90% dos casos de verminoses não apresentam sintomas, alerta médico veterinário

10 dezembro 2018
10-12- BOEHRINGHER

Cerca de 90% das verminoses que acometem gado de corte são subclínicas, advertiu nesta segunda, 10, ao Giro do Boi o médico veterinário Leandro Silva, gestor de demanda da Boehringer Saúde Animal para Uruguaiana e região no estado do Rio Grande do Sul.

“Temos um grande problema, muito sério nesta época do ano que vem se agravando, que são as infestações de parasitas internos. Muitas vezes o produtor não está enxergando porque 90% dos problemas com verminoses são internos, são subclínicos”, confirmou. Entre os 10% restantes que chegam à percepção do pecuarista, os sintomas mais comuns são edema de glote, prostração e pêlo arrepiado.

“E tem uma queda de desempenho silenciosa. Ao final pode vir a se agravar em quilo de animal na desmama, baixa taxa de prenhez nas novilhas com dois anos, porque as verminoses são muito fortes em animais até dois anos”, reforçou. Por isso, o veterinário destacou a importância de fazer a prevenção do problema já na primeira fase de vida, introduzindo um protocolo sanitário a partir dos dois meses de idade para não haver impacto com verminoses na desmama e nas demais fases de produção.

Silva também comentou a precaução à infestação de parasitas externos, como os carrapatos. Além da queda de produtividade, os bovinos podem ser infectados pela tristeza parasitária por meio da saliva do ectoparasita. “Febre muito alta. Aqui para o Rio Grande do Sul é um dos principais sinais da tristeza, a febre é sempre forte, e o animal busca por baixar a temperatura, mas ele está fraco”, alarmou o especialista, afirmando que a doença pode até levar a óbito.

Veja no vídeo abaixo as informações completas na entrevista com Leandro Silva:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque desta quinta-feira, 19 de setembro

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

Pecuarista mineiro produz 28 @/ha/ano e quer dobrar produtividade

Um exemplo vindo de uma família de pecuaristas de Minas Gerais, região do pontal do triângulo mineiro, prova que a produção de carne pode ser até mais rentável e segura que a agricultura. Enquanto que a média brasileira de produtividade na pecuária gira em torno de 4@/ha/ano, o jovem engenheiro agrônomo, quinta geração de pecuaristas,...

MS continua sendo destaque no Programa Nelore Natural

A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por...

Confinamento de Lucas do Rio Verde, MT, fomenta o “boi das águas”

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

90% dos casos de verminoses não apresentam sintomas, alerta médico veterinário

10 dezembro 2018
10-12- BOEHRINGHER

Cerca de 90% das verminoses que acometem gado de corte são subclínicas, advertiu nesta segunda, 10, ao Giro do Boi o médico veterinário Leandro Silva, gestor de demanda da Boehringer Saúde Animal para Uruguaiana e região no estado do Rio Grande do Sul.

“Temos um grande problema, muito sério nesta época do ano que vem se agravando, que são as infestações de parasitas internos. Muitas vezes o produtor não está enxergando porque 90% dos problemas com verminoses são internos, são subclínicos”, confirmou. Entre os 10% restantes que chegam à percepção do pecuarista, os sintomas mais comuns são edema de glote, prostração e pêlo arrepiado.

“E tem uma queda de desempenho silenciosa. Ao final pode vir a se agravar em quilo de animal na desmama, baixa taxa de prenhez nas novilhas com dois anos, porque as verminoses são muito fortes em animais até dois anos”, reforçou. Por isso, o veterinário destacou a importância de fazer a prevenção do problema já na primeira fase de vida, introduzindo um protocolo sanitário a partir dos dois meses de idade para não haver impacto com verminoses na desmama e nas demais fases de produção.

Silva também comentou a precaução à infestação de parasitas externos, como os carrapatos. Além da queda de produtividade, os bovinos podem ser infectados pela tristeza parasitária por meio da saliva do ectoparasita. “Febre muito alta. Aqui para o Rio Grande do Sul é um dos principais sinais da tristeza, a febre é sempre forte, e o animal busca por baixar a temperatura, mas ele está fraco”, alarmou o especialista, afirmando que a doença pode até levar a óbito.

Veja no vídeo abaixo as informações completas na entrevista com Leandro Silva:

VEJA TAMBÉM

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

Um exemplo vindo de uma família de pecuaristas de Minas Gerais, região do pontal do triângulo mineiro, prova que a produção de carne pode ser até mais rentável e segura que a agricultura. Enquanto que a média brasileira de produtividade na pecuária gira em torno de 4@/ha/ano, o jovem engenheiro agrônomo, quinta geração de pecuaristas,...

A ACNB comemora o melhor ano do programa em mais de 20 de existência. Foi o que destacou no Giro do Boi desta quarta-feira, 19, o gerente regional de Originação – Leste MS, Sérgio Gonçalves. Segundo ele, o estado continua se mantendo na liderança do Circuito Nelore de Qualidade e no Protocolo Nelore Natural, por...

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

O 3º Congresso Nacional de Direito Agrário, que aconteceu recentemente em São Paulo, foi o tema principal do Programa Giro do Boi desta quarta-feira, 18. O evento, que reuniu juristas e profissionais do agro brasileiro, debateu vários assuntos relacionados ao agronegócio entre eles os desafios do setor, a agenda ambiental e as transformações pelas quais...

Na manhã desta quarta-feira, os lotes do Acre e Mato Grosso foram os destaques no Giro do Boi.

No Giro pelos Confinamentos desta quarta-feira, 19, o gerente do Confinamento JBS de Lucas do Rio Verde, MT, Helder Pureza, trouxe uma excelente notícia para os confinadores do estado que firmaram parceria no último giro de cocho de 2019.

GIRO INSPIRAÇÃO

Que jogue a primeira pedra aquele que nunca reclamou de seus problemas. No Giro Inspiração desta quinta-feira, 19, a palestrante motivacional Helda Elaine trouxe mais detalhes dessas barreiras indesejadas que a vida pessoal e profissional podem oferecer

Fazenda Figueira, do município de Paranapanema, interior do estado de São Paulo, foi um dos destaques desta sexta-feira, no Giro do Boi, onde os originadores apresentam os bons modelos de produção e os valores da @ em cada unidade que participa do quadro Giro pelo Brasil.

São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram os estados que apresentaram os bois de qualidade na manhã desta quinta-feira, 19.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE