“Nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo”, afirma pecuarista

09 julho 2019
dia-de-campo-liga-do-araguaia-2019-fazenda-agua-viva-cocalinho-mt

Nesta terça, 09, o Giro do Boi contou com participação do gerente de originação da Friboi para as unidades mato-grossenses de Barra do Garças, Água Boa, Confresa, Colíder, Pedra Preta e Alta Floresta, Vilmar Cardoso.

Cardoso apresentou registros do 9º Dia de Campo da Liga do Araguaia, realizado nos últimos dias 05 a 07 de julho na Fazenda Água Viva, em Cocalinho-MT. “É um trabalho não só pensando na qualidade, mas na rentabilidade dos parceiros e isso é muito importante”, opinou. Presente no evento, Vilmar gravou um depoimento do pecuarista Caio Penido, presidente do GTPS e um dos fundadores da liga.

“A conservação é fundamental para a produção e pode ser um fator de renda para o produtor. O produtor tem que se apropriar desta questão da conservação porque as nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo. E a gente tem que provar isto, mensurar isto e começar a receber por isto também. O meio ambiente pode ser mais uma fonte de renda para o produtor”, declarou Penido.

O gerente destacou também em sua participação a importância da evolução do setor por meio de avanços no melhoramento genético, manejo e na nutrição. Na parte da alimentação, inclusive, a popularização do confinamento fez com que houvesse uma inversão nos conceitos de safra e entressafra, com boa oferta de animais também no segundo semestre do ano por conta da engorda intensiva.

Vilmar acrescentou que esta melhoria na atividade é essencial para que o produto final possa capturar valor ao longo da cadeia produtiva. “Isto é muito importante porque é isto que o mercado quer. Principalmente o animal jovem, Todo importador nosso se restringe a animais com até 30 meses, então fora disso fica difícil colocar este produto no mercado”, declarou.

Veja a participação de Vilmar Cardoso no programa desta terça:

VEJA TAMBÉM

Veja imagens do Dia de Campo da Fazenda Barra, em Cassilândia-MS

Propriedade é referência na terminação de animais cruzados, em que aproveita a valorização da arroba pelo Protocolo 1953

Confira as fazendas em destaque do dia 15 de julho de 2019

Fazendas localizadas em Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Com desembolso somente após abate, boitel em SP oferece 4 modelos de negócios a pecuaristas

Unidade no município de Castilho atende criadores com propriedades em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais

Aplicativo ajuda no cálculo do custo de produção e margem de ganho

Software foi desenvolvido no formato de planilha de Excel e lançado em 2017; pesquisador da Embrapa dá dicas de preenchimento correto dos dados para gerar resultados mais precisos

“Nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo”, afirma pecuarista

09 julho 2019
dia-de-campo-liga-do-araguaia-2019-fazenda-agua-viva-cocalinho-mt

Nesta terça, 09, o Giro do Boi contou com participação do gerente de originação da Friboi para as unidades mato-grossenses de Barra do Garças, Água Boa, Confresa, Colíder, Pedra Preta e Alta Floresta, Vilmar Cardoso.

Cardoso apresentou registros do 9º Dia de Campo da Liga do Araguaia, realizado nos últimos dias 05 a 07 de julho na Fazenda Água Viva, em Cocalinho-MT. “É um trabalho não só pensando na qualidade, mas na rentabilidade dos parceiros e isso é muito importante”, opinou. Presente no evento, Vilmar gravou um depoimento do pecuarista Caio Penido, presidente do GTPS e um dos fundadores da liga.

“A conservação é fundamental para a produção e pode ser um fator de renda para o produtor. O produtor tem que se apropriar desta questão da conservação porque as nossas florestas estão prestando serviços ambientais gratuitamente para o mundo. E a gente tem que provar isto, mensurar isto e começar a receber por isto também. O meio ambiente pode ser mais uma fonte de renda para o produtor”, declarou Penido.

O gerente destacou também em sua participação a importância da evolução do setor por meio de avanços no melhoramento genético, manejo e na nutrição. Na parte da alimentação, inclusive, a popularização do confinamento fez com que houvesse uma inversão nos conceitos de safra e entressafra, com boa oferta de animais também no segundo semestre do ano por conta da engorda intensiva.

Vilmar acrescentou que esta melhoria na atividade é essencial para que o produto final possa capturar valor ao longo da cadeia produtiva. “Isto é muito importante porque é isto que o mercado quer. Principalmente o animal jovem, Todo importador nosso se restringe a animais com até 30 meses, então fora disso fica difícil colocar este produto no mercado”, declarou.

Veja a participação de Vilmar Cardoso no programa desta terça:

VEJA TAMBÉM

Propriedade é referência na terminação de animais cruzados, em que aproveita a valorização da arroba pelo Protocolo 1953

Fazendas localizadas em Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Unidade no município de Castilho atende criadores com propriedades em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais

Software foi desenvolvido no formato de planilha de Excel e lançado em 2017; pesquisador da Embrapa dá dicas de preenchimento correto dos dados para gerar resultados mais precisos

Frente fria vai embora e temperatura deve subir em estados do Centro-Oeste, Norte e Sudeste do Brasil, com máximas que podem chegar aos 35º C

Animais abatidos no Protocolo 1953 foram enviados por fazenda localizada no município de Cáceres, estado do Mato Grosso

Software foi desenvolvido no formato de planilha de Excel e lançado em 2017; pesquisador da Embrapa dá dicas de preenchimento correto dos dados para gerar resultados mais precisos

Propriedade é referência na terminação de animais cruzados, em que aproveita a valorização da arroba pelo Protocolo 1953

Gerente do Rabobank Brasil aponta as duas primeiras medidas para o produtor transformar sua fazenda em uma empresa rural

Fazendas localizadas em Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE