Agrônomo revela jeito mais barato de aumentar a produtividade da pecuária a pasto

18 novembro 2019
jeito-mais-barato-aumentar-produtividade-pecuaria-a-pasto

Em entrevista concedida ao Giro do Boi nesta segunda-feira, dia 18, o engenheiro agrônomo Thiago Piccin Duarte de Souza, consultor técnico da empresa de implementos agrícolas Piccin, falou sobre a diferença no preparo de solo para a reforma ou recuperação de pastagem.

“Cuidado com o solo nunca é demais. Eu, como engenheiro agrônomo, gosto de falar que o solo tem que estar sempre impecável.[…] Então se tem um jeito mais barato de você melhorar a sua produtividade é cuidando do seu solo”, resumiu Piccin.

Veja também
Reformar ou recuperar as pastagens? Qual opção escolher?

O especialista comentou a informação de que, no Brasil, mais de ⅓ das fazendas de pecuária de corte têm prejuízo, e relacionou o problema com o manejo do solo. “É um grande indicativo de que problemas no sistema de produção do gado estão acontecendo. E se você parar para pensar, o pasto é um pilar deste sistema. Se o pasto não é bem cuidado e o solo não é bem cuidado, com certeza o produtor vai ter prejuízo ou o lucro vai bem menor do que ele teria se estivesse tudo certo”, disse.

O agrônomo deu dicas para o produtor observar seus piquetes e tomar a melhor decisão entre reformar e recuperar. No caso de haver possibilidade da fazer a recuperação, o uso de um escarificador de solo é essencial por conta da compactação natural que os animais causam no solo. “A compactação é o principal dilema a ser enfrentado”, alertou.

Dependendo do implemento utilizado, a recuperação do pasto, fazendo escarificação e jogando a semente com adubo, pode ser feita com uma única operação. Já a reforma exige mais etapas, cerca de seis ao todo, o que acaba encarecendo o processo.

“A Piccin tem um escarificador que pode ser usado na recuperação de pastagem hoje que ele vem até com uma caixa dosadora de sementes e adubo, então isso diminui até uma operação. Você faz uma operação só para descompactar o solo, já distribuo e incorporo porque atrás deste escarificador já tem um rolo destorroador, que ele já dá o tombo da semente, coloca lá para baixo e assim você não precisa se preocupar em fazer a operação de entrar com distribuidor de semente e adubo dentro da área”, detalhou.

Veja a entrevista completa com Thiago Piccin pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Aprendendo a ensinar: veja resultados do Bifequali, programa de capacitação da Embrapa

Benefício econômico acumulado pelo programa entre os anos de 2013 e 2018 já ultrapassou marca dos R$ 23 milhões

Confira o último classificado para votação do melhor lote de novembro

Grupo de novilhas Caracu que marcou 88% Verde no Farol da Qualidade fechou o páreo para a eleição do melhor lote do mês

Canal de umidade leva chuvas desde o Brasil Central até litoral do Sudeste

Em comportamento típico do clima de verão, pancadas de chuva começam a partir do fim de tarde e atingem MT, MS, GO, TO, MG, BA e litoral no RJ e ES

Carretas adaptadas a condições locais melhoram transporte boiadeiro

Veículos que se ajustam aos tipos de estradas e demandas de cada região, além de capacitação dos motoristas, reforçam segurança das viagens

Agrônomo revela jeito mais barato de aumentar a produtividade da pecuária a pasto

18 novembro 2019
jeito-mais-barato-aumentar-produtividade-pecuaria-a-pasto

Em entrevista concedida ao Giro do Boi nesta segunda-feira, dia 18, o engenheiro agrônomo Thiago Piccin Duarte de Souza, consultor técnico da empresa de implementos agrícolas Piccin, falou sobre a diferença no preparo de solo para a reforma ou recuperação de pastagem.

“Cuidado com o solo nunca é demais. Eu, como engenheiro agrônomo, gosto de falar que o solo tem que estar sempre impecável.[…] Então se tem um jeito mais barato de você melhorar a sua produtividade é cuidando do seu solo”, resumiu Piccin.

Veja também
Reformar ou recuperar as pastagens? Qual opção escolher?

O especialista comentou a informação de que, no Brasil, mais de ⅓ das fazendas de pecuária de corte têm prejuízo, e relacionou o problema com o manejo do solo. “É um grande indicativo de que problemas no sistema de produção do gado estão acontecendo. E se você parar para pensar, o pasto é um pilar deste sistema. Se o pasto não é bem cuidado e o solo não é bem cuidado, com certeza o produtor vai ter prejuízo ou o lucro vai bem menor do que ele teria se estivesse tudo certo”, disse.

O agrônomo deu dicas para o produtor observar seus piquetes e tomar a melhor decisão entre reformar e recuperar. No caso de haver possibilidade da fazer a recuperação, o uso de um escarificador de solo é essencial por conta da compactação natural que os animais causam no solo. “A compactação é o principal dilema a ser enfrentado”, alertou.

Dependendo do implemento utilizado, a recuperação do pasto, fazendo escarificação e jogando a semente com adubo, pode ser feita com uma única operação. Já a reforma exige mais etapas, cerca de seis ao todo, o que acaba encarecendo o processo.

“A Piccin tem um escarificador que pode ser usado na recuperação de pastagem hoje que ele vem até com uma caixa dosadora de sementes e adubo, então isso diminui até uma operação. Você faz uma operação só para descompactar o solo, já distribuo e incorporo porque atrás deste escarificador já tem um rolo destorroador, que ele já dá o tombo da semente, coloca lá para baixo e assim você não precisa se preocupar em fazer a operação de entrar com distribuidor de semente e adubo dentro da área”, detalhou.

Veja a entrevista completa com Thiago Piccin pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Benefício econômico acumulado pelo programa entre os anos de 2013 e 2018 já ultrapassou marca dos R$ 23 milhões

Grupo de novilhas Caracu que marcou 88% Verde no Farol da Qualidade fechou o páreo para a eleição do melhor lote do mês

Em comportamento típico do clima de verão, pancadas de chuva começam a partir do fim de tarde e atingem MT, MS, GO, TO, MG, BA e litoral no RJ e ES

Veículos que se ajustam aos tipos de estradas e demandas de cada região, além de capacitação dos motoristas, reforçam segurança das viagens

Fazenda localizada em Nova Lacerda, no Mato Grosso, foi destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade

Consultor responde qual a maior “planta daninha” do mundo e compara eficácia das roçadas com herbicidas

Em comportamento típico do clima de verão, pancadas de chuva começam a partir do fim de tarde e atingem MT, MS, GO, TO, MG, BA e litoral no RJ e ES

Benefício econômico acumulado pelo programa entre os anos de 2013 e 2018 já ultrapassou marca dos R$ 23 milhões

Com o desafio de otimizar o uso da terra, propriedade em Serra Nova Dourada-MT saiu da cria para a recria-engorda utilizando confinamento com grão inteiro

Veículos que se ajustam aos tipos de estradas e demandas de cada região, além de capacitação dos motoristas, reforçam segurança das viagens

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE