Animais livres de carrapatos ganham até 40 kg a mais de peso

02 fevereiro 2018
02-02 - CESAR BOEHRINGHER

No quadro Giro pelo Brasil nesta sexta, 02, o coordenador de vendas da Boehringer Saúde Animal, César Arruda, detalhou uma pesquisa feita pela Fepagro-RS, a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Sul, sobre incidência de carrapatos em bovinos.

Segundo Arruda, em um experimento feito durante a temporada Primavera-Verão no Pampa de São Gabriel-RS, que analisou o ganho de peso ao longo de 26 semanas de dois lotes de bois Angus a pasto, o grupo livre de carrapato, tratado com acaricida de efeito positivamente reconhecido, apresentou ganho de 110 kg por cabeça. Já os animais do grupo controle, sem tratamento, ganharam 70 quilos cada, concluindo para uma diferença de ganho de 40 quilos por cabeça.

+ Veterinário dá dicas para controlar e evitar a resistência do carrapato

“O Rio Grande do Sul se tornou a região com o maior índice de resistência aos carrapaticidas hoje disponíveis no mercado. Isso torna o combate ao carrapato um desafio muito maior”, alertou Arruda. No entanto, o desenvolvimento de um protocolo sanitário adequado é o suficiente para combater o problema, desde que seja seguido à risca.

Veja as recomendações completas pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Conheça os primeiros lotes classificados para a disputa de melhor de julho

Lotes de novilhas – Nelore e meio-sangue Angus – vieram de fazendas localizadas no estado de São Paulo, das cidades de Oriente e Marília

Formação correta de lotes para embarque é saudável para o animal e para o bolso do pecuarista

Não misturar categorias e homogeneizar o peso dos bovinos a serem transportados respeita o bem-estar e reduz o custo do pecuarista com o frete

Confira as fazendas em destaque do dia 19 de julho de 2019

Fazendas localizadas em São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

8 passos para inserir sua fazenda na Lista Trace

Em todo o Brasil são cerca de 1.700 propriedades rurais habilitadas a exportar carne bovina para a União Europeia, reunindo um rebanho total de aproximadamente 4,5 milhões de cabeças

Animais livres de carrapatos ganham até 40 kg a mais de peso

02 fevereiro 2018
02-02 - CESAR BOEHRINGHER

No quadro Giro pelo Brasil nesta sexta, 02, o coordenador de vendas da Boehringer Saúde Animal, César Arruda, detalhou uma pesquisa feita pela Fepagro-RS, a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Sul, sobre incidência de carrapatos em bovinos.

Segundo Arruda, em um experimento feito durante a temporada Primavera-Verão no Pampa de São Gabriel-RS, que analisou o ganho de peso ao longo de 26 semanas de dois lotes de bois Angus a pasto, o grupo livre de carrapato, tratado com acaricida de efeito positivamente reconhecido, apresentou ganho de 110 kg por cabeça. Já os animais do grupo controle, sem tratamento, ganharam 70 quilos cada, concluindo para uma diferença de ganho de 40 quilos por cabeça.

+ Veterinário dá dicas para controlar e evitar a resistência do carrapato

“O Rio Grande do Sul se tornou a região com o maior índice de resistência aos carrapaticidas hoje disponíveis no mercado. Isso torna o combate ao carrapato um desafio muito maior”, alertou Arruda. No entanto, o desenvolvimento de um protocolo sanitário adequado é o suficiente para combater o problema, desde que seja seguido à risca.

Veja as recomendações completas pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Lotes de novilhas – Nelore e meio-sangue Angus – vieram de fazendas localizadas no estado de São Paulo, das cidades de Oriente e Marília

Não misturar categorias e homogeneizar o peso dos bovinos a serem transportados respeita o bem-estar e reduz o custo do pecuarista com o frete

Fazendas localizadas em São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Em todo o Brasil são cerca de 1.700 propriedades rurais habilitadas a exportar carne bovina para a União Europeia, reunindo um rebanho total de aproximadamente 4,5 milhões de cabeças

Especialista recomenda o uso de tecnologias de controle no início das águas para reduzir custo com produtos e também para aumentar produtividade das pastagens o quanto antes

Disponibilidade de ingredientes enriquece a ração fornecida aos animais em cocho, que ganham, em média, 1,6 kg por dia

Não misturar categorias e homogeneizar o peso dos bovinos a serem transportados respeita o bem-estar e reduz o custo do pecuarista com o frete

Lotes de novilhas – Nelore e meio-sangue Angus – vieram de fazendas localizadas no estado de São Paulo, das cidades de Oriente e Marília

Especialista recomenda o uso de tecnologias de controle no início das águas para reduzir custo com produtos e também para aumentar produtividade das pastagens o quanto antes

Fazendas localizadas em São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE