Aumentam abates de gado no Protocolo 1953 em Mato Grosso

07 agosto 2019
12-06- PONTES E LACERDA (2)

O produtor mato-grossense está atento à evolução do mercado da carne de qualidade e pronto para atendê-lo. Nesta quarta, 07, o gerente de originação da Friboi para o oeste mato-grossense, Sonair Nogueira, confirmou o aumento dos abates nas indústrias da região de animais do Protocolo 1953, que foca na produção de carne premium por meio de novilhas e machos castrados precoces de cruzamentos com raças taurinas diversas.

“Nós vamos puxar Pontes e Lacerda também. Tem animais o suficiente. Diamantino vem na frente, nós vamos fazer três abates lá por semana, vamos abater 600 animais por semana, é algo novo para a gente, mas tem essa matéria prima e a gente está absorvendo da melhor forma possível”, pontuou Nogueira ao Giro do Boi desta quarta, 07.

Foi inclusive dentro do Protocolo 1953 que foi abatido o melhor lote do mês de junho, segundo votação popular pelo site do Giro do Boi. Foram novilhas meio-sangue Angus, abatidas com 17,2@ e 100% Verde no Farol da Qualidade que vieram da Fazenda Vitória, de Henriqueta Fátima do Amaral Corrêa, propriedade localizada em Cáceres-MT. O lote foi escolhido como melhor de junho por 64,5% dos votos. “São fazendeiros no dia a dia e em tudo que fazem, fazem com amor, com paixão. […] São exemplos de fazendeiros, de amigos, de pessoas. […] E o lote 1953, por meritocracia pelo que fazem, de fato venceu o melhor lote do mês”, parabenizou Sonair.

Veja a participação completa do gerente regional no programa desta quarta, 07:

VEJA TAMBÉM

Calor e tempo seco predominam sobre o Brasil Central nos próximos dias

Região já está há praticamente três meses sem chuvas; no Sul, chegada de frente fria traz geadas para o RS, SC e divisa do PR com SP

Vencedores da maior etapa do Circuito Nelore de Qualidade em 2019 são revelados

Etapa de Barra do Garças-MT, a 11ª do ano da série de abates da ACNB, reuniu 1.380 cabeças no feito no último dia 16

Três dicas para ganhar dinheiro com confinamento de gado de corte

Pesquisador da Embrapa afirma que pecuarista deve fugir das “receitas de bolo” para não perder oportunidades de buscar ingredientes alternativos no mercado

Novilhas recebem bônus superior a R$ 20 por arroba pela qualidade

Fêmeas cruzadas foram abatidas no Protocolo 1953 com peso médio de 15,8@ e marcaram 100% Verde no Farol da Qualidade

Aumentam abates de gado no Protocolo 1953 em Mato Grosso

07 agosto 2019
12-06- PONTES E LACERDA (2)

O produtor mato-grossense está atento à evolução do mercado da carne de qualidade e pronto para atendê-lo. Nesta quarta, 07, o gerente de originação da Friboi para o oeste mato-grossense, Sonair Nogueira, confirmou o aumento dos abates nas indústrias da região de animais do Protocolo 1953, que foca na produção de carne premium por meio de novilhas e machos castrados precoces de cruzamentos com raças taurinas diversas.

“Nós vamos puxar Pontes e Lacerda também. Tem animais o suficiente. Diamantino vem na frente, nós vamos fazer três abates lá por semana, vamos abater 600 animais por semana, é algo novo para a gente, mas tem essa matéria prima e a gente está absorvendo da melhor forma possível”, pontuou Nogueira ao Giro do Boi desta quarta, 07.

Foi inclusive dentro do Protocolo 1953 que foi abatido o melhor lote do mês de junho, segundo votação popular pelo site do Giro do Boi. Foram novilhas meio-sangue Angus, abatidas com 17,2@ e 100% Verde no Farol da Qualidade que vieram da Fazenda Vitória, de Henriqueta Fátima do Amaral Corrêa, propriedade localizada em Cáceres-MT. O lote foi escolhido como melhor de junho por 64,5% dos votos. “São fazendeiros no dia a dia e em tudo que fazem, fazem com amor, com paixão. […] São exemplos de fazendeiros, de amigos, de pessoas. […] E o lote 1953, por meritocracia pelo que fazem, de fato venceu o melhor lote do mês”, parabenizou Sonair.

Veja a participação completa do gerente regional no programa desta quarta, 07:

VEJA TAMBÉM

Região já está há praticamente três meses sem chuvas; no Sul, chegada de frente fria traz geadas para o RS, SC e divisa do PR com SP

Etapa de Barra do Garças-MT, a 11ª do ano da série de abates da ACNB, reuniu 1.380 cabeças no feito no último dia 16

Pesquisador da Embrapa afirma que pecuarista deve fugir das “receitas de bolo” para não perder oportunidades de buscar ingredientes alternativos no mercado

Fêmeas cruzadas foram abatidas no Protocolo 1953 com peso médio de 15,8@ e marcaram 100% Verde no Farol da Qualidade

Segundo zootecnista Antônio Chaker, o potencial de retorno financeiro da cria é de 35%; veja passo a passo para reverter o quadro

Fazendas localizadas em Tocantins, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Etapa de Barra do Garças-MT, a 11ª do ano da série de abates da ACNB, reuniu 1.380 cabeças no feito no último dia 16

Segundo zootecnista Antônio Chaker, o potencial de retorno financeiro da cria é de 35%; veja passo a passo para reverter o quadro

Fêmeas cruzadas foram abatidas no Protocolo 1953 com peso médio de 15,8@ e marcaram 100% Verde no Farol da Qualidade

Grupo de novilhas meio-sangue Angus de propriedade em Botucatu-SP marcou 100% Verde no Farol da Qualidade e segue para disputa de melhor do mês

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE