Resultado da pesquisa: sonair

Tempo no MT ainda é seco, mas primeiras chuvas já sinalizam melhora para os próximos dias

Período de transição entre a seca e as águas já começou no estado do Mato Grosso, aliviando a condição das pastagens

Protocolo 1953 remunera novilhas com preço de boi e bônus pode chegar a R$ 20/@

Fêmeas podem receber preço de boi mais premiações do Protocolo Sinal Verde, Europa/Hilton e Protocolo 1953

Aumentam abates de gado no Protocolo 1953 em Mato Grosso

Pecuaristas do oeste mato-grossense estão atentos à evolução do mercado da carne de qualidade e se preparam para atender demanda

Pecuária do oeste mato-grossense evolui com seleção genética e ILP

Animais abatidos pelas indústrias da região entre janeiro e abril de 2019 tiveram peso médio expressivo de 18,1@

Excesso de gordura tem atrapalhado qualidade da carne no Brasil

Alguns lotes, principalmente de novilhas de cruzamento industrial, tem apresentado gordura acima do ideal e isso acaba causa dificuldade em colocar o produto no mercado.

Foco em gestão e integração elevam qualidade da pecuária no Oeste do MT

Pecuaristas evoluem na gestão das propriedades e implementam sistemas integrados de produção na região Oeste do MT; fatores impactaram na qualidade do produto final em 2018

Transição entre ciclo de confinamento e animais de pasto faz cair qualidade dos abates no oeste do MT

Confira a qualidade dos abates das unidades do oeste do MT (Pontes e Lacerda, Juína, Juara, Diamantino e Araputanga) em novembro na comparação com outubro

Abate de animais precoces cresce 6,6% no oeste do MT em outubro

No entanto, bois precoces têm mais dificuldade para alcançar capa de gordura ideal, o que desfavorece o Farol da Qualidade da região; veja todos os números

Acabamento de gordura do gado de MT melhora 12%

De acordo com Nogueira, os números se devem ao aperfeiçoamento do pecuarista em terminar o gado em confinamento ou semiconfinamento. Além disso, reforçou a facilidade do acesso aos grãos e preços dos insumos neste ano.

Farol da Qualidade: unidades do Leste de MT apresentam melhora para acabamento e precocidade

Na prestação de contas com o pecuarista, Sonair Nogueira, responsável por plantas no Mato Grosso, comentou os resultados da qualidade dos abates feitos nos frigoríficos entre os meses de maio e junho.

Resultado da pesquisa: sonair

Período de transição entre a seca e as águas já começou no estado do Mato Grosso, aliviando a condição das pastagens

Fêmeas podem receber preço de boi mais premiações do Protocolo Sinal Verde, Europa/Hilton e Protocolo 1953

Pecuaristas do oeste mato-grossense estão atentos à evolução do mercado da carne de qualidade e se preparam para atender demanda

Animais abatidos pelas indústrias da região entre janeiro e abril de 2019 tiveram peso médio expressivo de 18,1@

Alguns lotes, principalmente de novilhas de cruzamento industrial, tem apresentado gordura acima do ideal e isso acaba causa dificuldade em colocar o produto no mercado.

Pecuaristas evoluem na gestão das propriedades e implementam sistemas integrados de produção na região Oeste do MT; fatores impactaram na qualidade do produto final em 2018

Confira a qualidade dos abates das unidades do oeste do MT (Pontes e Lacerda, Juína, Juara, Diamantino e Araputanga) em novembro na comparação com outubro

No entanto, bois precoces têm mais dificuldade para alcançar capa de gordura ideal, o que desfavorece o Farol da Qualidade da região; veja todos os números

De acordo com Nogueira, os números se devem ao aperfeiçoamento do pecuarista em terminar o gado em confinamento ou semiconfinamento. Além disso, reforçou a facilidade do acesso aos grãos e preços dos insumos neste ano.

Na prestação de contas com o pecuarista, Sonair Nogueira, responsável por plantas no Mato Grosso, comentou os resultados da qualidade dos abates feitos nos frigoríficos entre os meses de maio e junho.

Em comportamento típico do clima de verão, pancadas de chuva começam a partir do fim de tarde e atingem MT, MS, GO, TO, MG, BA e litoral no RJ e ES

Benefício econômico acumulado pelo programa entre os anos de 2013 e 2018 já ultrapassou marca dos R$ 23 milhões

Com o desafio de otimizar o uso da terra, propriedade em Serra Nova Dourada-MT saiu da cria para a recria-engorda utilizando confinamento com grão inteiro

Veículos que se ajustam aos tipos de estradas e demandas de cada região, além de capacitação dos motoristas, reforçam segurança das viagens

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE