MP que altera o Estatuto da Terra pode não beneficiar agricultores familiares

20 agosto 2019
direito-agrario-giro-do-boi

Uma alteração promovida pela medida provisória nº 881/19, conhecida como a MP da Liberdade Econômica, no Estatuto da Terra, pode trazer insegurança jurídica a contratos em que uma das partes envolvidas se enquadra no conceito de empreendedor familiar rural, conforme prevê a Lei da Agricultura Familiar. Nesta terça, 20, o advogado, professor de pós-graduação de direito agrário e ambiental, consultor jurídico e sócio-diretor da P&M Consultoria Jurídica, Pedro Puttini Mendes, falou sobre o assunto.

Segundo nota disponível no site oficial do Senado, “o texto prevê autonomia privada nos contratos agrários, atualmente regulados pelo Estatuto da Terra (Lei 4.504, de 1964)”. No entanto, a alteração prevê que “prevalece autonomia privada nos contratos agrários exceto quando uma das partes se enquadra no conceito de agricultor familiar, empreendedor familiar rural, conforme a lei da Agricultura Familiar”, destacou Puttini.

“Se esta legislação diferencia os produtores familiares dos demais, ele vai encontrar dificuldades na contratação porque nesta forma de atividade, agricultura familiar, os demais produtores teriam uma liberdade econômica plena, enquanto os produtores familiares, não”, ponderou.

Veja no vídeo abaixo as considerações do consultor jurídico:

 

Outras dúvidas podem ser direcionadas para o e-mail contato@pmadvocacia.com.

VEJA TAMBÉM

Qual a melhor raça para cruzar com fêmeas meio-sangue Senepol no Maranhão?

Raças recomendadas são diferentes conforme o tipo de reprodução escolhida: monta natural ou inseminação artificial; veja no quadro Zadra Responde

Canal de umidade leva chuvas acima de 150 mm para MS e MT

Formação vem do oceano, leva precipitações para litoral do Sudeste e chega com mais volume no norte do MS, cruzando o MT rumo a RO; no Sul, temperatura despenca e pode gear

Especialista passa dicas para manter a pontualidade do embarque do gado

Interação entre indústria e pecuarista é fundamental para que gado seja embarcado e desembarcado mantendo a qualidade das carcaças

Novilhas cruzadas recebem bônus superior a R$ 25/@ por qualidade

Fêmeas foram abatidas com média superior a 22@ no Protocolo 1953 depois de passar cerca de 150 dias em confinamento

MP que altera o Estatuto da Terra pode não beneficiar agricultores familiares

20 agosto 2019
direito-agrario-giro-do-boi

Uma alteração promovida pela medida provisória nº 881/19, conhecida como a MP da Liberdade Econômica, no Estatuto da Terra, pode trazer insegurança jurídica a contratos em que uma das partes envolvidas se enquadra no conceito de empreendedor familiar rural, conforme prevê a Lei da Agricultura Familiar. Nesta terça, 20, o advogado, professor de pós-graduação de direito agrário e ambiental, consultor jurídico e sócio-diretor da P&M Consultoria Jurídica, Pedro Puttini Mendes, falou sobre o assunto.

Segundo nota disponível no site oficial do Senado, “o texto prevê autonomia privada nos contratos agrários, atualmente regulados pelo Estatuto da Terra (Lei 4.504, de 1964)”. No entanto, a alteração prevê que “prevalece autonomia privada nos contratos agrários exceto quando uma das partes se enquadra no conceito de agricultor familiar, empreendedor familiar rural, conforme a lei da Agricultura Familiar”, destacou Puttini.

“Se esta legislação diferencia os produtores familiares dos demais, ele vai encontrar dificuldades na contratação porque nesta forma de atividade, agricultura familiar, os demais produtores teriam uma liberdade econômica plena, enquanto os produtores familiares, não”, ponderou.

Veja no vídeo abaixo as considerações do consultor jurídico:

 

Outras dúvidas podem ser direcionadas para o e-mail contato@pmadvocacia.com.

VEJA TAMBÉM

Raças recomendadas são diferentes conforme o tipo de reprodução escolhida: monta natural ou inseminação artificial; veja no quadro Zadra Responde

Formação vem do oceano, leva precipitações para litoral do Sudeste e chega com mais volume no norte do MS, cruzando o MT rumo a RO; no Sul, temperatura despenca e pode gear

Interação entre indústria e pecuarista é fundamental para que gado seja embarcado e desembarcado mantendo a qualidade das carcaças

Fêmeas foram abatidas com média superior a 22@ no Protocolo 1953 depois de passar cerca de 150 dias em confinamento

Encontro será no Sindicato Rural de Rio Brilhante às 19h e vai apresentar nova unidade do Confinamento JBS no município, além de novidades em protocolos de remuneração

Morte precoce do marido, assassinado aos 47 anos dentro da própria fazenda, mudou a história da produtora rural Norma Gatto e de seus três filhos

Morte precoce do marido, assassinado aos 47 anos dentro da própria fazenda, mudou a história da produtora rural Norma Gatto e de seus três filhos

Na fazenda localizada em área com déficit hídrico, produtor implementou sistema de irrigação acionado por aplicativo e aumentou produtividade das pastagens

Você sabia que o boi perde um grama de carne para cada carrapato graúdo em seu corpo? Saiba identificar o ciclo do parasita para fazer a intervenção mais adequada

Raças recomendadas são diferentes conforme o tipo de reprodução escolhida: monta natural ou inseminação artificial; veja no quadro Zadra Responde

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE