“Rivotril Pecuarista”: qual o melhor remédio para o sono do produtor?

06 fevereiro 2020
rivotril-pecuarista-composicao-remedio-para-dormir

Em entrevista ao Giro do Boi desta quinta, 06, o zootecnista Antonio Chaker, mestre em produção animal e diretor do Inttegra, consultoria especializada em assessoria de fazendas por meio de métricas gerenciais, revelou qual é a composição do Rivotril Pecuarista, o melhor remédio para o produtor regular o seu sono.

“Não tem como um pecuarista dormir melhor do que ter dinheiro em caixa e ter comida na entressafra […] Nas águas, entre outubro e março, a grande maioria ganha dinheiro, mas entre março e outubro é onde a coisa acontece, que realmente leva a esta margem construída. Então o foco tem que ser muito mais em construir uma estratégia de entressafra muito vigorosa, com margem, do que muitas vezes perder tempo com outros assuntos. Ter dinheiro em caixa para fazer bons negócios e ter comida de qualidade na seca é o que vai garantir o sucesso do pecuarista, sem dúvida nenhuma”, apontou o zootecnista.

O consultor completa ainda a comparação informando que o “remédio” é de “uso para gestores profissionais” e sua venda é “liberada a todos os pecuaristas que buscam ampliar resultado”.

Está perdendo o sono pensando no caixa da fazenda?

Ainda falando sobre o tema construção de margem, Chaker lamentou que mesmo no momento de alta da arroba no final de 2019, pouco produtores tenham aproveitado o “cavalo arreado” que passou. “Ainda tem gente que não percebeu que o bonde passou e vou dizer o porquê. Nós fizemos o fechamento do semestre de um grupo de fazendas e ainda a média das fazendas está produzindo uma arroba a R$ 200,00. Ou seja, esta grande oportunidade histórica que nós estamos tendo de realmente construir margem, tratar a atividade pecuária como a atividade mais rentável que possa existir está sendo aproveitada mais uma vez por poucos”, alertou.

Consultor revela por que a pecuária é o melhor negócio que pode existir

Por isso, Chaker disse que o foco do produtor não deve ser exclusivamente voltado para o valor da arroba, mas para seu próprio custo de produção, o fator que garante a margem. “Quando subiu o valor da arroba, seria a oportunidade de se organizar, de produzir barato, mas muita gente infelizmente ainda continua sem os números, e quando vai ver os números, calcula que está produzindo caro. Para você ver como o valor da arroba premia o eficiente, mas não resolve o problema da grande maioria”, observou o zootecnista.

Por que mais da metade dos pecuaristas que têm prejuízo não sabem de sua condição?

Confira a entrevista completa pelo vídeo abaixo:

 

VEJA TAMBÉM

Casquinha “estralando” e muita suculência: veja resultado da costela 1953 na brasa

Médico veterinário e churrasqueiro Fernando Dambrós, da costelaria Quintal do Primo, em Cuiabá-MT, ressalta importância da qualidade da carne para o resultado da receita

Por que a época das águas é a ideal para controlar as plantas daninhas?

Especialista alerta que produtor precisa aproveitar janela de aplicação de defensivos para evitar o custo elevado com a reforma completa do pasto

Área de baixa pressão forma canal de umidade que vai do Sudeste até a Amazônia

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

Tem dúvidas sobre bem-estar no transporte boiadeiro? Pergunte ao motorista

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

“Rivotril Pecuarista”: qual o melhor remédio para o sono do produtor?

06 fevereiro 2020
rivotril-pecuarista-composicao-remedio-para-dormir

Em entrevista ao Giro do Boi desta quinta, 06, o zootecnista Antonio Chaker, mestre em produção animal e diretor do Inttegra, consultoria especializada em assessoria de fazendas por meio de métricas gerenciais, revelou qual é a composição do Rivotril Pecuarista, o melhor remédio para o produtor regular o seu sono.

“Não tem como um pecuarista dormir melhor do que ter dinheiro em caixa e ter comida na entressafra […] Nas águas, entre outubro e março, a grande maioria ganha dinheiro, mas entre março e outubro é onde a coisa acontece, que realmente leva a esta margem construída. Então o foco tem que ser muito mais em construir uma estratégia de entressafra muito vigorosa, com margem, do que muitas vezes perder tempo com outros assuntos. Ter dinheiro em caixa para fazer bons negócios e ter comida de qualidade na seca é o que vai garantir o sucesso do pecuarista, sem dúvida nenhuma”, apontou o zootecnista.

O consultor completa ainda a comparação informando que o “remédio” é de “uso para gestores profissionais” e sua venda é “liberada a todos os pecuaristas que buscam ampliar resultado”.

Está perdendo o sono pensando no caixa da fazenda?

Ainda falando sobre o tema construção de margem, Chaker lamentou que mesmo no momento de alta da arroba no final de 2019, pouco produtores tenham aproveitado o “cavalo arreado” que passou. “Ainda tem gente que não percebeu que o bonde passou e vou dizer o porquê. Nós fizemos o fechamento do semestre de um grupo de fazendas e ainda a média das fazendas está produzindo uma arroba a R$ 200,00. Ou seja, esta grande oportunidade histórica que nós estamos tendo de realmente construir margem, tratar a atividade pecuária como a atividade mais rentável que possa existir está sendo aproveitada mais uma vez por poucos”, alertou.

Consultor revela por que a pecuária é o melhor negócio que pode existir

Por isso, Chaker disse que o foco do produtor não deve ser exclusivamente voltado para o valor da arroba, mas para seu próprio custo de produção, o fator que garante a margem. “Quando subiu o valor da arroba, seria a oportunidade de se organizar, de produzir barato, mas muita gente infelizmente ainda continua sem os números, e quando vai ver os números, calcula que está produzindo caro. Para você ver como o valor da arroba premia o eficiente, mas não resolve o problema da grande maioria”, observou o zootecnista.

Por que mais da metade dos pecuaristas que têm prejuízo não sabem de sua condição?

Confira a entrevista completa pelo vídeo abaixo:

 

VEJA TAMBÉM

Médico veterinário e churrasqueiro Fernando Dambrós, da costelaria Quintal do Primo, em Cuiabá-MT, ressalta importância da qualidade da carne para o resultado da receita

Especialista alerta que produtor precisa aproveitar janela de aplicação de defensivos para evitar o custo elevado com a reforma completa do pasto

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Friboi será parceira do evento que começa às 7h da manhã na sede do sindicato, localizado dentro do Parque de Exposições do município do Vale do Rio Doce

Lotes de propriedade em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Agrônomo explica quais as alturas ideais de entrada e saída do pastejo, taxa de lotação nas águas e na seca, efeitos da adubação e potencial de produção de matéria seca

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Segundo Nabih El-Aouar, produtor é incentivado a melhorar manejo, nutrição e inserção de tecnologias no rebanho, levando ganhos para toda a cadeia produtiva

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE