Bem-estar animal: oito ações para abolir da rotina do curral

25 abril 2019
bem-estar-animal-respeito-pratico-segunda-fase-campanha-friboi

A Friboi está lançando a segunda fase da campanha “Bem-estar animal: eu respeito e pratico” com o objetivo de conscientizar pecuaristas sobre a importância das boas práticas de manejo tanto pelo ponto de vista ético, como para garantir segurança aos colaboradores das fazendas de gado de corte e também um produto de melhor qualidade. Segundo o vídeo divulgado pela companhia, o bem-estar animal reduz perdas de produtividade, melhora a qualidade da carne e, por isso, amplia suas possibilidades comerciais.

A campanha destaca a importância de eliminar algumas práticas comuns na rotina do curral, como as que seguem:

1 – Evitar movimentações e distrações no entorno do curral durante o manejo, incluindo pessoas, veículos e outros animais;
2 – Evitar superlotação curral, não mantendo os animais presos por longo período;
3 – Não deixar o bovino isolado de seu grupo por muito tempo;
4 – Não permitir o pisoteio do animal, que, ao cair, deve ter suporte para se levantar imediatamente;
5 – Evitar sons estridentes, como batidas de porteiras metálicas, além de nunca fechar ou jogar a porteira em direção dos bovinos;
6 – Nunca utilizar as bandeiras brancas para agredir o animal;
7 – Evitar o uso do bastão elétrico ou da vara com ferrão na ponta;
8 – Ter sempre em mente que, no manejo do gado, devagar é mais rápido: os tratos devem ser feitos sem correria, gritaria e agressões.

Nas unidades Friboi em todo o país kits serão distribuídos para reforçar as boas práticas, incluindo pôsteres com os conceitos básicos de bem-estar animal para serem fixados nos currais, livretos didáticos sobre boas práticas de manejo (faça o download aqui) e bandeiras brancas para manejar os animais. Para ter o kit em mãos, basta o pecuarista fornecedor da companhia dirigir-se até a unidade mais próxima e acionar a equipe de originação.

Veja os detalhes pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Todo imóvel rural precisa ter uma área de reserva legal?

No quadro Direito Agrário desta terça-feira, 17, o advogado Pedro Puttini Mendes, especialista em direito ambiental, falou sobre uma dúvida frequente e recorrente do produtor

O que é verdadeiro e o que é fake news na hora de escolher um touro?

Com a chegada da temporada de leilões de touros no Brasil, as ofertas e opções são inúmeras. Mas será que tudo que se diz é verdade? Será que o reprodutor que cobrir a vacada vai resultar em bons bezerros para o criador?

Confira as fazendas em destaque do dia 17 de setembro de 2019

Originadores apresentaram lotes dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Confira as participações.

Unidade de Marabá-PA recebe mais uma etapa do Circuito Nelore de Qualidade 2019

O abate técnico reuniu cerca de 946 cabeças de 16 pecuaristas do estado. Os produtores irão concorrer para melhores lotes nas categorias machos e fêmeas,o resultado será divulgado ainda nesta semana.

Bem-estar animal: oito ações para abolir da rotina do curral

25 abril 2019
bem-estar-animal-respeito-pratico-segunda-fase-campanha-friboi

A Friboi está lançando a segunda fase da campanha “Bem-estar animal: eu respeito e pratico” com o objetivo de conscientizar pecuaristas sobre a importância das boas práticas de manejo tanto pelo ponto de vista ético, como para garantir segurança aos colaboradores das fazendas de gado de corte e também um produto de melhor qualidade. Segundo o vídeo divulgado pela companhia, o bem-estar animal reduz perdas de produtividade, melhora a qualidade da carne e, por isso, amplia suas possibilidades comerciais.

A campanha destaca a importância de eliminar algumas práticas comuns na rotina do curral, como as que seguem:

1 – Evitar movimentações e distrações no entorno do curral durante o manejo, incluindo pessoas, veículos e outros animais;
2 – Evitar superlotação curral, não mantendo os animais presos por longo período;
3 – Não deixar o bovino isolado de seu grupo por muito tempo;
4 – Não permitir o pisoteio do animal, que, ao cair, deve ter suporte para se levantar imediatamente;
5 – Evitar sons estridentes, como batidas de porteiras metálicas, além de nunca fechar ou jogar a porteira em direção dos bovinos;
6 – Nunca utilizar as bandeiras brancas para agredir o animal;
7 – Evitar o uso do bastão elétrico ou da vara com ferrão na ponta;
8 – Ter sempre em mente que, no manejo do gado, devagar é mais rápido: os tratos devem ser feitos sem correria, gritaria e agressões.

Nas unidades Friboi em todo o país kits serão distribuídos para reforçar as boas práticas, incluindo pôsteres com os conceitos básicos de bem-estar animal para serem fixados nos currais, livretos didáticos sobre boas práticas de manejo (faça o download aqui) e bandeiras brancas para manejar os animais. Para ter o kit em mãos, basta o pecuarista fornecedor da companhia dirigir-se até a unidade mais próxima e acionar a equipe de originação.

Veja os detalhes pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

No quadro Direito Agrário desta terça-feira, 17, o advogado Pedro Puttini Mendes, especialista em direito ambiental, falou sobre uma dúvida frequente e recorrente do produtor

Com a chegada da temporada de leilões de touros no Brasil, as ofertas e opções são inúmeras. Mas será que tudo que se diz é verdade? Será que o reprodutor que cobrir a vacada vai resultar em bons bezerros para o criador?

Originadores apresentaram lotes dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Confira as participações.

O abate técnico reuniu cerca de 946 cabeças de 16 pecuaristas do estado. Os produtores irão concorrer para melhores lotes nas categorias machos e fêmeas,o resultado será divulgado ainda nesta semana.

Ao completar 35 anos de existência, o Programa de Melhoramento Genético, começa a ganhar as regiões de pecuária do Brasil. Dessa vez, a capital do Acre, Rio Branco, vai receber nesta semana (18 e 19/09) uma “bateria” de palestras e dinâmicas sobre a importância da genética de ponta para o aumento de produtividade das fazendas.

A maior expedição técnica privada sobre a pecuária de corte no Brasil, apontou ainda crescimento de 25% na produtividade dos amostrados, totalizando 310 propriedades visitadas de 10 estados e 128 municípios. As sete equipes que saíram a campo percorreram 50 mil quilômetros nesta edição do Rally.

No quadro Direito Agrário desta terça-feira, 17, o advogado Pedro Puttini Mendes, especialista em direito ambiental, falou sobre uma dúvida frequente e recorrente do produtor

O Instituto Nacional de Meteorologia, INMET, trouxe uma boa notícia para a agropecuária das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Norte do país. Embora não seja de forte intensidade, a partir do dia 20 de setembro, estados como São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia receberão...

Fazenda Figueira, do município de Paranapanema, interior do estado de São Paulo, foi um dos destaques desta sexta-feira, no Giro do Boi, onde os originadores apresentam os bons modelos de produção e os valores da @ em cada unidade que participa do quadro Giro pelo Brasil.

Originadores apresentaram lotes dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Confira as participações.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE