Análises laboratoriais de solo e pastagem podem determinar volume ideal de suplementação

02 outubro 2018
teka 2

Você sabe para que servem as análises laboratoriais de solo e pastagem? Com os dados em mãos, o pecuarista tem a certeza de quais nutrientes o gado está ingerindo, qual deve ser a suplementação na época da seca para aquela determinada região e como ele pode adubar sua pastagem de modo a diminuir a necessidade de suplementação na entressafra, baixando os custos de produção.

Quem trouxe as informações sobre este assunto ao Giro Tecnológico desta terça, 02, foi Teka Vendramini, pecuarista e diretora da Sociedade Rural Brasileira (SRB). Ela conversou com um dos agrônomos responsáveis pela coleta de amostras de solo e pastagens do Rally da Pecuária 2018, que afirmou que o objetivo desta operação é, por meio do resultado recebido, mostrar ao produtor nas oficinas e palestras a importância de deixar o pasto bem adubado, com todos os nutrientes, diminuindo a necessidade de alimentação em cocho.

A conversa foi em uma propriedade visitada pelo Rally da Pecuária próxima à cidade de Ouro Preto d’Oeste, em Rondônia. Veja mais informações no G-Tec completo no vídeo a seguir:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque do dia 20 de novembro de 2019

Fazendas localizadas no Mato Grosso do Sul e Minas Gerais foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Giro do Dia: curral da unidade de Mozarlândia em dia de abate 1953

Veja imagens do lote de novilhas meio-sangue Angus da Fazenda São Luiz, em Santa Tereza-GO, que marcou 98% Verde no Farol da Qualidade

Degradação do pasto custou mais de R$ 15 por arroba para o pecuarista em 2018

Agrônomo Maurício Nogueira falou em entrevista sobre como investir da maneira certa no momento de alta e os impactos das mentiras sobre a sustentabilidade do setor

Quais consequências o produtor pode sofrer pelos erros na declaração do ITR?

Declaração para o imposto venceu em setembro, mas os problemas começam depois do fim do prazo; confira as dicas do consultor jurídico

Análises laboratoriais de solo e pastagem podem determinar volume ideal de suplementação

02 outubro 2018
teka 2

Você sabe para que servem as análises laboratoriais de solo e pastagem? Com os dados em mãos, o pecuarista tem a certeza de quais nutrientes o gado está ingerindo, qual deve ser a suplementação na época da seca para aquela determinada região e como ele pode adubar sua pastagem de modo a diminuir a necessidade de suplementação na entressafra, baixando os custos de produção.

Quem trouxe as informações sobre este assunto ao Giro Tecnológico desta terça, 02, foi Teka Vendramini, pecuarista e diretora da Sociedade Rural Brasileira (SRB). Ela conversou com um dos agrônomos responsáveis pela coleta de amostras de solo e pastagens do Rally da Pecuária 2018, que afirmou que o objetivo desta operação é, por meio do resultado recebido, mostrar ao produtor nas oficinas e palestras a importância de deixar o pasto bem adubado, com todos os nutrientes, diminuindo a necessidade de alimentação em cocho.

A conversa foi em uma propriedade visitada pelo Rally da Pecuária próxima à cidade de Ouro Preto d’Oeste, em Rondônia. Veja mais informações no G-Tec completo no vídeo a seguir:

VEJA TAMBÉM

Fazendas localizadas no Mato Grosso do Sul e Minas Gerais foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Veja imagens do lote de novilhas meio-sangue Angus da Fazenda São Luiz, em Santa Tereza-GO, que marcou 98% Verde no Farol da Qualidade

Agrônomo Maurício Nogueira falou em entrevista sobre como investir da maneira certa no momento de alta e os impactos das mentiras sobre a sustentabilidade do setor

Declaração para o imposto venceu em setembro, mas os problemas começam depois do fim do prazo; confira as dicas do consultor jurídico

Em entrevista ao Giro do Boi, diretora da CME Group para a América Latina dá dicas para produtor diminuir riscos do seu negócio

Conheça a história de Elias Madureira, que chegou em RO como contador em 1985, transformou-se em pecuarista nos anos 90 e fez da Fazenda Veneno no Olhar uma referência para a região

Cuidar das forrageiras é essencial para fazendas de pecuária a pasto, mas existe um fator limitante para o sucesso do produtor; saiba qual é

Em entrevista ao Giro do Boi, diretora da CME Group para a América Latina dá dicas para produtor diminuir riscos do seu negócio

Conheça a história de Elias Madureira, que chegou em RO como contador em 1985, transformou-se em pecuarista nos anos 90 e fez da Fazenda Veneno no Olhar uma referência para a região

Em entrevista ao Giro do Boi, Bruno Brainer, gerente de originação da Friboi para Rondônia e Acre, falou sobre parceria com produtor em 2019 e evolução da pecuária na região

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE