Você sabe qual é o melhor dia para mudar algo em sua fazenda?

10 janeiro 2019
produtividade-gado-de-corte-rally-pecuaria-2017

Em reportagem exibida nesta quinta, 10, destaque para os trabalhos desenvolvidos pela Apta, a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, vinculada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Na pecuária de corte, a agência é conhecida por ser o berço do conceito 777, em que o boi ganha sete arrobas até o fim da cria, mais sete na recria e ainda sete na engorda, sendo abatido com mais de 20@ antes dos dois anos de idade.

O objetivo do sistema é instigar o pecuarista a buscar a máxima produtividade por hectare no menor tempo possível e com um bom padrão de qualidade de carcaça por meio da intensificação de produção a pasto. “O nosso objetivo aqui é gerar informação científica com todo o rigor que ela exige […] mas sempre fazendo uma pesquisa que está perto do produtor e que ele possa tomar uso dela amanhã ou hoje se ele quiser. […] A nossa ideia de fazer estas pesquisas é para isso: que se mude hoje, na pior das hipóteses, amanhã”, resumiu o pesquisador da Apta, Gustavo Rezende Siqueira.

Nesta primeira reportagem de uma série gravada no polo Alta Mogiana da Apta, localizado em Colina-SP, Marco Ribeiro detalhou o curso Pecuária do Conhecimento, criado para disseminar justamente o conceito do boi 777. “Esse é um programa que já difundiu muitas tecnologias. Nós temos visitantes desde a região Norte, como Rondônia, Pará e Acre, até Paraguai, Argentina, Mato Grosso, Goiás, ou seja, onde tem pecuária de corte no Brasil, nós estamos chegando e trazendo as pessoas para cá e cada vez mais isso cria um feedback importante para nós, que trabalhamos com pesquisa”, completou o também pesquisador Flávio Dutra de Resende.

Veja a reportagem completa pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

ILPF reduz temperatura em até 12º C e consumo de água em 20%

Pesquisadora da Embrapa ressaltou que conforto térmico eleva níveis de produtividade do rebanho, acelerando ganho de peso e aumentando da taxa de prenhez

Tempo seco chega para valer na região central do Brasil e pode causar queimadas

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Definido o melhor lote do mês de maio

Fazenda vencedora vem do estado de Rondônia e levou a disputa com mais de 67% dos votos pelo site do Giro do Boi

2º Roda Sertaneja reúne produtores do norte mato-grossense em Alta Floresta-MT

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Você sabe qual é o melhor dia para mudar algo em sua fazenda?

10 janeiro 2019
produtividade-gado-de-corte-rally-pecuaria-2017

Em reportagem exibida nesta quinta, 10, destaque para os trabalhos desenvolvidos pela Apta, a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, vinculada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Na pecuária de corte, a agência é conhecida por ser o berço do conceito 777, em que o boi ganha sete arrobas até o fim da cria, mais sete na recria e ainda sete na engorda, sendo abatido com mais de 20@ antes dos dois anos de idade.

O objetivo do sistema é instigar o pecuarista a buscar a máxima produtividade por hectare no menor tempo possível e com um bom padrão de qualidade de carcaça por meio da intensificação de produção a pasto. “O nosso objetivo aqui é gerar informação científica com todo o rigor que ela exige […] mas sempre fazendo uma pesquisa que está perto do produtor e que ele possa tomar uso dela amanhã ou hoje se ele quiser. […] A nossa ideia de fazer estas pesquisas é para isso: que se mude hoje, na pior das hipóteses, amanhã”, resumiu o pesquisador da Apta, Gustavo Rezende Siqueira.

Nesta primeira reportagem de uma série gravada no polo Alta Mogiana da Apta, localizado em Colina-SP, Marco Ribeiro detalhou o curso Pecuária do Conhecimento, criado para disseminar justamente o conceito do boi 777. “Esse é um programa que já difundiu muitas tecnologias. Nós temos visitantes desde a região Norte, como Rondônia, Pará e Acre, até Paraguai, Argentina, Mato Grosso, Goiás, ou seja, onde tem pecuária de corte no Brasil, nós estamos chegando e trazendo as pessoas para cá e cada vez mais isso cria um feedback importante para nós, que trabalhamos com pesquisa”, completou o também pesquisador Flávio Dutra de Resende.

Veja a reportagem completa pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Pesquisadora da Embrapa ressaltou que conforto térmico eleva níveis de produtividade do rebanho, acelerando ganho de peso e aumentando da taxa de prenhez

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Fazenda vencedora vem do estado de Rondônia e levou a disputa com mais de 67% dos votos pelo site do Giro do Boi

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Fazenda localizada em Ribeirão Cascalheira, estado do Mato Grosso, foi destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Cerimônia foi marcada por assinatura de protocolo de intenções de colaboração entre ministérios da Agricultura, Meio Ambiente, Defesa e Relações Exteriores

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Advogado recomenda que produtor não assine notificações caso o fiscal não esclareça de forma satisfatória os motivos da penalização

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Quadro Giro na Estrada trouxe dicas de embarque aos invernistas ativos no mercado da reposição nesta entressafra

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE