MS continua sendo destaque no Programa Nelore Natural

18 setembro 2019
capa nelore

Mato Grosso do Sul continua sendo destaque nacional em abates do Protocolo Nelore Natural, parceria da Friboi com a Associação de Criadores de Nelore do Brasil, e no Circuito Nelore de Qualidade. A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por causa da capacidade dos neloristas sul-mato-grossenses em assimilar as oportunidades de agregação de valor na produção. “Em 2015 e 2016 a nossa unidade frigorífica de Nova Andradina conquistou o título nacional de melhor compra de gado do circuito e no ano passado foi a vez da planta de Naviraí levantar o troféu de melhor aquisição de gado nelore”, disse Gonçalves. 

A boa notícia trazida pelo Sérgio Gonçalves, veio exatamente no momento em que a Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul divulga um balanço do desempenho da pecuária do estado nos oito primeiros meses do ano em relação à 2018. Segundo a Famasul, os abates cresceram no período e as exportações tiveram um aumento de 46% em volume, chegando a 117 mil toneladas, que foram principalmente para países como Chile, Hong Kong e os Emirados Árabes Unidos, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MICS). Já o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) informa que os abates no Brasil, de janeiro à agosto, registraram um aumento de 10,7%, chegando a 2,1 mi de cabeças.

Todas as unidades Friboi do país são habilitadas no Protocolo Nelore Natural, que bonifica o pecuarista em até R$ 6,50 por arroba, podendo chegar a R$ 10,50 caso os animais estejam certificados na Lista Traces e Cota Hilton. Para participar desse protocolo, é necessário que o nelorista seja associado à ACNB. No caso do Circuito Nelore de Qualidade, não há necessidade do interessado ser associado, basta procurar uma das unidades Friboi que realizam as etapas e apresentar seus lotes (machos e fêmeas), mas é bom que sejam animais jovens e bem terminados, já que a disputa é bastante acirrada. Confira, abaixo, a entrevista do Sérgio Gonçalves:

 

VEJA TAMBÉM

Como transformar sua fazenda em uma máquina de colher bezerro – e dinheiro?

Segundo Benchmarking 2018-19, fazendas de cria mais rentáveis do Brasil tiveram margem sobre a venda de até 36,4% focando em gestão de custos e produtividade

Confira as fazendas em destaque do dia 22 de outubro de 2019

Fazendas localizadas no Pará, São Paulo e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Quais são as duas realidades da pecuária brasileira?

No 1º de 7 blocos do Giro do Boi especial de lançamento do Benchmarking 2018-19, consultor diz que pecuária está dividida duas “bem distintas” realidades

Como encontrar a combinação perfeita entre peão e patrão?

Especialista traz dicas para pecuaristas definirem perfil do colaborador desejado e ajuda peões a encontrar fazendas que o valorizem

MS continua sendo destaque no Programa Nelore Natural

18 setembro 2019
capa nelore

Mato Grosso do Sul continua sendo destaque nacional em abates do Protocolo Nelore Natural, parceria da Friboi com a Associação de Criadores de Nelore do Brasil, e no Circuito Nelore de Qualidade. A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por causa da capacidade dos neloristas sul-mato-grossenses em assimilar as oportunidades de agregação de valor na produção. “Em 2015 e 2016 a nossa unidade frigorífica de Nova Andradina conquistou o título nacional de melhor compra de gado do circuito e no ano passado foi a vez da planta de Naviraí levantar o troféu de melhor aquisição de gado nelore”, disse Gonçalves. 

A boa notícia trazida pelo Sérgio Gonçalves, veio exatamente no momento em que a Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul divulga um balanço do desempenho da pecuária do estado nos oito primeiros meses do ano em relação à 2018. Segundo a Famasul, os abates cresceram no período e as exportações tiveram um aumento de 46% em volume, chegando a 117 mil toneladas, que foram principalmente para países como Chile, Hong Kong e os Emirados Árabes Unidos, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MICS). Já o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) informa que os abates no Brasil, de janeiro à agosto, registraram um aumento de 10,7%, chegando a 2,1 mi de cabeças.

Todas as unidades Friboi do país são habilitadas no Protocolo Nelore Natural, que bonifica o pecuarista em até R$ 6,50 por arroba, podendo chegar a R$ 10,50 caso os animais estejam certificados na Lista Traces e Cota Hilton. Para participar desse protocolo, é necessário que o nelorista seja associado à ACNB. No caso do Circuito Nelore de Qualidade, não há necessidade do interessado ser associado, basta procurar uma das unidades Friboi que realizam as etapas e apresentar seus lotes (machos e fêmeas), mas é bom que sejam animais jovens e bem terminados, já que a disputa é bastante acirrada. Confira, abaixo, a entrevista do Sérgio Gonçalves:

 

VEJA TAMBÉM

Segundo Benchmarking 2018-19, fazendas de cria mais rentáveis do Brasil tiveram margem sobre a venda de até 36,4% focando em gestão de custos e produtividade

Fazendas localizadas no Pará, São Paulo e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

No 1º de 7 blocos do Giro do Boi especial de lançamento do Benchmarking 2018-19, consultor diz que pecuária está dividida duas “bem distintas” realidades

Especialista traz dicas para pecuaristas definirem perfil do colaborador desejado e ajuda peões a encontrar fazendas que o valorizem

Consultor jurídico enumera as cinco principais mudanças da medida provisória e explica como funciona o novo dispositivo

Segundo produtor, animais que passam pelo processo na recria são engordados em menos tempo com mais padrão e melhor acabamento de gordura

Consultor jurídico enumera as cinco principais mudanças da medida provisória e explica como funciona o novo dispositivo

Segundo Benchmarking 2018-19, fazendas de cria mais rentáveis do Brasil tiveram margem sobre a venda de até 36,4% focando em gestão de custos e produtividade

Segundo produtor, animais que passam pelo processo na recria são engordados em menos tempo com mais padrão e melhor acabamento de gordura

No lançamento do Benchmarking 2018-19, Antônio Chaker afirmou que resultado da pecuária de ciclo completo “não se compra, se conquista”

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE