Chuvas contribuem para melhora do padrão de engorda de gado de corte em MS em 2018

05 dezembro 2018
qualidade-gado-de-corte-oeste-mato-grosso-do-sul-2018 (3)

Pecuaristas do Mato Grosso do Sul foram privilegiados em 2018, disse ao Giro do Boi desta quarta, 05, o gerente regional de originação da JBS para o Oeste do estado, Nelson dos Santos Jardim.

De acordo com ele, as chuvas começaram mais cedo e contribuíram para o desenvolvimento das pastagens, melhorando a qualidade da terminação dos animais e diminuindo a idade média de abate, destacou.

Jardim exemplificou a evolução dos abates do estado com dados de uma das unidades em Campo Grande, capital do MS, localizada na saída para Terenos-MS. Em 2017, a unidade abateu 32% dos animais no quadrante verde, ou padrão desejável, na matriz do Farol da Qualidade. A média de 2018, segundo Jardim, chega aos 40%. E no mês de novembro o volume de animais desejáveis pelo mercado consumidor atingiu 48%. “É de impressionar a evolução, a genética também melhorou demais e impactou na qualidade dos animais”, complementou.

Entre os exemplos de lotes que refletem tal melhoria, estiveram animais da Fazenda Bodoquena, em Miranda – MS, Fazenda Prosperidade, de Terenos-MS, Fazenda Poço Azul, de Coxim-MS, e Fazenda Santa Luzia, de Rio Negro-MS.

Confira os registros:

VEJA TAMBÉM

Exigência aumenta e indústria da carne reforça ações dedicadas ao bem-estar

Além do ponto de vista ético, tratamento adequado aos animais melhora a qualidade do produto; veja as principais ações dedicadas ao bem-estar e faça download de publicações atualizadas sobre o tema

Confira as fazendas em destaque do dia 16 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Manual de Boas Práticas de Manejo – Bovinos de Corte

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Oxigênio da pecuária é margem, não o preço da arroba, destaca analista

Intensificando a gestão, pecuarista pode ganhar dinheiro em ciclos de alta e de baixa, afirmou consultor Rodrigo Albuquerque, editor do Notícias do Front

Chuvas contribuem para melhora do padrão de engorda de gado de corte em MS em 2018

05 dezembro 2018
qualidade-gado-de-corte-oeste-mato-grosso-do-sul-2018 (3)

Pecuaristas do Mato Grosso do Sul foram privilegiados em 2018, disse ao Giro do Boi desta quarta, 05, o gerente regional de originação da JBS para o Oeste do estado, Nelson dos Santos Jardim.

De acordo com ele, as chuvas começaram mais cedo e contribuíram para o desenvolvimento das pastagens, melhorando a qualidade da terminação dos animais e diminuindo a idade média de abate, destacou.

Jardim exemplificou a evolução dos abates do estado com dados de uma das unidades em Campo Grande, capital do MS, localizada na saída para Terenos-MS. Em 2017, a unidade abateu 32% dos animais no quadrante verde, ou padrão desejável, na matriz do Farol da Qualidade. A média de 2018, segundo Jardim, chega aos 40%. E no mês de novembro o volume de animais desejáveis pelo mercado consumidor atingiu 48%. “É de impressionar a evolução, a genética também melhorou demais e impactou na qualidade dos animais”, complementou.

Entre os exemplos de lotes que refletem tal melhoria, estiveram animais da Fazenda Bodoquena, em Miranda – MS, Fazenda Prosperidade, de Terenos-MS, Fazenda Poço Azul, de Coxim-MS, e Fazenda Santa Luzia, de Rio Negro-MS.

Confira os registros:

VEJA TAMBÉM

Além do ponto de vista ético, tratamento adequado aos animais melhora a qualidade do produto; veja as principais ações dedicadas ao bem-estar e faça download de publicações atualizadas sobre o tema

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Intensificando a gestão, pecuarista pode ganhar dinheiro em ciclos de alta e de baixa, afirmou consultor Rodrigo Albuquerque, editor do Notícias do Front

Fazendas nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Diretor do Qualitas Melhoramento Genético afirma que ganho de peso deve ser de ao menos 675 g por dia para alcançar o resultado

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Pecuarista deve fazer download do Termo de Adesão e entregar assinado aos compradores de gado das unidades da indústria; veja como tirar suas dúvidas sobre o processo

Diretor do Qualitas Melhoramento Genético afirma que ganho de peso deve ser de ao menos 675 g por dia para alcançar o resultado

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE