Consumo per capita de carne bovina no Brasil deve aumentar 4 quilos em 2018

12/01/2018
Consumo per capita de carne bovina no Brasil deve aumentar 4 quilos em 2018

No quadro Giro pelo Brasil desta sexta, 12, o Giro do Boi levou ao ar entrevista com o zootecnista e gerente comercial da linha de pastagens da DOW, Guilherme Foresti Caldeira. Em conversa com o apresentador Mauro Sérgio Ortega, Caldeira apresentou um panorama positivo de expectativas para o desempenho da pecuária em 2018, partindo da projeções de melhoria contínua dos indicadores econômicos do país.

“Do ponto de vista do mercado interno, a melhora nos índices econômicos do país, que começaram a aparecer a partir 2017 e muito provavelmente vão continuar em 2018, deve proporcionar uma maior renda para a população e a gente sabe que o consumo de carne e derivados leite são diretamente proporcionais aumento poder aquisitivo. Então a gente estima aumentao do consumo produtos esse ano”, disse o zootecnista, lembrando de pesquisa do Rabobank que projeta aumento de consumo de carne bovina no Brasil na ordem de quatro quilos per capita em 2018, frente às sequentes quedas nos últimos anos.

O cenário deve fazer o pecuarista investir mais em 2018, ainda de acordo com Caldeira. “O pecuarista tem se atentado um pouco mais pra esse tipo de problema (degradação de pastagens com plantas daninhas) e aplicado tecnologia, o que faz com que ele consiga produzir cada vez mais através do controle de plantas invasoras em pastagens. No ano passado tivemos um ano interessante e crescemos na região (Sudeste) em torno de 20 a 25%. E as expectativas pra esse ano são muito positivas, a gente tem um cenário que permite dizer isto com bastante certeza”, antecipou.

Veja a participação de Guilherme Foresti Caldeira na íntegra clicando no player abaixo:

Veja também: