Por que parei de olhar para o boi e escolhi +@/ha/ano?

28 julho 2017
antonio-chaker-pq-parei-olhar-boi-escolhi-arroba-ha-ano

O Giro do Boi segue disponibilizando na íntegra as palestras do espaço “+@/ha/ano”, oferecido pela Aliança da Produtividade durante a Beef Expo, feira ocorrida na capital São Paulo no início de junho. Desta vez, o zootecnista, mestre em produção animal e coordenador de Inttegra, o Instituto Terra de Métricas Agropecuária, Antônio Chaker, é o responsálvel por conduzir a apresentação “Por que parei de olhar para o boi e escolhi mais arroba por hectare ao ano?”.

Segundo o consultor, o objetivo não é perder o desempenho do boi de vista, mas sim olhar para questões mais relevantes dentro da porteira, definindo um “alvo” claro e desenhando a estratégia adequada para alcançar os objetivos. Mas Chaker pondera. “Nenhum planejamento vale o papel que for escrito se ele não pode ser executado”, reforçando que é importante que o plano seja simples e facilmente absorvido pelos colaboradores da fazenda.

Na palestra, Chaker mostrou ainda dados do estudo de benchmarking realizado pelo Inttegra em parceria com a consultoria Terra Desenvolvimento que aponta que o investimento em áreas realmente relevantes porteira adentro é essencial para o bom resultado financeiro da propriedades. “Eu consigo gastar um terço do que eu estou gastando? Não. Eu consigo, às vezes, gastar melhor, mas gastar
muito menos, não. Eu consigo vender por um valor três vezes maior do que o que eu estou vendendo?
Também não. Mas eu consigo, nas fazendas que nós medimos, em média ter uma possibilidade de aumento de lotação de três vezes, de aumento de quilo de bezerro desmamado por vaca exposta que quase duas vezes e posso aumentar meu GMD (ganho médio diário) em uma vez e meia. Não adianta eu me concentrar em uma variável que não tem liberdade de mudança, agora essas três variáveis dão toda liberdade de transformação”, revelou.

Acompanhe a palestra na íntegra pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque desta quinta-feira, 19 de setembro

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

Pecuarista mineiro produz 28 @/ha/ano e quer dobrar produtividade

Um exemplo vindo de uma família de pecuaristas de Minas Gerais, região do pontal do triângulo mineiro, prova que a produção de carne pode ser até mais rentável e segura que a agricultura. Enquanto que a média brasileira de produtividade na pecuária gira em torno de 4@/ha/ano, o jovem engenheiro agrônomo, quinta geração de pecuaristas,...

MS continua sendo destaque no Programa Nelore Natural

A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por...

Confinamento de Lucas do Rio Verde, MT, fomenta o “boi das águas”

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

Por que parei de olhar para o boi e escolhi +@/ha/ano?

28 julho 2017
antonio-chaker-pq-parei-olhar-boi-escolhi-arroba-ha-ano

O Giro do Boi segue disponibilizando na íntegra as palestras do espaço “+@/ha/ano”, oferecido pela Aliança da Produtividade durante a Beef Expo, feira ocorrida na capital São Paulo no início de junho. Desta vez, o zootecnista, mestre em produção animal e coordenador de Inttegra, o Instituto Terra de Métricas Agropecuária, Antônio Chaker, é o responsálvel por conduzir a apresentação “Por que parei de olhar para o boi e escolhi mais arroba por hectare ao ano?”.

Segundo o consultor, o objetivo não é perder o desempenho do boi de vista, mas sim olhar para questões mais relevantes dentro da porteira, definindo um “alvo” claro e desenhando a estratégia adequada para alcançar os objetivos. Mas Chaker pondera. “Nenhum planejamento vale o papel que for escrito se ele não pode ser executado”, reforçando que é importante que o plano seja simples e facilmente absorvido pelos colaboradores da fazenda.

Na palestra, Chaker mostrou ainda dados do estudo de benchmarking realizado pelo Inttegra em parceria com a consultoria Terra Desenvolvimento que aponta que o investimento em áreas realmente relevantes porteira adentro é essencial para o bom resultado financeiro da propriedades. “Eu consigo gastar um terço do que eu estou gastando? Não. Eu consigo, às vezes, gastar melhor, mas gastar
muito menos, não. Eu consigo vender por um valor três vezes maior do que o que eu estou vendendo?
Também não. Mas eu consigo, nas fazendas que nós medimos, em média ter uma possibilidade de aumento de lotação de três vezes, de aumento de quilo de bezerro desmamado por vaca exposta que quase duas vezes e posso aumentar meu GMD (ganho médio diário) em uma vez e meia. Não adianta eu me concentrar em uma variável que não tem liberdade de mudança, agora essas três variáveis dão toda liberdade de transformação”, revelou.

Acompanhe a palestra na íntegra pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

Um exemplo vindo de uma família de pecuaristas de Minas Gerais, região do pontal do triângulo mineiro, prova que a produção de carne pode ser até mais rentável e segura que a agricultura. Enquanto que a média brasileira de produtividade na pecuária gira em torno de 4@/ha/ano, o jovem engenheiro agrônomo, quinta geração de pecuaristas,...

A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por...

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

O 3º Congresso Nacional de Direito Agrário, que aconteceu recentemente em São Paulo, foi o tema principal do Programa Giro do Boi desta quarta-feira, 18. O evento, que reuniu juristas e profissionais do agro brasileiro, debateu vários assuntos relacionados ao agronegócio entre eles os desafios do setor, a agenda ambiental e as transformações pelas quais...

Na manhã desta quarta-feira, os lotes do Acre e Mato Grosso foram os destaques no Giro do Boi.

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

GIRO INSPIRAÇÃO

Que jogue a primeira pedra aquele que nunca reclamou de seus problemas. No Giro Inspiração desta quinta-feira, 19, a palestrante motivacional Helda Elaine trouxe mais detalhes dessas barreiras indesejadas que a vida pessoal e profissional podem oferecer

Fazenda Figueira, do município de Paranapanema, interior do estado de São Paulo, foi um dos destaques desta sexta-feira, no Giro do Boi, onde os originadores apresentam os bons modelos de produção e os valores da @ em cada unidade que participa do quadro Giro pelo Brasil.

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE