Apurar genética de animais aumenta apenas 2% o custo de produção

26/12/2016
Apurar genética de animais aumenta apenas 2% o custo de produção

O programa Giro do Boi exibido em 08 de setembro mostrou uma entrevista com Carlos Vivacqua, presidente da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), realizada durante a Expointer 2016.

Mesmo com a queda de 1% nas vendas de sêmen no Brasil nos seis primeiros meses do ano em relação a 2015, o cenário de estabilidade em plena crise econômica foi comemorado.

Segundo Vivacqua, aprimorar a genética dos animais de uma fazenda requer, em média, investimento de 2% dos custos de produção e pode trazer sólidos resultados financeiros. Assista:

Veja também: