Giro Inspiração: fé não se resume a acreditar, mas também em fazer acontecer

15 agosto 2019
giro-inspiracao-cura-bichodomatice-fe

Como curar a “bichodomatice”, a condição que atinge profissionais que não têm confiança o suficiente em seu potencial? No quadro Giro Inspiração exibido nesta quinta, dia 15, a consultora Helda Elaine, especialista em comportamento e desenvolvimento humano e autora do livro “O ser humano 10D – O futuro é de quem faz algo a mais”, falou sobre como a “bichodomatice” pode ser superada por meio da fé.

Segundo a especialista, fé não diz respeito somente à religião, mas também tem relação com a crença na própria capacidade. Por isso, ter fé não se resume a acreditar, mas deve vir acompanhada de ação.

“A fé é uma grande aliada e justifica a perseverança, sem ela tudo fica mais difícil, quase inalcançável. O homem e a mulher do campo são pessoas naturalmente de fé, lançam as sementes e acreditam que a colheita será farta, selecionam o plantel e acreditam que obterão as melhores crias, mas não basta somente acreditar. É preciso preparar o solo, investir em boa genética, investir em nutrientes e realizar o manejo correto. E também, é claro, investir em gente”, explicou a palestrante.

Veja o quadro Giro Inspiração exibido nesta quinta clicando no player abaixo:

VEJA TAMBÉM

SP e MG devem ter chuvas acima dos 100 mm nos próximos dias

Precipitações podem passar dos 200 mm em pontos localizados de Minas; pancadas devem se estender também para GO, TO, Matopiba, oeste da BA e leste do MT

Treinamentos de motoristas garantem bem-estar no transporte de gado

Além do conforto dos animais, capacitações mensais abordam também medidas de segurança na condução dos veículos ao longo do trajeto

Confira os lotes em destaque do dia 24 de janeiro de 2020

Lotes de propriedades em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Qual é o grande desafio estrutural da pecuária nos próximos anos?

Consultor destaca que para ganhar competitividade frente às proteínas concorrentes, pecuária de corte precisa de integração e salto da eficiência

Giro Inspiração: fé não se resume a acreditar, mas também em fazer acontecer

15 agosto 2019
giro-inspiracao-cura-bichodomatice-fe

Como curar a “bichodomatice”, a condição que atinge profissionais que não têm confiança o suficiente em seu potencial? No quadro Giro Inspiração exibido nesta quinta, dia 15, a consultora Helda Elaine, especialista em comportamento e desenvolvimento humano e autora do livro “O ser humano 10D – O futuro é de quem faz algo a mais”, falou sobre como a “bichodomatice” pode ser superada por meio da fé.

Segundo a especialista, fé não diz respeito somente à religião, mas também tem relação com a crença na própria capacidade. Por isso, ter fé não se resume a acreditar, mas deve vir acompanhada de ação.

“A fé é uma grande aliada e justifica a perseverança, sem ela tudo fica mais difícil, quase inalcançável. O homem e a mulher do campo são pessoas naturalmente de fé, lançam as sementes e acreditam que a colheita será farta, selecionam o plantel e acreditam que obterão as melhores crias, mas não basta somente acreditar. É preciso preparar o solo, investir em boa genética, investir em nutrientes e realizar o manejo correto. E também, é claro, investir em gente”, explicou a palestrante.

Veja o quadro Giro Inspiração exibido nesta quinta clicando no player abaixo:

VEJA TAMBÉM

Precipitações podem passar dos 200 mm em pontos localizados de Minas; pancadas devem se estender também para GO, TO, Matopiba, oeste da BA e leste do MT

Além do conforto dos animais, capacitações mensais abordam também medidas de segurança na condução dos veículos ao longo do trajeto

Lotes de propriedades em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Consultor destaca que para ganhar competitividade frente às proteínas concorrentes, pecuária de corte precisa de integração e salto da eficiência

Sujeira e até pH inadequado interferem na eficácia do defensivo usado no controle de plantas daninhas nas pastagens

Lotes de propriedades em Minas Gerais, Pará, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Precipitações podem passar dos 200 mm em pontos localizados de Minas; pancadas devem se estender também para GO, TO, Matopiba, oeste da BA e leste do MT

Sujeira e até pH inadequado interferem na eficácia do defensivo usado no controle de plantas daninhas nas pastagens

5ª geração em uma família de produtores rurais, Mateus Arantes desenvolveu sistema de integração com plantio direto para solos arenosos

Envie sua pergunta sobre cruzamento industrial de gado de corte para receber as dicas no novo quadro ‘Zadra Responde’

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE