Sementes de pastagens inoculadas reduzem em 10 vezes gastos com fertilizantes

15 maio 2018
SONY DSC

O pecuarista brasileiro tem uma alternativa para melhorar a produtividade da sua pastagem poupando recursos na hora da aplicação de fertilizantes – ao menos os nitrogenados. É que está se popularizando o comércio de sementes de pastagens inoculadas com bactérias fixadoras de nitrogênio do gênero Azospirillum.

O Giro do Boi desta terça, 15, tratou do assunto com o engenheiro agrônomo Diego Sichocki, da SGM Sementes. Ele detalhou que quando a bactéria infecta a raiz da braquiária, não ocorre a formação clássica do nódulo como acontece com a soja, por exemplo, mas sim um espessamento da raiz.

Sichocki explicou que o uso da nova tecnologia tem trazido bons resultados aos produtores, uma vez que ela dá a oportunidade de as raízes de forrageiras se desenvolverem mais, melhorando a capacidade de absorver nutrientes e água, além da própria característica de capturar nitrogênio atmosférico. Assim, o produtor pode gastar até dez vezes menos na aplicação de reposição de ureia, nitrato ou sulfato de amônia, por exemplo.

Veja mais detalhes da nova tecnologia pelo link abaixo, em entrevista com a pesquisadora Mariângela Hungria, da Embrapa Soja

Inoculação de sementes de forrageiras pode substituir fertilizantes por custo dez vezes menor

Mas o agrônomo ponderou que antes de investir nas sementes inoculadas, o pecuarista tem lição básica de casa a fazer. “Não adianta ele querer utilizar tecnologia, no caso a Azospirillum, uma novidade que promete muito, em um solo que está totalmente ácido, em que falta cálcio, magnésio e todo tipo de fertilizantes. Então o produtor tem que se preocupar com o básico para garantir o resultado de todas as tecnologias que ele vai utilizar”, alertou. “O hectare de terra hoje é muito caro para a gente manter meio boi por hectare, então o produtor tem que adubar, tem que reformar sua pastagem para conseguir ter resultados bons e se manter no mercado”, completou o Sichocki.

Veja abaixo a entrevista completa do agrônomo:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque do dia 21 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Região norte de MT tem previsão de temporais para o fim de semana

Precipitações no local já atrapalharam o embarque de gado gordo desde a última semana, quando chegaram a 150 mm; saiba como se programar para evitar problemas com o transporte

Escrituração zootécnica: como transformar dados em atitudes na fazenda?

Anotar é importante, mas ainda são poucos os pecuaristas que registram seus indicadores mais importantes. Se você não faz escrituração zootécnica na sua fazenda, veja as dicas de Antônio Chaker

Confira as fazendas em destaque do dia 18 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Rondônia, São Paulo Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Sementes de pastagens inoculadas reduzem em 10 vezes gastos com fertilizantes

15 maio 2018
SONY DSC

O pecuarista brasileiro tem uma alternativa para melhorar a produtividade da sua pastagem poupando recursos na hora da aplicação de fertilizantes – ao menos os nitrogenados. É que está se popularizando o comércio de sementes de pastagens inoculadas com bactérias fixadoras de nitrogênio do gênero Azospirillum.

O Giro do Boi desta terça, 15, tratou do assunto com o engenheiro agrônomo Diego Sichocki, da SGM Sementes. Ele detalhou que quando a bactéria infecta a raiz da braquiária, não ocorre a formação clássica do nódulo como acontece com a soja, por exemplo, mas sim um espessamento da raiz.

Sichocki explicou que o uso da nova tecnologia tem trazido bons resultados aos produtores, uma vez que ela dá a oportunidade de as raízes de forrageiras se desenvolverem mais, melhorando a capacidade de absorver nutrientes e água, além da própria característica de capturar nitrogênio atmosférico. Assim, o produtor pode gastar até dez vezes menos na aplicação de reposição de ureia, nitrato ou sulfato de amônia, por exemplo.

Veja mais detalhes da nova tecnologia pelo link abaixo, em entrevista com a pesquisadora Mariângela Hungria, da Embrapa Soja

Inoculação de sementes de forrageiras pode substituir fertilizantes por custo dez vezes menor

Mas o agrônomo ponderou que antes de investir nas sementes inoculadas, o pecuarista tem lição básica de casa a fazer. “Não adianta ele querer utilizar tecnologia, no caso a Azospirillum, uma novidade que promete muito, em um solo que está totalmente ácido, em que falta cálcio, magnésio e todo tipo de fertilizantes. Então o produtor tem que se preocupar com o básico para garantir o resultado de todas as tecnologias que ele vai utilizar”, alertou. “O hectare de terra hoje é muito caro para a gente manter meio boi por hectare, então o produtor tem que adubar, tem que reformar sua pastagem para conseguir ter resultados bons e se manter no mercado”, completou o Sichocki.

Veja abaixo a entrevista completa do agrônomo:

VEJA TAMBÉM

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Precipitações no local já atrapalharam o embarque de gado gordo desde a última semana, quando chegaram a 150 mm; saiba como se programar para evitar problemas com o transporte

Anotar é importante, mas ainda são poucos os pecuaristas que registram seus indicadores mais importantes. Se você não faz escrituração zootécnica na sua fazenda, veja as dicas de Antônio Chaker

Fazendas nos estados do Rondônia, São Paulo Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Fêmeas vieram de fazenda no Mato Grosso e alcançaram a marca de 100% Verde no Farol da Qualidade

Consultor relata problemas para produtores que não concluíram seu Cadastro Ambiental Rural e explica ainda a prorrogação da adesão ao Programa de Regularização Ambiental, o PRA

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Pecuarista deve fazer download do Termo de Adesão e entregar assinado aos compradores de gado das unidades da indústria; veja como tirar suas dúvidas sobre o processo

Cartaz traz dicas para a peonada manejar o gado de acordo com as boas práticas; faça o download para impressão e distribua pelas instalações de sua propriedade

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE