o atual cenário do mercado tem sido favorável aos pecuaristas que desejam confinar, com o custo da soja e milho mais baratos.

“O custo de produção também da arroba do boi no confinamento reduziu esse ano, o milho está mais barato, a soja mais barata. Hoje é possível fazer uma arroba no confinamento a menos de cem reais, estados como Mato Grosso, onde o milho é mais barato ainda, essa arroba fica entre R$ 70 a R$ 80, arroba produzidas no cocho, que vão ser comercializadas a R$ 120 reais”, calculou Baruselli.

O gerente falou também do trabalho que a empresa vem realizando no Programa de Incentivo à Tecnologia – PIT, da Tortuga DSM. De acordo com Baruselli, a iniciativa tem auxiliado centenas de produtores que estão em busca de aumento de produtividade. O PIT funciona como uma assessoria técnica em que os profissionais da companhia vão até as fazendas e orientam as equipes a utilizarem da melhor forma as novas tecnologias na área de suplementação. O serviço não tem custo e ainda oferece acompanhamento de resultados ao produtor.

Confira a entrevista completa e veja outras vantagens de terminar o gado no confinamento.

Veja também: