Protocolos premiam pecuaristas e sinalizam preferências do mercado por carne de animais jovens

17 abril 2019
primeiro-abate-1953-friboi-mozarlandia-goias

Em entrevista concedida ao Giro do Boi desta quarta, 17, o gerente regional de originação da Friboi para os estados de Goiás e Bahia, Hélio Gomes, destacou a participação de pecuaristas nos principais protocolos de remuneração para a entrega de animais de qualidade, como o 1953, o Nelore Natural e o Sinal Verde.

Para Gomes, os protocolos premiam os produtores de carne de padrão superior ao passo que sinaliza importantes preferências do mercado doméstico e externo também. “Eu quero falar ao pecuarista do zelo, do capricho que nós temos que ter para atender os nossos mercados. Para se preocupar em abater seu gado mais jovem. Hoje, para atender todo e qualquer tipo de mercado, como o de exportação, o boi tem que morrer com até 30 meses de idade, ou 4 dentes (incisivos permanentes). Esse gado mais velho, que a gente não está deixando de abater, fica restrito a outros mercados”, explicou o gerente, reforçando a dificuldade na captura de valor pela carne de animais erados.

Gomes aproveitou para agradecer os pecuaristas que participaram do abate inaugural do Protocolo 1953 na unidade de Mozarlândia-GO:

– Fazenda Floresta, da JBJ Agropecuária LTDA, em Nazário-GO;
– Fazenda São Sebastião, de Mariana Quintino Villela de Carvalho, em Jussara-GO;
– Fazenda Vista Alegre, de José Francisco Ferreira de Sena, em Porangatu-GO;
– Fazenda Nossa Senhora Aparecida, de Célio José Simões de Lima, em Crixás-GO;
– Fazenda Piratininga, da Nova Piratininga Emp. Participações, em São Miguel do Araguaia-GO.

O próximo abate no Protocolo 1953 está previsto para o dia 14 de maio.

Já o protocolo Nelore Natural está disponível para associados da ACNB todas as unidades Friboi, incluindo nos estados de Goiás e Bahia. Ainda neste ano, a regional irá receber três etapas do Circuito Nelore Natural, com as seguintes datas e locais:

– 13 e 14 de agosto em Mozarlândia-GO;
– 1º e 02 de outubro Goiânia-GO;
– 05 e 06 de novembro em Itapetinga-BA.

O gerente ilustrou o engajamentos dos produtores do novo protocolo feito em parceria com a ACNB com visita ao Confinamento MP, do pecuarista Mário Pinto, que abateu recentemente novilhas Nelore com 18 meses de idade. “Essa é a colaboração que o Nelore tem dado à pecuária brasileira”, disse Mário Pinto.

Veja a participação completa de Hélio Gomes no Giro do Boi pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Veja imagens do Dia de Campo da Fazenda Barra, em Cassilândia-MS

Propriedade é referência na terminação de animais cruzados, em que aproveita a valorização da arroba pelo Protocolo 1953

Confira as fazendas em destaque do dia 15 de julho de 2019

Fazendas localizadas em Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Com desembolso somente após abate, boitel em SP oferece 4 modelos de negócios a pecuaristas

Unidade no município de Castilho atende criadores com propriedades em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais

Aplicativo ajuda no cálculo do custo de produção e margem de ganho

Software foi desenvolvido no formato de planilha de Excel e lançado em 2017; pesquisador da Embrapa dá dicas de preenchimento correto dos dados para gerar resultados mais precisos

Protocolos premiam pecuaristas e sinalizam preferências do mercado por carne de animais jovens

17 abril 2019
primeiro-abate-1953-friboi-mozarlandia-goias

Em entrevista concedida ao Giro do Boi desta quarta, 17, o gerente regional de originação da Friboi para os estados de Goiás e Bahia, Hélio Gomes, destacou a participação de pecuaristas nos principais protocolos de remuneração para a entrega de animais de qualidade, como o 1953, o Nelore Natural e o Sinal Verde.

Para Gomes, os protocolos premiam os produtores de carne de padrão superior ao passo que sinaliza importantes preferências do mercado doméstico e externo também. “Eu quero falar ao pecuarista do zelo, do capricho que nós temos que ter para atender os nossos mercados. Para se preocupar em abater seu gado mais jovem. Hoje, para atender todo e qualquer tipo de mercado, como o de exportação, o boi tem que morrer com até 30 meses de idade, ou 4 dentes (incisivos permanentes). Esse gado mais velho, que a gente não está deixando de abater, fica restrito a outros mercados”, explicou o gerente, reforçando a dificuldade na captura de valor pela carne de animais erados.

Gomes aproveitou para agradecer os pecuaristas que participaram do abate inaugural do Protocolo 1953 na unidade de Mozarlândia-GO:

– Fazenda Floresta, da JBJ Agropecuária LTDA, em Nazário-GO;
– Fazenda São Sebastião, de Mariana Quintino Villela de Carvalho, em Jussara-GO;
– Fazenda Vista Alegre, de José Francisco Ferreira de Sena, em Porangatu-GO;
– Fazenda Nossa Senhora Aparecida, de Célio José Simões de Lima, em Crixás-GO;
– Fazenda Piratininga, da Nova Piratininga Emp. Participações, em São Miguel do Araguaia-GO.

O próximo abate no Protocolo 1953 está previsto para o dia 14 de maio.

Já o protocolo Nelore Natural está disponível para associados da ACNB todas as unidades Friboi, incluindo nos estados de Goiás e Bahia. Ainda neste ano, a regional irá receber três etapas do Circuito Nelore Natural, com as seguintes datas e locais:

– 13 e 14 de agosto em Mozarlândia-GO;
– 1º e 02 de outubro Goiânia-GO;
– 05 e 06 de novembro em Itapetinga-BA.

O gerente ilustrou o engajamentos dos produtores do novo protocolo feito em parceria com a ACNB com visita ao Confinamento MP, do pecuarista Mário Pinto, que abateu recentemente novilhas Nelore com 18 meses de idade. “Essa é a colaboração que o Nelore tem dado à pecuária brasileira”, disse Mário Pinto.

Veja a participação completa de Hélio Gomes no Giro do Boi pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Propriedade é referência na terminação de animais cruzados, em que aproveita a valorização da arroba pelo Protocolo 1953

Fazendas localizadas em Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Unidade no município de Castilho atende criadores com propriedades em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais

Software foi desenvolvido no formato de planilha de Excel e lançado em 2017; pesquisador da Embrapa dá dicas de preenchimento correto dos dados para gerar resultados mais precisos

Frente fria vai embora e temperatura deve subir em estados do Centro-Oeste, Norte e Sudeste do Brasil, com máximas que podem chegar aos 35º C

Animais abatidos no Protocolo 1953 foram enviados por fazenda localizada no município de Cáceres, estado do Mato Grosso

Software foi desenvolvido no formato de planilha de Excel e lançado em 2017; pesquisador da Embrapa dá dicas de preenchimento correto dos dados para gerar resultados mais precisos

Propriedade é referência na terminação de animais cruzados, em que aproveita a valorização da arroba pelo Protocolo 1953

Gerente do Rabobank Brasil aponta as duas primeiras medidas para o produtor transformar sua fazenda em uma empresa rural

Fazendas localizadas em Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE