Fazenda em Roraima produz 6 vezes acima da média do estado com ILP

19 abril 2018
integracao-lavoura-pecuaria-roraima-produtividade-fazenda-prateada

Ao passo que os sistemas integrados de produção avançam pelo Brasil, a produtividade da pecuária de corte evolui. Nesta quinta, 19, o Giro do Boi mostrou o exemplo de uma fazenda do município de Mucajaí, estado de Roraima, cuja produtividade é de cinco a seis vezes maior do que a média da região: 28 arrobas por hectare ao ano.

O case de sucesso é da Fazenda Prateada, do pecuarista Ermildo Paludo e seu filho Eduardo Paludo. “É um belo exemplo. A Fazenda Prateada desenvolve um trabalho bastante interessante na região com integração lavoura-pecuária com ganhos bem elevados. Há três anos eu acompanho a fazenda e a gente vem desenvolvendo um trabalho de suplementação proteica e proteico-energética e agora estamos introduzindo um semiconfinamento com tecnologia para o acabamento desses animais”, detalhou o assistente técnico e comercial da Tortuga DSM Rúbio Madureira de Souza Carvalho, responsável pelo atendimento de pecuaristas Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima.

A fazenda possui 1200 hectares de pastagens e outros 900 destinados à agricultura. Durante seis meses do ano, esta última área está dedicada à lavoura, que depois vira pasto para a engorda de bois. “A produtividade é realmente excelente, de cinco a seis vezes acima da média da região. No fechamento de 2017, a fazenda abateu 3.250 animais a partir do sistema de recria e engorda, com média de 19 arrobas para os machos e vacas e novilhas com média de 13,5@, desfrutando de 28 arrobas por hectare ao ano”, quantificou.

Veja as fotos da propriedade e mais detalhes pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Área de baixa pressão forma canal de umidade que vai do Sudeste até a Amazônia

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

Tem dúvidas sobre bem-estar no transporte boiadeiro? Pergunte ao motorista

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Sindicato Rural de Governador Valadares-MG realiza edição do “Café Rural” dia 09/03

Friboi será parceira do evento que começa às 7h da manhã na sede do sindicato, localizado dentro do Parque de Exposições do município do Vale do Rio Doce

Confira os lotes em destaque do dia 28 de fevereiro de 2020

Lotes de propriedade em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Fazenda em Roraima produz 6 vezes acima da média do estado com ILP

19 abril 2018
integracao-lavoura-pecuaria-roraima-produtividade-fazenda-prateada

Ao passo que os sistemas integrados de produção avançam pelo Brasil, a produtividade da pecuária de corte evolui. Nesta quinta, 19, o Giro do Boi mostrou o exemplo de uma fazenda do município de Mucajaí, estado de Roraima, cuja produtividade é de cinco a seis vezes maior do que a média da região: 28 arrobas por hectare ao ano.

O case de sucesso é da Fazenda Prateada, do pecuarista Ermildo Paludo e seu filho Eduardo Paludo. “É um belo exemplo. A Fazenda Prateada desenvolve um trabalho bastante interessante na região com integração lavoura-pecuária com ganhos bem elevados. Há três anos eu acompanho a fazenda e a gente vem desenvolvendo um trabalho de suplementação proteica e proteico-energética e agora estamos introduzindo um semiconfinamento com tecnologia para o acabamento desses animais”, detalhou o assistente técnico e comercial da Tortuga DSM Rúbio Madureira de Souza Carvalho, responsável pelo atendimento de pecuaristas Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima.

A fazenda possui 1200 hectares de pastagens e outros 900 destinados à agricultura. Durante seis meses do ano, esta última área está dedicada à lavoura, que depois vira pasto para a engorda de bois. “A produtividade é realmente excelente, de cinco a seis vezes acima da média da região. No fechamento de 2017, a fazenda abateu 3.250 animais a partir do sistema de recria e engorda, com média de 19 arrobas para os machos e vacas e novilhas com média de 13,5@, desfrutando de 28 arrobas por hectare ao ano”, quantificou.

Veja as fotos da propriedade e mais detalhes pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Friboi será parceira do evento que começa às 7h da manhã na sede do sindicato, localizado dentro do Parque de Exposições do município do Vale do Rio Doce

Lotes de propriedade em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Em nova edição do quadro Zadra Responde, zootecnista destaca características dos machos para corte e matrizes F1 que resultam deste cruzamento

Segundo Nabih El-Aouar, produtor é incentivado a melhorar manejo, nutrição e inserção de tecnologias no rebanho, levando ganhos para toda a cadeia produtiva

Agrônomo explica quais as alturas ideais de entrada e saída do pastejo, taxa de lotação nas águas e na seca, efeitos da adubação e potencial de produção de matéria seca

Programa de capacitação de profissionais da logística do gado leva informações relevantes também aos pecuaristas dentro de sua porteira

Segundo Nabih El-Aouar, produtor é incentivado a melhorar manejo, nutrição e inserção de tecnologias no rebanho, levando ganhos para toda a cadeia produtiva

Minas Gerais deve voltar a sofrer com as chuvas intensas, que podem chegar aos 150 mm a partir desta sexta até o início da próxima semana

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE