90% dos casos de verminoses não apresentam sintomas, alerta médico veterinário

10 dezembro 2018
10-12- BOEHRINGHER

Cerca de 90% das verminoses que acometem gado de corte são subclínicas, advertiu nesta segunda, 10, ao Giro do Boi o médico veterinário Leandro Silva, gestor de demanda da Boehringer Saúde Animal para Uruguaiana e região no estado do Rio Grande do Sul.

“Temos um grande problema, muito sério nesta época do ano que vem se agravando, que são as infestações de parasitas internos. Muitas vezes o produtor não está enxergando porque 90% dos problemas com verminoses são internos, são subclínicos”, confirmou. Entre os 10% restantes que chegam à percepção do pecuarista, os sintomas mais comuns são edema de glote, prostração e pêlo arrepiado.

“E tem uma queda de desempenho silenciosa. Ao final pode vir a se agravar em quilo de animal na desmama, baixa taxa de prenhez nas novilhas com dois anos, porque as verminoses são muito fortes em animais até dois anos”, reforçou. Por isso, o veterinário destacou a importância de fazer a prevenção do problema já na primeira fase de vida, introduzindo um protocolo sanitário a partir dos dois meses de idade para não haver impacto com verminoses na desmama e nas demais fases de produção.

Silva também comentou a precaução à infestação de parasitas externos, como os carrapatos. Além da queda de produtividade, os bovinos podem ser infectados pela tristeza parasitária por meio da saliva do ectoparasita. “Febre muito alta. Aqui para o Rio Grande do Sul é um dos principais sinais da tristeza, a febre é sempre forte, e o animal busca por baixar a temperatura, mas ele está fraco”, alarmou o especialista, afirmando que a doença pode até levar a óbito.

Veja no vídeo abaixo as informações completas na entrevista com Leandro Silva:

VEJA TAMBÉM

Exigência aumenta e indústria da carne reforça ações dedicadas ao bem-estar

Além do ponto de vista ético, tratamento adequado aos animais melhora a qualidade do produto; veja as principais ações dedicadas ao bem-estar e faça download de publicações atualizadas sobre o tema

Confira as fazendas em destaque do dia 16 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Manual de Boas Práticas de Manejo – Bovinos de Corte

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Oxigênio da pecuária é margem, não o preço da arroba, destaca analista

Intensificando a gestão, pecuarista pode ganhar dinheiro em ciclos de alta e de baixa, afirmou consultor Rodrigo Albuquerque, editor do Notícias do Front

90% dos casos de verminoses não apresentam sintomas, alerta médico veterinário

10 dezembro 2018
10-12- BOEHRINGHER

Cerca de 90% das verminoses que acometem gado de corte são subclínicas, advertiu nesta segunda, 10, ao Giro do Boi o médico veterinário Leandro Silva, gestor de demanda da Boehringer Saúde Animal para Uruguaiana e região no estado do Rio Grande do Sul.

“Temos um grande problema, muito sério nesta época do ano que vem se agravando, que são as infestações de parasitas internos. Muitas vezes o produtor não está enxergando porque 90% dos problemas com verminoses são internos, são subclínicos”, confirmou. Entre os 10% restantes que chegam à percepção do pecuarista, os sintomas mais comuns são edema de glote, prostração e pêlo arrepiado.

“E tem uma queda de desempenho silenciosa. Ao final pode vir a se agravar em quilo de animal na desmama, baixa taxa de prenhez nas novilhas com dois anos, porque as verminoses são muito fortes em animais até dois anos”, reforçou. Por isso, o veterinário destacou a importância de fazer a prevenção do problema já na primeira fase de vida, introduzindo um protocolo sanitário a partir dos dois meses de idade para não haver impacto com verminoses na desmama e nas demais fases de produção.

Silva também comentou a precaução à infestação de parasitas externos, como os carrapatos. Além da queda de produtividade, os bovinos podem ser infectados pela tristeza parasitária por meio da saliva do ectoparasita. “Febre muito alta. Aqui para o Rio Grande do Sul é um dos principais sinais da tristeza, a febre é sempre forte, e o animal busca por baixar a temperatura, mas ele está fraco”, alarmou o especialista, afirmando que a doença pode até levar a óbito.

Veja no vídeo abaixo as informações completas na entrevista com Leandro Silva:

VEJA TAMBÉM

Além do ponto de vista ético, tratamento adequado aos animais melhora a qualidade do produto; veja as principais ações dedicadas ao bem-estar e faça download de publicações atualizadas sobre o tema

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Intensificando a gestão, pecuarista pode ganhar dinheiro em ciclos de alta e de baixa, afirmou consultor Rodrigo Albuquerque, editor do Notícias do Front

Fazendas nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Diretor do Qualitas Melhoramento Genético afirma que ganho de peso deve ser de ao menos 675 g por dia para alcançar o resultado

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Pecuarista deve fazer download do Termo de Adesão e entregar assinado aos compradores de gado das unidades da indústria; veja como tirar suas dúvidas sobre o processo

Diretor do Qualitas Melhoramento Genético afirma que ganho de peso deve ser de ao menos 675 g por dia para alcançar o resultado

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE