Benchmarking 2018: saiba quais são os sete segredos das fazendas que mais ganham dinheiro no Brasil

13 novembro 2018
benchmarking-2018-sete-segredos-fazendas-lucrativas-pecuaria-de-corte

Nesta terça, 13, o zootecnista, mestre em produção de ruminantes e consultor Antônio Chaker, diretor do Inttegra, o Instituto Terra de Métricas Agropecuárias, concedeu entrevista ao Giro do Boi para falar dos números apurados no lançamento do trabalho de benchmarking da safra 2017-2018.

Esta é a sétima edição do projeto, que é feito em parceria entre empresas especializadas em consultoria e gestão para comparar o desempenho de propriedades de pecuária de corte e descobrir pontos em comum entre as mais produtivas e que mais ganham dinheiro. Em 2018, a coleta de dados foi realizada em 420 fazendas do Brasil, além de Bolívia e Paraguai, totalizando 1,7 milhão de cabeças de gado distribuídas por 1,4 mi de hectares de pastagens.

“A pecuária é para profissional. O que a gente não pode mais é plantar “acho”. A gente brinca e diz que quem planta “acho”, colhe “quase”. E pecuária é um excelente negócio, desde que ele seja conduzido da forma adequada. Infelizmente, algumas fazendas – nesse ano foram 36% das fazendas medidas – deram prejuízo, coisa que há alguns anos era inaceitável, você imaginar que pecuária poderia dar prejuízo. O bom é que tem 30% das fazendas ganhando muito dinheiro, mais do que aplicação financeira, então essa é a nossa realidade de hoje”, afirmou Chaker.

O consultor resumiu em sete pontos os segredos das fazendas que mais têm lucro entre as 420 propriedades que integram o benchmarking. Veja abaixo:

1 – Produzir mais que a média, mas não o máximo;
2 – Gastar bem;
3 – Equipe eficiente;
4 – Uso eficiente da mão de obra;
5 – Reprodução acertada;
6 – Mortalidade sob controle;
7 – Respeitar sempre os três números mágicos: (i) faturar oito vezes o valor da folha anual de pagamentos, (ii) manter a margem sobre a venda superior a 30% e (iii) a cada R$ 1 gasto por cabeça, gerar ao menos 10 g de ganho de peso por dia;

Nos próximos dias 03 e 04/12, em Cuiabá, capital do Mato Grosso, os pecuaristas interessados na contextualização destes números poderão acompanhar o evento presencial de lançamento do estudo.

+ Faça sua inscrição para o evento O Sucesso Deixa Rastros

Confira no vídeo abaixo a entrevista completa de Antônio Chaker:

Imagem: reprodução Facebook / Inttegra

VEJA TAMBÉM

Mão de obra é 2ª maior preocupação do pecuarista; como formar equipe com os melhores profissionais?

Consultor Antônio Chaker elaborou lista com três passos para o fazendeiro atrair e fidelizar os melhores profissionais para a sua propriedade

Confira as fazendas em destaque do dia 14 de dezembro de 2018

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Revelado o vencedor da eleição para o melhor lote de novembro

Lote ganhador foi composto por novilhas precoces, entre zero e dois DIPs (dentes incisivos permanentes) e marcou 99% Verde no Farol da Qualidade

Brasil perde 16 milhões de cabeças de gado por ano por falhas na sanidade

Número representa uma taxa de mortalidade de 8% no rebanho total de 200 milhões de cabeças. “É uma ineficiência enorme”, lamentou professor da Unesp

Benchmarking 2018: saiba quais são os sete segredos das fazendas que mais ganham dinheiro no Brasil

13 novembro 2018
benchmarking-2018-sete-segredos-fazendas-lucrativas-pecuaria-de-corte

Nesta terça, 13, o zootecnista, mestre em produção de ruminantes e consultor Antônio Chaker, diretor do Inttegra, o Instituto Terra de Métricas Agropecuárias, concedeu entrevista ao Giro do Boi para falar dos números apurados no lançamento do trabalho de benchmarking da safra 2017-2018.

Esta é a sétima edição do projeto, que é feito em parceria entre empresas especializadas em consultoria e gestão para comparar o desempenho de propriedades de pecuária de corte e descobrir pontos em comum entre as mais produtivas e que mais ganham dinheiro. Em 2018, a coleta de dados foi realizada em 420 fazendas do Brasil, além de Bolívia e Paraguai, totalizando 1,7 milhão de cabeças de gado distribuídas por 1,4 mi de hectares de pastagens.

“A pecuária é para profissional. O que a gente não pode mais é plantar “acho”. A gente brinca e diz que quem planta “acho”, colhe “quase”. E pecuária é um excelente negócio, desde que ele seja conduzido da forma adequada. Infelizmente, algumas fazendas – nesse ano foram 36% das fazendas medidas – deram prejuízo, coisa que há alguns anos era inaceitável, você imaginar que pecuária poderia dar prejuízo. O bom é que tem 30% das fazendas ganhando muito dinheiro, mais do que aplicação financeira, então essa é a nossa realidade de hoje”, afirmou Chaker.

O consultor resumiu em sete pontos os segredos das fazendas que mais têm lucro entre as 420 propriedades que integram o benchmarking. Veja abaixo:

1 – Produzir mais que a média, mas não o máximo;
2 – Gastar bem;
3 – Equipe eficiente;
4 – Uso eficiente da mão de obra;
5 – Reprodução acertada;
6 – Mortalidade sob controle;
7 – Respeitar sempre os três números mágicos: (i) faturar oito vezes o valor da folha anual de pagamentos, (ii) manter a margem sobre a venda superior a 30% e (iii) a cada R$ 1 gasto por cabeça, gerar ao menos 10 g de ganho de peso por dia;

Nos próximos dias 03 e 04/12, em Cuiabá, capital do Mato Grosso, os pecuaristas interessados na contextualização destes números poderão acompanhar o evento presencial de lançamento do estudo.

+ Faça sua inscrição para o evento O Sucesso Deixa Rastros

Confira no vídeo abaixo a entrevista completa de Antônio Chaker:

Imagem: reprodução Facebook / Inttegra

VEJA TAMBÉM

Consultor Antônio Chaker elaborou lista com três passos para o fazendeiro atrair e fidelizar os melhores profissionais para a sua propriedade

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Lote ganhador foi composto por novilhas precoces, entre zero e dois DIPs (dentes incisivos permanentes) e marcou 99% Verde no Farol da Qualidade

Número representa uma taxa de mortalidade de 8% no rebanho total de 200 milhões de cabeças. “É uma ineficiência enorme”, lamentou professor da Unesp

Gado foi enviado pela propriedade da família Rojas – o pai Djalma e seu filho Rogério Catanduva, marcando 75% Verde no Farol da Qualidade

Fazendas nos estados do Tocantins, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira lotes e Farol da Qualidade.

Fazendas nos estados de Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Novo aplicador conta com protetor de agulha que reforça higiene do dispositivo e facilita na formação de pregas para vacinas subcutâneas, como a aftosa

Evento acontecerá dias 15 e 16/12 na Estância Dama, em Pilar do Sul, cidade localizada na região de Sorocaba, no interior do estado de São Paulo

Estrutura imobiliza o bezerro recém-nascido e não permite o acesso da vaca ao local de manejo, garantindo a segurança e a praticidade para o peão

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE