Brasil busca consolidar demanda chinesa por carne bovina na 4ª maior feira do mundo

17/05/2018
Brasil busca consolidar demanda chinesa por carne bovina na 4ª maior feira do mundo

Começou nesta quarta, 16, a edição 2018 da Sial Xangai, que, segundo a própria organização, é a quarta maior feira do setor alimentício mundial. O evento ocorre em um espaço de 162 mil metros quadrados, reunindo 3400 expositores que receberão até esta sexta, dia 18, cerca de 110 mil visitantes.

E a cadeia produtiva da carne bovina brasileira está presente na feira. Com um estande da iniciativa Brazilian Beef, uma parceria entre a ApexBrasil e a Abiec, os agentes buscam consolidar a demanda chinesa pela nosso produto. Nos primeiros meses de 2018, o país foi responsável por mais de 40% do total de exportações brasileiras de carne bovina.

Um dos profissionais presentes na feira é o gerente do programa Carne Angus Certificada, Fábio Schuler Medeiros, que enviou uma mensagem exclusiva para os telespectadores do Giro do Boi. “O recado que a gente manda para você, produtor, é: produza qualidade, produza carne saudável, seguindo todas as normas sanitárias, todos os cuidados com vacinação para que a gente possa ter esse mercado cada vez mais forte e conquiste cada vez mais valor para a sua produção. Produtor e indústria juntos são uma cadeia mais forte, que pode trazer renda e emprego para o campo”, pediu.

Veja o vídeo completo pelo player abaixo:

Veja também: