Começa a temporada do “boi das águas”

07 outubro 2019
boi-das-aguas-temporada-confinamento-boitel

Nesta sexta, 04, o Giro do Boi exibiu registro do embarque de um lote de animais engordados no Confinamento JBS em Nova Canaã do Norte, região norte do estado de Mato Grosso. A ocasião marca o fim do primeiro ciclo de confinamento e o início a temporada do “boi das águas”, animais que são engordados no cocho em plena estação chuvosa.

Antes restrito à estação seca, quando as pastagens perdem sua capacidade de suporte, o confinamento se tornou uma ferramenta para toda obra dentro das fazendas que precisam da engorda intensiva como forma de manter sob controle os seus indicadores. “Podemos levar uma ferramenta de ponta, que é o confinamento. A gente usa o que tem de melhor em termos de tecnologia para o pequeno, médio e grande produtor”, avaliou o gerente do boitel do norte mato-grossense Thales Leite de Lucenas.

“O ano está muito bom, muito propício para o confinamento, a qualidade dos insumos está excelente, a qualidade da genética dos animais também está melhorando ano a ano. Tudo isso aliado ao manejo nosso, sempre visando bem-estar animal, aliado à produtividade da engorda em cocho, traz resultado”, acrescentou.

Assim como as demais unidades do Confinamento JBS em Terenos-MS, Castilho e Guaiçara-SP e Lucas do Rio Verde-MT, o boitel em Nova Canaã do Norte oferece ao produtor quatro modalidades de negócio: diária, parceria, arrobas engordadas, ração por quilo. Algumas das unidades oferecerão também bônus por arroba para os animais que forem abatidos entre os meses de janeiro a março. Mais Informações sobre o assunto podem ser solicitadas pelo e-mail confinamento@jbs.com.br.

Veja as informações completas:

VEJA TAMBÉM

Como transformar sua fazenda em uma máquina de colher bezerro – e dinheiro?

Segundo Benchmarking 2018-19, fazendas de cria mais rentáveis do Brasil tiveram margem sobre a venda de até 36,4% focando em gestão de custos e produtividade

Confira as fazendas em destaque do dia 22 de outubro de 2019

Fazendas localizadas no Pará, São Paulo e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Quais são as duas realidades da pecuária brasileira?

No 1º de 7 blocos do Giro do Boi especial de lançamento do Benchmarking 2018-19, consultor diz que pecuária está dividida duas “bem distintas” realidades

Como encontrar a combinação perfeita entre peão e patrão?

Especialista traz dicas para pecuaristas definirem perfil do colaborador desejado e ajuda peões a encontrar fazendas que o valorizem

Começa a temporada do “boi das águas”

07 outubro 2019
boi-das-aguas-temporada-confinamento-boitel

Nesta sexta, 04, o Giro do Boi exibiu registro do embarque de um lote de animais engordados no Confinamento JBS em Nova Canaã do Norte, região norte do estado de Mato Grosso. A ocasião marca o fim do primeiro ciclo de confinamento e o início a temporada do “boi das águas”, animais que são engordados no cocho em plena estação chuvosa.

Antes restrito à estação seca, quando as pastagens perdem sua capacidade de suporte, o confinamento se tornou uma ferramenta para toda obra dentro das fazendas que precisam da engorda intensiva como forma de manter sob controle os seus indicadores. “Podemos levar uma ferramenta de ponta, que é o confinamento. A gente usa o que tem de melhor em termos de tecnologia para o pequeno, médio e grande produtor”, avaliou o gerente do boitel do norte mato-grossense Thales Leite de Lucenas.

“O ano está muito bom, muito propício para o confinamento, a qualidade dos insumos está excelente, a qualidade da genética dos animais também está melhorando ano a ano. Tudo isso aliado ao manejo nosso, sempre visando bem-estar animal, aliado à produtividade da engorda em cocho, traz resultado”, acrescentou.

Assim como as demais unidades do Confinamento JBS em Terenos-MS, Castilho e Guaiçara-SP e Lucas do Rio Verde-MT, o boitel em Nova Canaã do Norte oferece ao produtor quatro modalidades de negócio: diária, parceria, arrobas engordadas, ração por quilo. Algumas das unidades oferecerão também bônus por arroba para os animais que forem abatidos entre os meses de janeiro a março. Mais Informações sobre o assunto podem ser solicitadas pelo e-mail confinamento@jbs.com.br.

Veja as informações completas:

VEJA TAMBÉM

Segundo Benchmarking 2018-19, fazendas de cria mais rentáveis do Brasil tiveram margem sobre a venda de até 36,4% focando em gestão de custos e produtividade

Fazendas localizadas no Pará, São Paulo e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

No 1º de 7 blocos do Giro do Boi especial de lançamento do Benchmarking 2018-19, consultor diz que pecuária está dividida duas “bem distintas” realidades

Especialista traz dicas para pecuaristas definirem perfil do colaborador desejado e ajuda peões a encontrar fazendas que o valorizem

Consultor jurídico enumera as cinco principais mudanças da medida provisória e explica como funciona o novo dispositivo

Segundo produtor, animais que passam pelo processo na recria são engordados em menos tempo com mais padrão e melhor acabamento de gordura

Consultor jurídico enumera as cinco principais mudanças da medida provisória e explica como funciona o novo dispositivo

Segundo Benchmarking 2018-19, fazendas de cria mais rentáveis do Brasil tiveram margem sobre a venda de até 36,4% focando em gestão de custos e produtividade

Segundo produtor, animais que passam pelo processo na recria são engordados em menos tempo com mais padrão e melhor acabamento de gordura

No lançamento do Benchmarking 2018-19, Antônio Chaker afirmou que resultado da pecuária de ciclo completo “não se compra, se conquista”

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE