Fábrica de ração e pasto irrigado: pecuarista mostra o que é que a Bahia tem!

10 fevereiro 2020
irrigacao-pastagem-silo-fabrica-racao-o-que-a-pecuaria-baiana-tem-fazenda-colatina-itapetinga-ba

O que é que a pecuária da Bahia tem? No Giro do Boi desta segunda, 10, um exemplo de intensificação da bovinocultura de corte praticada na região de Itapetinga-BA chamou atenção por conta das alternativas que o produtor buscou para cobrir possíveis pontos fracos.

Longe do oeste da Bahia, região produtora de grãos no estado, e buscando intensificar seu ciclo de produção, o pecuarista Edimar Margoto (à esquerda na foto acima), da Fazenda Colatina, no Vale do Rio Pardo baiano, reservou pasto rotacionado de sequeiro em algumas de suas áreas, inclusive utilizando como pasto reserva, e irrigou outras áreas onde termina suas boiadas em confinamento a pasto. Para fornecer a dieta adequada para a terminação, o produtor investiu em estrutura de silo e fábrica de ração.

“Precisa de paixão”, diz produtor da Bahia sobre sucesso na pecuária

+ Pecuarista da Bahia ganha reforço para limpeza de pastagens infestadas com araçá e carrasco

Quem detalhou o sistema de produção da Fazenda Colatina foi Eduardo Hagge, gerente de originação da unidade Friboi em Itapetinga-BA, que recentemente visitou a propriedade, de onde trouxe registros em fotos e vídeos. “A Fazenda Colatina fica no Vale do Rio Pardo, é uma região nobre aqui, por isso é muito importante o trabalho que o seo Edimar vem fazendo. A cada visita que a gente faz, a gente volta da fazenda e se surpreende. A gente vê que existe uma recuperação das pastagens originais do Colonião, ele conseguiu nas baixas fazer um rotacionado de sequeiro, onde embala o boi e termina na parte irrigada. O seo Edimar investiu na fábrica, no misturador, ele prepara toda a sua ração na fazenda”, ressaltou Hagge.

+ Fazenda na Bahia aprova a fertirrigação do capim mombaça para driblar a seca

Segundo o originador, investir na nutrição dos animais é condição essencial para o desenvolvimento da pecuária da região. “Já que a nossa região não é uma região produtora de grãos, a gente tem que realmente importar, trazer o grão de certas distâncias, do oeste da Bahia. Então investir hoje na fábrica, investir hoje em silo e estar atento à nutrição é imprescindível na fazenda. Às vezes muitos produtores ainda estão com a cabeça em outros tipos de investimentos, mas eu acho que a ferramenta primordial hoje é na ração, é na fábrica, é na nutrição mesmo, aí é que vai fazer o diferencial”, apontou.

Hagge aproveitou ainda a oportunidade para elogiar o empreendedorismo do pecuarista. “É um produtor modelo, muito interessado, bem entusiasmado. Ele está sempre querendo divulgar, difundir e a gente pega o Seo Edimar como exemplo para mostrar o seguinte: a região tem potencial, basta ajudar um pouco o boi na engorda, trabalhar bem o manejo e o capim está aí em volta. Realmente o trabalho lá é muito interessante, ele é um grande parceiro”, reconheceu.

Veja as imagens da Fazenda Colatina e os detalhes do sistema produtivo pelo vídeo abaixo:

 

VEJA TAMBÉM

Casquinha “estralando” e muita suculência: veja resultado da costela 1953 na brasa

Médico veterinário e churrasqueiro Fernando Dambrós, da costelaria Quintal do Primo, em Cuiabá-MT, ressalta importância da qualidade da carne para o resultado da receita

Por que a época das águas é a ideal para controlar as plantas daninhas?

Especialista alerta que produtor precisa aproveitar janela de aplicação de defensivos para evitar o custo elevado com a reforma completa do pasto

Área de baixa pressão forma canal de umidade que vai do Sudeste até a Amazônia

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

Tem dúvidas sobre bem-estar no transporte boiadeiro? Pergunte ao motorista

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Fábrica de ração e pasto irrigado: pecuarista mostra o que é que a Bahia tem!

10 fevereiro 2020
irrigacao-pastagem-silo-fabrica-racao-o-que-a-pecuaria-baiana-tem-fazenda-colatina-itapetinga-ba

O que é que a pecuária da Bahia tem? No Giro do Boi desta segunda, 10, um exemplo de intensificação da bovinocultura de corte praticada na região de Itapetinga-BA chamou atenção por conta das alternativas que o produtor buscou para cobrir possíveis pontos fracos.

Longe do oeste da Bahia, região produtora de grãos no estado, e buscando intensificar seu ciclo de produção, o pecuarista Edimar Margoto (à esquerda na foto acima), da Fazenda Colatina, no Vale do Rio Pardo baiano, reservou pasto rotacionado de sequeiro em algumas de suas áreas, inclusive utilizando como pasto reserva, e irrigou outras áreas onde termina suas boiadas em confinamento a pasto. Para fornecer a dieta adequada para a terminação, o produtor investiu em estrutura de silo e fábrica de ração.

“Precisa de paixão”, diz produtor da Bahia sobre sucesso na pecuária

+ Pecuarista da Bahia ganha reforço para limpeza de pastagens infestadas com araçá e carrasco

Quem detalhou o sistema de produção da Fazenda Colatina foi Eduardo Hagge, gerente de originação da unidade Friboi em Itapetinga-BA, que recentemente visitou a propriedade, de onde trouxe registros em fotos e vídeos. “A Fazenda Colatina fica no Vale do Rio Pardo, é uma região nobre aqui, por isso é muito importante o trabalho que o seo Edimar vem fazendo. A cada visita que a gente faz, a gente volta da fazenda e se surpreende. A gente vê que existe uma recuperação das pastagens originais do Colonião, ele conseguiu nas baixas fazer um rotacionado de sequeiro, onde embala o boi e termina na parte irrigada. O seo Edimar investiu na fábrica, no misturador, ele prepara toda a sua ração na fazenda”, ressaltou Hagge.

+ Fazenda na Bahia aprova a fertirrigação do capim mombaça para driblar a seca

Segundo o originador, investir na nutrição dos animais é condição essencial para o desenvolvimento da pecuária da região. “Já que a nossa região não é uma região produtora de grãos, a gente tem que realmente importar, trazer o grão de certas distâncias, do oeste da Bahia. Então investir hoje na fábrica, investir hoje em silo e estar atento à nutrição é imprescindível na fazenda. Às vezes muitos produtores ainda estão com a cabeça em outros tipos de investimentos, mas eu acho que a ferramenta primordial hoje é na ração, é na fábrica, é na nutrição mesmo, aí é que vai fazer o diferencial”, apontou.

Hagge aproveitou ainda a oportunidade para elogiar o empreendedorismo do pecuarista. “É um produtor modelo, muito interessado, bem entusiasmado. Ele está sempre querendo divulgar, difundir e a gente pega o Seo Edimar como exemplo para mostrar o seguinte: a região tem potencial, basta ajudar um pouco o boi na engorda, trabalhar bem o manejo e o capim está aí em volta. Realmente o trabalho lá é muito interessante, ele é um grande parceiro”, reconheceu.

Veja as imagens da Fazenda Colatina e os detalhes do sistema produtivo pelo vídeo abaixo:

 

VEJA TAMBÉM

Médico veterinário e churrasqueiro Fernando Dambrós, da costelaria Quintal do Primo, em Cuiabá-MT, ressalta importância da qualidade da carne para o resultado da receita

Especialista alerta que produtor precisa aproveitar janela de aplicação de defensivos para evitar o custo elevado com a reforma completa do pasto

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Friboi será parceira do evento que começa às 7h da manhã na sede do sindicato, localizado dentro do Parque de Exposições do município do Vale do Rio Doce

Lotes de propriedade em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Agrônomo explica quais as alturas ideais de entrada e saída do pastejo, taxa de lotação nas águas e na seca, efeitos da adubação e potencial de produção de matéria seca

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Segundo Nabih El-Aouar, produtor é incentivado a melhorar manejo, nutrição e inserção de tecnologias no rebanho, levando ganhos para toda a cadeia produtiva

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE