Com tecnologia inovadora, pecuarista poderá pesar o rebanho sem deslocar o gado até a balança

20 fevereiro 2019
download_20190220_113839

Nesta quarta, 20, o Giro do Boi recebeu em estúdio o empreendedor Pedro Coutinho, responsável pela startup Olho do Dono, uma ferramenta inovadora que irá viabilizar a pesagem de bovinos sem levá-los até a balança no curral. Ao programa, ele explicou como isto é possível.

“O boi vai passar na frente da câmera e, à medida em que passa, as câmeras capturam as imagens e fazem automaticamente toda a reconstrução 3D, extraindo mais de 500 indicadores do boi. Baseado nisso, a gente pesou 15 mil bois em todos o Brasil na balança e nas câmeras para fazer a calibragem delas e conseguir, a partir destas imagens, fazer a reconstrução 3D e apresentar o peso”, explicou. A tecnologia foi validada após um ano de conversas com pecuaristas, além de outros quatro de pesquisa e desenvolvimento até o lançamento da ferramenta.

Coutinho detalhou também o objetivo e para quais serviços a tecnologia será útil. O empresário lembrou que, de maneira geral, um rebanho de gado de corte no Brasil passa por duas pesagens ao ano, em maio e novembro, épocas de vacinação contra a febre aftosa em que lotes são obrigatoriamente deslocados ao curral. “Mas se acontecer alguma coisa no meio do caminho, como você vai mudar a ração, mudar de pasto, fazer o tratamento correto, vai identificar boi doente? O Olho do Dono foi criado pra isso, acompanhar com frequência e permitir ao pecuarista ter mais lucratividade com bem-estar animal também”, resumiu, ressaltando a dificuldade que muitos pecuaristas, sobretudo os proprietários de fazendas maiores, têm para levar seus animais até a balança no curral.

A ideia surgiu quando uma grande propriedade buscava identificar o valor de seu rebanho, estimado em 30 mil cabeças, mas com pesos variados por ter categorias diversas. Com dificuldade de fazer a pesagem de todos os animais, Coutinho apresentou a solução, inspirando-se em uma tecnologia similar a uma utilizada para o mesmo fim em minério de ferro.

Com o Olho do Dono, o produtor poderá precisar o peso de seus animais para corrigir desvios na produção, estimar valor do rebanho e também identificar o ponto ótimo de abate, economizando diárias em confinamento, por exemplo. Em fase final de testes para uso comercial pela empresa, a tecnologia será aplicada em 20 fazendas que demonstraram interesse na inovação, restando ainda algumas vagas a serem preenchidas pelo site http://olhododono.agr.br/.

De acordo com Pedro Coutinho, a tecnologia será fácil de ser manejada pelos colaboradores das fazendas, bastando ligar o conjunto de câmeras a um computador mesmo que este não tenha acesso a internet. Se a fazenda utilizar brincos de alta frequência nos animais, é possível inclusive individualizar as pesagens.

Atualmente, o Olho do Dono está calibrado para a pesagem de bovinos da raça Nelore, mas está entre as metas da empresa expansão para outras raças e outras espécies.

Veja os detalhes da inovadora ferramenta Olho do Dono na entrevista abaixo:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque desta quinta-feira, 19 de setembro

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

Pecuarista mineiro produz 28 @/ha/ano e quer dobrar produtividade

Um exemplo vindo de uma família de pecuaristas de Minas Gerais, região do pontal do triângulo mineiro, prova que a produção de carne pode ser até mais rentável e segura que a agricultura. Enquanto que a média brasileira de produtividade na pecuária gira em torno de 4@/ha/ano, o jovem engenheiro agrônomo, quinta geração de pecuaristas,...

MS continua sendo destaque no Programa Nelore Natural

A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por...

Confinamento de Lucas do Rio Verde, MT, fomenta o “boi das águas”

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

Com tecnologia inovadora, pecuarista poderá pesar o rebanho sem deslocar o gado até a balança

20 fevereiro 2019
download_20190220_113839

Nesta quarta, 20, o Giro do Boi recebeu em estúdio o empreendedor Pedro Coutinho, responsável pela startup Olho do Dono, uma ferramenta inovadora que irá viabilizar a pesagem de bovinos sem levá-los até a balança no curral. Ao programa, ele explicou como isto é possível.

“O boi vai passar na frente da câmera e, à medida em que passa, as câmeras capturam as imagens e fazem automaticamente toda a reconstrução 3D, extraindo mais de 500 indicadores do boi. Baseado nisso, a gente pesou 15 mil bois em todos o Brasil na balança e nas câmeras para fazer a calibragem delas e conseguir, a partir destas imagens, fazer a reconstrução 3D e apresentar o peso”, explicou. A tecnologia foi validada após um ano de conversas com pecuaristas, além de outros quatro de pesquisa e desenvolvimento até o lançamento da ferramenta.

Coutinho detalhou também o objetivo e para quais serviços a tecnologia será útil. O empresário lembrou que, de maneira geral, um rebanho de gado de corte no Brasil passa por duas pesagens ao ano, em maio e novembro, épocas de vacinação contra a febre aftosa em que lotes são obrigatoriamente deslocados ao curral. “Mas se acontecer alguma coisa no meio do caminho, como você vai mudar a ração, mudar de pasto, fazer o tratamento correto, vai identificar boi doente? O Olho do Dono foi criado pra isso, acompanhar com frequência e permitir ao pecuarista ter mais lucratividade com bem-estar animal também”, resumiu, ressaltando a dificuldade que muitos pecuaristas, sobretudo os proprietários de fazendas maiores, têm para levar seus animais até a balança no curral.

A ideia surgiu quando uma grande propriedade buscava identificar o valor de seu rebanho, estimado em 30 mil cabeças, mas com pesos variados por ter categorias diversas. Com dificuldade de fazer a pesagem de todos os animais, Coutinho apresentou a solução, inspirando-se em uma tecnologia similar a uma utilizada para o mesmo fim em minério de ferro.

Com o Olho do Dono, o produtor poderá precisar o peso de seus animais para corrigir desvios na produção, estimar valor do rebanho e também identificar o ponto ótimo de abate, economizando diárias em confinamento, por exemplo. Em fase final de testes para uso comercial pela empresa, a tecnologia será aplicada em 20 fazendas que demonstraram interesse na inovação, restando ainda algumas vagas a serem preenchidas pelo site http://olhododono.agr.br/.

De acordo com Pedro Coutinho, a tecnologia será fácil de ser manejada pelos colaboradores das fazendas, bastando ligar o conjunto de câmeras a um computador mesmo que este não tenha acesso a internet. Se a fazenda utilizar brincos de alta frequência nos animais, é possível inclusive individualizar as pesagens.

Atualmente, o Olho do Dono está calibrado para a pesagem de bovinos da raça Nelore, mas está entre as metas da empresa expansão para outras raças e outras espécies.

Veja os detalhes da inovadora ferramenta Olho do Dono na entrevista abaixo:

VEJA TAMBÉM

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

Um exemplo vindo de uma família de pecuaristas de Minas Gerais, região do pontal do triângulo mineiro, prova que a produção de carne pode ser até mais rentável e segura que a agricultura. Enquanto que a média brasileira de produtividade na pecuária gira em torno de 4@/ha/ano, o jovem engenheiro agrônomo, quinta geração de pecuaristas,...

A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por...

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

O 3º Congresso Nacional de Direito Agrário, que aconteceu recentemente em São Paulo, foi o tema principal do Programa Giro do Boi desta quarta-feira, 18. O evento, que reuniu juristas e profissionais do agro brasileiro, debateu vários assuntos relacionados ao agronegócio entre eles os desafios do setor, a agenda ambiental e as transformações pelas quais...

Na manhã desta quarta-feira, os lotes do Acre e Mato Grosso foram os destaques no Giro do Boi.

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

GIRO INSPIRAÇÃO

Que jogue a primeira pedra aquele que nunca reclamou de seus problemas. No Giro Inspiração desta quinta-feira, 19, a palestrante motivacional Helda Elaine trouxe mais detalhes dessas barreiras indesejadas que a vida pessoal e profissional podem oferecer

Fazenda Figueira, do município de Paranapanema, interior do estado de São Paulo, foi um dos destaques desta sexta-feira, no Giro do Boi, onde os originadores apresentam os bons modelos de produção e os valores da @ em cada unidade que participa do quadro Giro pelo Brasil.

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE