“Nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo”, afirma pecuarista

09 julho 2019
dia-de-campo-liga-do-araguaia-2019-fazenda-agua-viva-cocalinho-mt

Nesta terça, 09, o Giro do Boi contou com participação do gerente de originação da Friboi para as unidades mato-grossenses de Barra do Garças, Água Boa, Confresa, Colíder, Pedra Preta e Alta Floresta, Vilmar Cardoso.

Cardoso apresentou registros do 9º Dia de Campo da Liga do Araguaia, realizado nos últimos dias 05 a 07 de julho na Fazenda Água Viva, em Cocalinho-MT. “É um trabalho não só pensando na qualidade, mas na rentabilidade dos parceiros e isso é muito importante”, opinou. Presente no evento, Vilmar gravou um depoimento do pecuarista Caio Penido, presidente do GTPS e um dos fundadores da liga.

“A conservação é fundamental para a produção e pode ser um fator de renda para o produtor. O produtor tem que se apropriar desta questão da conservação porque as nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo. E a gente tem que provar isto, mensurar isto e começar a receber por isto também. O meio ambiente pode ser mais uma fonte de renda para o produtor”, declarou Penido.

O gerente destacou também em sua participação a importância da evolução do setor por meio de avanços no melhoramento genético, manejo e na nutrição. Na parte da alimentação, inclusive, a popularização do confinamento fez com que houvesse uma inversão nos conceitos de safra e entressafra, com boa oferta de animais também no segundo semestre do ano por conta da engorda intensiva.

Vilmar acrescentou que esta melhoria na atividade é essencial para que o produto final possa capturar valor ao longo da cadeia produtiva. “Isto é muito importante porque é isto que o mercado quer. Principalmente o animal jovem, Todo importador nosso se restringe a animais com até 30 meses, então fora disso fica difícil colocar este produto no mercado”, declarou.

Veja a participação de Vilmar Cardoso no programa desta terça:

VEJA TAMBÉM

Todo imóvel rural precisa ter uma área de reserva legal?

No quadro Direito Agrário desta terça-feira, 17, o advogado Pedro Puttini Mendes, especialista em direito ambiental, falou sobre uma dúvida frequente e recorrente do produtor

O que é verdadeiro e o que é fake news na hora de escolher um touro?

Com a chegada da temporada de leilões de touros no Brasil, as ofertas e opções são inúmeras. Mas será que tudo que se diz é verdade? Será que o reprodutor que cobrir a vacada vai resultar em bons bezerros para o criador?

Confira as fazendas em destaque do dia 17 de setembro de 2019

Originadores apresentaram lotes dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Confira as participações.

Unidade de Marabá-PA recebe mais uma etapa do Circuito Nelore de Qualidade 2019

O abate técnico reuniu cerca de 946 cabeças de 16 pecuaristas do estado. Os produtores irão concorrer para melhores lotes nas categorias machos e fêmeas,o resultado será divulgado ainda nesta semana.

“Nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo”, afirma pecuarista

09 julho 2019
dia-de-campo-liga-do-araguaia-2019-fazenda-agua-viva-cocalinho-mt

Nesta terça, 09, o Giro do Boi contou com participação do gerente de originação da Friboi para as unidades mato-grossenses de Barra do Garças, Água Boa, Confresa, Colíder, Pedra Preta e Alta Floresta, Vilmar Cardoso.

Cardoso apresentou registros do 9º Dia de Campo da Liga do Araguaia, realizado nos últimos dias 05 a 07 de julho na Fazenda Água Viva, em Cocalinho-MT. “É um trabalho não só pensando na qualidade, mas na rentabilidade dos parceiros e isso é muito importante”, opinou. Presente no evento, Vilmar gravou um depoimento do pecuarista Caio Penido, presidente do GTPS e um dos fundadores da liga.

“A conservação é fundamental para a produção e pode ser um fator de renda para o produtor. O produtor tem que se apropriar desta questão da conservação porque as nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo. E a gente tem que provar isto, mensurar isto e começar a receber por isto também. O meio ambiente pode ser mais uma fonte de renda para o produtor”, declarou Penido.

O gerente destacou também em sua participação a importância da evolução do setor por meio de avanços no melhoramento genético, manejo e na nutrição. Na parte da alimentação, inclusive, a popularização do confinamento fez com que houvesse uma inversão nos conceitos de safra e entressafra, com boa oferta de animais também no segundo semestre do ano por conta da engorda intensiva.

Vilmar acrescentou que esta melhoria na atividade é essencial para que o produto final possa capturar valor ao longo da cadeia produtiva. “Isto é muito importante porque é isto que o mercado quer. Principalmente o animal jovem, Todo importador nosso se restringe a animais com até 30 meses, então fora disso fica difícil colocar este produto no mercado”, declarou.

Veja a participação de Vilmar Cardoso no programa desta terça:

VEJA TAMBÉM

No quadro Direito Agrário desta terça-feira, 17, o advogado Pedro Puttini Mendes, especialista em direito ambiental, falou sobre uma dúvida frequente e recorrente do produtor

Com a chegada da temporada de leilões de touros no Brasil, as ofertas e opções são inúmeras. Mas será que tudo que se diz é verdade? Será que o reprodutor que cobrir a vacada vai resultar em bons bezerros para o criador?

Originadores apresentaram lotes dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Confira as participações.

O abate técnico reuniu cerca de 946 cabeças de 16 pecuaristas do estado. Os produtores irão concorrer para melhores lotes nas categorias machos e fêmeas,o resultado será divulgado ainda nesta semana.

Ao completar 35 anos de existência, o Programa de Melhoramento Genético, começa a ganhar as regiões de pecuária do Brasil. Dessa vez, a capital do Acre, Rio Branco, vai receber nesta semana (18 e 19/09) uma “bateria” de palestras e dinâmicas sobre a importância da genética de ponta para o aumento de produtividade das fazendas.

A maior expedição técnica privada sobre a pecuária de corte no Brasil, apontou ainda crescimento de 25% na produtividade dos amostrados, totalizando 310 propriedades visitadas de 10 estados e 128 municípios. As sete equipes que saíram a campo percorreram 50 mil quilômetros nesta edição do Rally.

No quadro Direito Agrário desta terça-feira, 17, o advogado Pedro Puttini Mendes, especialista em direito ambiental, falou sobre uma dúvida frequente e recorrente do produtor

O Instituto Nacional de Meteorologia, INMET, trouxe uma boa notícia para a agropecuária das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Norte do país. Embora não seja de forte intensidade, a partir do dia 20 de setembro, estados como São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia receberão...

Fazenda Figueira, do município de Paranapanema, interior do estado de São Paulo, foi um dos destaques desta sexta-feira, no Giro do Boi, onde os originadores apresentam os bons modelos de produção e os valores da @ em cada unidade que participa do quadro Giro pelo Brasil.

Originadores apresentaram lotes dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Confira as participações.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE