Fazenda conta com ajuda da ILP para facilitar adaptação do gado ao confinamento

13 junho 2018
beneficios-ilp-terminacao-gado-reposicao

Os sistemas integrados de produção agropecuária têm ganhado cada vez mais adesão de produtores pelo Brasil. Entre os principais benefícios está a intensificação do ciclo de produção. Na pecuária de corte, por exemplo, os produtos da agricultura, como soja e milho, podem ser componentes de uma dieta de confinamento e semiconfinamento, acelerando a terminação e melhorando a qualidade da carcaça.

Mas há outros benefícios indiretos também. Foi o que revelou hoje em entrevista concedida ao repórter Marco Ribeiro e exibida no Giro do Boi de hoje, 13, o pecuarista Paulo Roberto do Nascimento, titular do Grupo Transcap, com propriedades em Mato Grosso (Santa Cruz do Xingu) e Minas Gerais (Elite Confinamento, em Capinópolis).

+ Relembre aqui a série Rota do Boi, que visitou o Elite Confinamento, em Capinópolis-MG

O grupo trabalha com integração lavoura-pecuária há sete anos, começando pela propriedade em MG, depois implementada no MT, e faz a terminação de animais de reposição em confinamento. Mas com a variedade de sistemas produtivos por quais passam estas boiadas compradas, a engorda em cocho é um desafio a ser superado, pois a adaptação nem sempre é rápida.

Uma solução encontrada pela propriedade foi fazer a aquisição de garrotes de aproximadamente 9@ para a recria no Mato Grosso em sistema integrado. Assim, a dieta mais intensiva, formulada com produtos da agricultura, já prepara o rúmen dos bovinos para o cocho. “Eu senti que o boi recriado em integração já chega adaptado. A gente ganha aquele espaço que seria da adaptação”, aprovou Nascimento.

Após a recria no MT, os animais são levados para o confinamento em MG. São pouco menos de 1.500 km entre as propriedades, o que representa um caminho longo, mas, fortificados pela dieta, os lotes têm menor incidência de problemas no transporte, como machucados ou fatalidades, chegando mais sadios até Capinópolis, afirmou Nascimento.

Veja o depoimento completo de Paulo Roberto Nascimento ao Giro do Boi:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque do dia 21 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Região norte de MT tem previsão de temporais para o fim de semana

Precipitações no local já atrapalharam o embarque de gado gordo desde a última semana, quando chegaram a 150 mm; saiba como se programar para evitar problemas com o transporte

Escrituração zootécnica: como transformar dados em atitudes na fazenda?

Anotar é importante, mas ainda são poucos os pecuaristas que registram seus indicadores mais importantes. Se você não faz escrituração zootécnica na sua fazenda, veja as dicas de Antônio Chaker

Confira as fazendas em destaque do dia 18 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Rondônia, São Paulo Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Fazenda conta com ajuda da ILP para facilitar adaptação do gado ao confinamento

13 junho 2018
beneficios-ilp-terminacao-gado-reposicao

Os sistemas integrados de produção agropecuária têm ganhado cada vez mais adesão de produtores pelo Brasil. Entre os principais benefícios está a intensificação do ciclo de produção. Na pecuária de corte, por exemplo, os produtos da agricultura, como soja e milho, podem ser componentes de uma dieta de confinamento e semiconfinamento, acelerando a terminação e melhorando a qualidade da carcaça.

Mas há outros benefícios indiretos também. Foi o que revelou hoje em entrevista concedida ao repórter Marco Ribeiro e exibida no Giro do Boi de hoje, 13, o pecuarista Paulo Roberto do Nascimento, titular do Grupo Transcap, com propriedades em Mato Grosso (Santa Cruz do Xingu) e Minas Gerais (Elite Confinamento, em Capinópolis).

+ Relembre aqui a série Rota do Boi, que visitou o Elite Confinamento, em Capinópolis-MG

O grupo trabalha com integração lavoura-pecuária há sete anos, começando pela propriedade em MG, depois implementada no MT, e faz a terminação de animais de reposição em confinamento. Mas com a variedade de sistemas produtivos por quais passam estas boiadas compradas, a engorda em cocho é um desafio a ser superado, pois a adaptação nem sempre é rápida.

Uma solução encontrada pela propriedade foi fazer a aquisição de garrotes de aproximadamente 9@ para a recria no Mato Grosso em sistema integrado. Assim, a dieta mais intensiva, formulada com produtos da agricultura, já prepara o rúmen dos bovinos para o cocho. “Eu senti que o boi recriado em integração já chega adaptado. A gente ganha aquele espaço que seria da adaptação”, aprovou Nascimento.

Após a recria no MT, os animais são levados para o confinamento em MG. São pouco menos de 1.500 km entre as propriedades, o que representa um caminho longo, mas, fortificados pela dieta, os lotes têm menor incidência de problemas no transporte, como machucados ou fatalidades, chegando mais sadios até Capinópolis, afirmou Nascimento.

Veja o depoimento completo de Paulo Roberto Nascimento ao Giro do Boi:

VEJA TAMBÉM

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Precipitações no local já atrapalharam o embarque de gado gordo desde a última semana, quando chegaram a 150 mm; saiba como se programar para evitar problemas com o transporte

Anotar é importante, mas ainda são poucos os pecuaristas que registram seus indicadores mais importantes. Se você não faz escrituração zootécnica na sua fazenda, veja as dicas de Antônio Chaker

Fazendas nos estados do Rondônia, São Paulo Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Fêmeas vieram de fazenda no Mato Grosso e alcançaram a marca de 100% Verde no Farol da Qualidade

Consultor relata problemas para produtores que não concluíram seu Cadastro Ambiental Rural e explica ainda a prorrogação da adesão ao Programa de Regularização Ambiental, o PRA

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Pecuarista deve fazer download do Termo de Adesão e entregar assinado aos compradores de gado das unidades da indústria; veja como tirar suas dúvidas sobre o processo

Cartaz traz dicas para a peonada manejar o gado de acordo com as boas práticas; faça o download para impressão e distribua pelas instalações de sua propriedade

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE