Protocolos premiam pecuaristas e sinalizam preferências do mercado por carne de animais jovens

17 abril 2019
primeiro-abate-1953-friboi-mozarlandia-goias

Em entrevista concedida ao Giro do Boi desta quarta, 17, o gerente regional de originação da Friboi para os estados de Goiás e Bahia, Hélio Gomes, destacou a participação de pecuaristas nos principais protocolos de remuneração para a entrega de animais de qualidade, como o 1953, o Nelore Natural e o Sinal Verde.

Para Gomes, os protocolos premiam os produtores de carne de padrão superior ao passo que sinaliza importantes preferências do mercado doméstico e externo também. “Eu quero falar ao pecuarista do zelo, do capricho que nós temos que ter para atender os nossos mercados. Para se preocupar em abater seu gado mais jovem. Hoje, para atender todo e qualquer tipo de mercado, como o de exportação, o boi tem que morrer com até 30 meses de idade, ou 4 dentes (incisivos permanentes). Esse gado mais velho, que a gente não está deixando de abater, fica restrito a outros mercados”, explicou o gerente, reforçando a dificuldade na captura de valor pela carne de animais erados.

Gomes aproveitou para agradecer os pecuaristas que participaram do abate inaugural do Protocolo 1953 na unidade de Mozarlândia-GO:

– Fazenda Floresta, da JBJ Agropecuária LTDA, em Nazário-GO;
– Fazenda São Sebastião, de Mariana Quintino Villela de Carvalho, em Jussara-GO;
– Fazenda Vista Alegre, de José Francisco Ferreira de Sena, em Porangatu-GO;
– Fazenda Nossa Senhora Aparecida, de Célio José Simões de Lima, em Crixás-GO;
– Fazenda Piratininga, da Nova Piratininga Emp. Participações, em São Miguel do Araguaia-GO.

O próximo abate no Protocolo 1953 está previsto para o dia 14 de maio.

Já o protocolo Nelore Natural está disponível para associados da ACNB todas as unidades Friboi, incluindo nos estados de Goiás e Bahia. Ainda neste ano, a regional irá receber três etapas do Circuito Nelore Natural, com as seguintes datas e locais:

– 13 e 14 de agosto em Mozarlândia-GO;
– 1º e 02 de outubro Goiânia-GO;
– 05 e 06 de novembro em Itapetinga-BA.

O gerente ilustrou o engajamentos dos produtores do novo protocolo feito em parceria com a ACNB com visita ao Confinamento MP, do pecuarista Mário Pinto, que abateu recentemente novilhas Nelore com 18 meses de idade. “Essa é a colaboração que o Nelore tem dado à pecuária brasileira”, disse Mário Pinto.

Veja a participação completa de Hélio Gomes no Giro do Boi pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque do dia 23 de abril de 2019

Fazenda nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Cenário internacional é favorável para a pecuária brasileira, mas produtor deve estar atento à disputa entre China e EUA

Com os preços dos grãos atrativos e o aumento da demanda mundial por carnes, produtores brasileiros têm boas perspectivas para o mercado em 2019

Confira as fazendas em destaque do dia 22 de abril de 2019

Fazenda nos estados de São Paulo, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Definidos os dois primeiros lotes para a votação do melhor de abril

Lote de novilhas Nelore e outro de fêmeas tricross (Nelore, Angus e Wagyu) seguirão para a eleição no final do mês

Protocolos premiam pecuaristas e sinalizam preferências do mercado por carne de animais jovens

17 abril 2019
primeiro-abate-1953-friboi-mozarlandia-goias

Em entrevista concedida ao Giro do Boi desta quarta, 17, o gerente regional de originação da Friboi para os estados de Goiás e Bahia, Hélio Gomes, destacou a participação de pecuaristas nos principais protocolos de remuneração para a entrega de animais de qualidade, como o 1953, o Nelore Natural e o Sinal Verde.

Para Gomes, os protocolos premiam os produtores de carne de padrão superior ao passo que sinaliza importantes preferências do mercado doméstico e externo também. “Eu quero falar ao pecuarista do zelo, do capricho que nós temos que ter para atender os nossos mercados. Para se preocupar em abater seu gado mais jovem. Hoje, para atender todo e qualquer tipo de mercado, como o de exportação, o boi tem que morrer com até 30 meses de idade, ou 4 dentes (incisivos permanentes). Esse gado mais velho, que a gente não está deixando de abater, fica restrito a outros mercados”, explicou o gerente, reforçando a dificuldade na captura de valor pela carne de animais erados.

Gomes aproveitou para agradecer os pecuaristas que participaram do abate inaugural do Protocolo 1953 na unidade de Mozarlândia-GO:

– Fazenda Floresta, da JBJ Agropecuária LTDA, em Nazário-GO;
– Fazenda São Sebastião, de Mariana Quintino Villela de Carvalho, em Jussara-GO;
– Fazenda Vista Alegre, de José Francisco Ferreira de Sena, em Porangatu-GO;
– Fazenda Nossa Senhora Aparecida, de Célio José Simões de Lima, em Crixás-GO;
– Fazenda Piratininga, da Nova Piratininga Emp. Participações, em São Miguel do Araguaia-GO.

O próximo abate no Protocolo 1953 está previsto para o dia 14 de maio.

Já o protocolo Nelore Natural está disponível para associados da ACNB todas as unidades Friboi, incluindo nos estados de Goiás e Bahia. Ainda neste ano, a regional irá receber três etapas do Circuito Nelore Natural, com as seguintes datas e locais:

– 13 e 14 de agosto em Mozarlândia-GO;
– 1º e 02 de outubro Goiânia-GO;
– 05 e 06 de novembro em Itapetinga-BA.

O gerente ilustrou o engajamentos dos produtores do novo protocolo feito em parceria com a ACNB com visita ao Confinamento MP, do pecuarista Mário Pinto, que abateu recentemente novilhas Nelore com 18 meses de idade. “Essa é a colaboração que o Nelore tem dado à pecuária brasileira”, disse Mário Pinto.

Veja a participação completa de Hélio Gomes no Giro do Boi pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Fazenda nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Com os preços dos grãos atrativos e o aumento da demanda mundial por carnes, produtores brasileiros têm boas perspectivas para o mercado em 2019

Fazenda nos estados de São Paulo, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Lote de novilhas Nelore e outro de fêmeas tricross (Nelore, Angus e Wagyu) seguirão para a eleição no final do mês

O presidente da Friboi no Brasil, Renato Costa, também disse que esta celebração do primeiro ano da marca de carnes 1953 atende às necessidades do consumidor que está cada vez mais exigente e esclarecido. “Ele sabe o que está levando para sua casa”, salientou, relembrando a importância do planejamento prévio pelos clientes/fornecedores, principalmente através de...

Expectativa de lucro pode variar de 2,8 a até 10,9@ por hectare, de acordo com exemplos reais de casos analisados pelo consultor Antônio Chaker

Expectativa de lucro pode variar de 2,8 a até 10,9@ por hectare, de acordo com exemplos reais de casos analisados pelo consultor Antônio Chaker

Queda de 15% no preço da soja diminui em 25% o lucro de fazenda que integra, enquanto o lucro de quem faz somente agricultura pode cair até 50%; veja cenário para o boi

Fazenda nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

O presidente da Friboi no Brasil, Renato Costa, também disse que esta celebração do primeiro ano da marca de carnes 1953 atende às necessidades do consumidor que está cada vez mais exigente e esclarecido. “Ele sabe o que está levando para sua casa”, salientou, relembrando a importância do planejamento prévio...

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE