Pecuarista faz convite para ‘corrente do bem’ em prol do Hospital de Amor

07 dezembro 2018
thiago-faria-murian-o-agro-contra-o-cancer

Você, pecuarista, já aderiu à corrente do bem em prol do Hospital de Amor, o antigo Hospital do Câncer de Barretos? O agronegócio é responsável por cerca de 70% das doações feitas à entidade, que precisa mensalmente de ao menos R$ 22 milhões para fechar com as contas no azul. O custo mensal para tratar 170 mil pacientes todos os anos é de cerca de R$ 37 mi, enquanto o repasse do SUS gira em torno de R$ 15 mi.

Daí a importância de os pecuaristas aderirem à campanha O Agro Contra o Câncer, conforme reforçou hoje, 07, ao quadro Giro do Dia, o pecuarista Thiago Faria Muriano, proprietário da Fazenda Vista Verde no Vale do Paraíba, na cidade de Guaratinguetá-SP. “É uma causa muito justa. Um pouquinho para a gente é muito para quem está precisando no momento. Independente de ser pecuarista, empresário, agricultor, um pouquinho de cada um pode fazer um país, um mundo melhor”, afirmou.

+ Clique aqui e saiba como fazer a adesão à campanha O Agro Contra o Câncer

Quem também passou um recado importante para pecuaristas de Rondônia que estão procurando reposição foi o diretor voluntário do Hospital de Amor, Rubikinho Carvalho. Os produtores podem, ao mesmo tempo, comprar os animais e fazer sua doação à instituição. Isto porque no próximo dia 09/12, domingo, às 12h, acontecerá em o leilão especial de fim de ano da Leiloraça promovido por Sidney Farina. O remate é parceiro do hospital e compradores e vendedores podem fazer a doação de R$ 1 por cabeça comercializada.

Veja o convite de Rubikinho Carvalho e o depoimento de Thiago Faria Muriano na íntegra pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Mão de obra é 2ª maior preocupação do pecuarista; como formar equipe com os melhores profissionais?

Consultor Antônio Chaker elaborou lista com três passos para o fazendeiro atrair e fidelizar os melhores profissionais para a sua propriedade

Confira as fazendas em destaque do dia 14 de dezembro de 2018

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Revelado o vencedor da eleição para o melhor lote de novembro

Lote ganhador foi composto por novilhas precoces, entre zero e dois DIPs (dentes incisivos permanentes) e marcou 99% Verde no Farol da Qualidade

Brasil perde 16 milhões de cabeças de gado por ano por falhas na sanidade

Número representa uma taxa de mortalidade de 8% no rebanho total de 200 milhões de cabeças. “É uma ineficiência enorme”, lamentou professor da Unesp

Pecuarista faz convite para ‘corrente do bem’ em prol do Hospital de Amor

07 dezembro 2018
thiago-faria-murian-o-agro-contra-o-cancer

Você, pecuarista, já aderiu à corrente do bem em prol do Hospital de Amor, o antigo Hospital do Câncer de Barretos? O agronegócio é responsável por cerca de 70% das doações feitas à entidade, que precisa mensalmente de ao menos R$ 22 milhões para fechar com as contas no azul. O custo mensal para tratar 170 mil pacientes todos os anos é de cerca de R$ 37 mi, enquanto o repasse do SUS gira em torno de R$ 15 mi.

Daí a importância de os pecuaristas aderirem à campanha O Agro Contra o Câncer, conforme reforçou hoje, 07, ao quadro Giro do Dia, o pecuarista Thiago Faria Muriano, proprietário da Fazenda Vista Verde no Vale do Paraíba, na cidade de Guaratinguetá-SP. “É uma causa muito justa. Um pouquinho para a gente é muito para quem está precisando no momento. Independente de ser pecuarista, empresário, agricultor, um pouquinho de cada um pode fazer um país, um mundo melhor”, afirmou.

+ Clique aqui e saiba como fazer a adesão à campanha O Agro Contra o Câncer

Quem também passou um recado importante para pecuaristas de Rondônia que estão procurando reposição foi o diretor voluntário do Hospital de Amor, Rubikinho Carvalho. Os produtores podem, ao mesmo tempo, comprar os animais e fazer sua doação à instituição. Isto porque no próximo dia 09/12, domingo, às 12h, acontecerá em o leilão especial de fim de ano da Leiloraça promovido por Sidney Farina. O remate é parceiro do hospital e compradores e vendedores podem fazer a doação de R$ 1 por cabeça comercializada.

Veja o convite de Rubikinho Carvalho e o depoimento de Thiago Faria Muriano na íntegra pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Consultor Antônio Chaker elaborou lista com três passos para o fazendeiro atrair e fidelizar os melhores profissionais para a sua propriedade

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Lote ganhador foi composto por novilhas precoces, entre zero e dois DIPs (dentes incisivos permanentes) e marcou 99% Verde no Farol da Qualidade

Número representa uma taxa de mortalidade de 8% no rebanho total de 200 milhões de cabeças. “É uma ineficiência enorme”, lamentou professor da Unesp

Gado foi enviado pela propriedade da família Rojas – o pai Djalma e seu filho Rogério Catanduva, marcando 75% Verde no Farol da Qualidade

Fazendas nos estados do Tocantins, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira lotes e Farol da Qualidade.

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Novo aplicador conta com protetor de agulha que reforça higiene do dispositivo e facilita na formação de pregas para vacinas subcutâneas, como a aftosa

Evento acontecerá dias 15 e 16/12 na Estância Dama, em Pilar do Sul, cidade localizada na região de Sorocaba, no interior do estado de São Paulo

Estrutura imobiliza o bezerro recém-nascido e não permite o acesso da vaca ao local de manejo, garantindo a segurança e a praticidade para o peão

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE