Pecuaristas de Juara e Juína, em MT, devem estar atentos à formação de atoleiros devido às fortes chuvas

07 dezembro 2018
previsao-tempo-juara-juina-dezembro-2018

Atenções voltadas para a formação de atoleiros e mais dificuldades de transporte na região dos vales dos rios Arinos e Juruena, ao Norte do Mato Grosso. Isto porque o alto índice pluviométrico desta estação das águas está prejudicando a passagem de produtores nas estradas vicinais. Foi o que destacou nesta sexta, 07, no quadro Giro na Estrada, o engenheiro agrônomo, Leonardo Vieira, coordenador de logística do boi gordo da JBS.

“A gente tem uma dificuldade grande, complicando a questão de acesso do pessoal, mas isso significa que a gente vai ter uma pastagem boa para o ano que vem. […] Nas duas unidades (Juara e Juína) a gente tem uma equipe qualificada para poder atender o pecuarista, ajudar neste planejamento, ver a melhor forma para ele escoar a produção dele”, ponderou Vieira.

O meteorologista, mestre e doutor pela USP Marcelo Schneider, coordenador do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), órgão vinculado ao Mapa, contribuiu com um resumo da previsão do tempo para a localidade. “Região que teve e terá bastante chuva ainda nos próximos dias. […] A tendência é que até a próxima quarta-feira (12/12), estas chuvas fiquem ao Norte do MT e continuem entre o Amazonas e o Pará. […] Na região de Juína e Juara, a chuva nesta próxima semana deve passar dos 100 mm”, resumiu

Veja as informações completas no vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Trabalho integrado ameniza dificuldades com embarque do gado gordo entre Juara e Juína

Embora as chuvas prejudiquem as condições das estradas de terra, união de esforços entres unidades da indústria diminui problemas com o transporte

Áreas de instabilidade levam chuva para fronteira do RS com SC no fim de semana

Previsão é que precipitações se desloquem nos próximos dias para o Norte de SP e MG, chegando ao Semiárido e Centro-Oeste

Seis cadastros obrigatórios para o produtor rural garantir sua segurança jurídica

Gestão de cadastros de propriedades rurais evita problemas em situações como transações imobiliárias, bancárias, ambientais e também possíveis sanções de órgãos do governo

Já saiu o resultado da votação para o melhor lote de janeiro; conheça o vencedor

Lote de novilhas meio-sangue para o Protocolo 1953 pesou 18,4@ por animal em média e marcou 100% Verde no Farol da Qualidade

Pecuaristas de Juara e Juína, em MT, devem estar atentos à formação de atoleiros devido às fortes chuvas

07 dezembro 2018
previsao-tempo-juara-juina-dezembro-2018

Atenções voltadas para a formação de atoleiros e mais dificuldades de transporte na região dos vales dos rios Arinos e Juruena, ao Norte do Mato Grosso. Isto porque o alto índice pluviométrico desta estação das águas está prejudicando a passagem de produtores nas estradas vicinais. Foi o que destacou nesta sexta, 07, no quadro Giro na Estrada, o engenheiro agrônomo, Leonardo Vieira, coordenador de logística do boi gordo da JBS.

“A gente tem uma dificuldade grande, complicando a questão de acesso do pessoal, mas isso significa que a gente vai ter uma pastagem boa para o ano que vem. […] Nas duas unidades (Juara e Juína) a gente tem uma equipe qualificada para poder atender o pecuarista, ajudar neste planejamento, ver a melhor forma para ele escoar a produção dele”, ponderou Vieira.

O meteorologista, mestre e doutor pela USP Marcelo Schneider, coordenador do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), órgão vinculado ao Mapa, contribuiu com um resumo da previsão do tempo para a localidade. “Região que teve e terá bastante chuva ainda nos próximos dias. […] A tendência é que até a próxima quarta-feira (12/12), estas chuvas fiquem ao Norte do MT e continuem entre o Amazonas e o Pará. […] Na região de Juína e Juara, a chuva nesta próxima semana deve passar dos 100 mm”, resumiu

Veja as informações completas no vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Embora as chuvas prejudiquem as condições das estradas de terra, união de esforços entres unidades da indústria diminui problemas com o transporte

Previsão é que precipitações se desloquem nos próximos dias para o Norte de SP e MG, chegando ao Semiárido e Centro-Oeste

Gestão de cadastros de propriedades rurais evita problemas em situações como transações imobiliárias, bancárias, ambientais e também possíveis sanções de órgãos do governo

Lote de novilhas meio-sangue para o Protocolo 1953 pesou 18,4@ por animal em média e marcou 100% Verde no Farol da Qualidade

Fazendas nos estados de Rondônia e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Teste foi feito em área com lotação média de 10 UA/ha ao longo de dois anos; conclusão é de que não há interferência na fertilidade do solo que prejudique a produção de grãos

Previsão é que precipitações se desloquem nos próximos dias para o Norte de SP e MG, chegando ao Semiárido e Centro-Oeste

Embora as chuvas prejudiquem as condições das estradas de terra, união de esforços entres unidades da indústria diminui problemas com o transporte

Lote de novilhas meio-sangue para o Protocolo 1953 pesou 18,4@ por animal em média e marcou 100% Verde no Farol da Qualidade

Pecuarista deve fazer download do Termo de Adesão e entregar assinado aos compradores de gado das unidades da indústria; veja como tirar suas dúvidas sobre o processo

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE