Final da safra de confinamento faz piorar terminação de animais no PA e TO em outubro

01/12/2017
Final da safra de confinamento faz piorar terminação de animais no PA e TO em outubro

O gerente regional de originação da JBS para os estados do Tocantins e Pará, Rodrigo Fagundes, participou do Giro do Boi desta sexta, dia 1º para trazer resultados da qualidade dos abates das plantas dos estados (Tucumã, Santana do Araguaia, Redenção e Marabá, no PA, e Araguaína-TO) em outubro na comparação com setembro. Os números foram apresentados no quadro Palavra do Gerente.

No período, houve queda do volume de abates de animais com cobertura de gordura ideal (escores 3 e 4), de 20,09% do total abatido em setembro para 18,14% em outubro. Também piorou levemente o número de animais dentro da faixa de idade desejável (0 a 4 DIPs – dentes incisivos permanentes): de 75,74% em setembro para 74,84% em outubro.

Os indicadores tiveram reflexo no Farol da Qualidade: o padrão desejável (farol verde) caiu de 15,39% para 12,09%, enquanto o padrão indesejável (farol vermelho) passou de 18,77% para 18,95%.

“É o fim do ciclo do boi confinado e a entrada do boi a pasto, que favorece esta queda na qualidade. Outro ponto é a redução do abate de fêmeas, cujo abate ajuda o Farol da Qualidade. Mas em dezembro esse volume volta a ser regularizado porque volta a crescer o abate de fêmeas”, pontuou Fagundes.

Veja as informações completas pelo vídeo abaixo:

Veja também: