Friboi inaugura no Pará laboratório capaz de realizar 3,5 mil diagnósticos por dia

06 março 2019
laboratorio-friboi-redencao-para

A Friboi inaugurou no fim de fevereiro uma nova unidade laboratorial para análise de qualidade de seus produtos. Atualmente, a companhia tem laboratórios junto a suas indústrias em Andradina, Barretos e Lins-SP, Araputanga e Barra do Garças-MT, Campo Grande-MS, Goiânia-GO e Vilhena-RO. A nova estrutura está localizada em Redenção, no Sudeste Paraense, e atenderá todas as indústrias do Pará (Santana do Araguaia, Redenção, Marabá e Tucumã), além de Araguaína-TO e também Confresa, no Norte Mato-grossense.

O laboratório tem capacidade para realizar até 3,5 mil diagnósticos por dia, o que deve contribuir para novo aumento do número de verificações. Em 2018, as unidades laboratoriais da Friboi realizaram em média por mês 63,3 mil análises, o que já representou um avanço de 19,7% no volume observado em 2017.

“Esse laboratório vai fazer análises microbiológicas das nossas carnes, dos nossos produtos prontos e vai atender atender seis unidades aqui da região. Esse laboratório hoje conta com seis funcionários dedicados a estas análises destas unidades e foi feito um investimento de R$ 1 milhão. Vai facilitar muito a logística desses materiais”, comentou hoje (06) para o Giro do Boi o gerente regional de originação da Friboi para o Pará e Tocantins, Rodrigo Fagundes.

Fagundes destacou que a unidade será importante para manter a alta – e crescente – qualidade que está vindo dos campos da Região Norte do Brasil. “A agricultura vem entrando de certa forma no estado do Pará, no Tocantins também vem se consolidando e sem dúvida isto traz um custo mais barato para o pecuarista, para o invernista na questão da nutrição animal. E a gente nota que, como são estados pujantes na questão de chuvas, o produtor tem em boa parte do ano pastagens de boa qualidade, a gente nota que essa nutrição animal atrelada ao gado a pasto tem evoluído bastante, principalmente nesta época, as boiadas estão vindo muito bem acabadas. […] Isso é uma realidade aqui no Norte, o pessoa está tratando os animais e entendendo que girar o gado mais rápido também melhora a questão financeira da fazenda”, relatou Fagundes.

O gerente regional ponderou ainda sobre a importância da gradativa redução de idade ao abate das boiadas abatidas no Pará e Tocantins, afirmando que a precocidade pode se tornar um fator limitante para a pecuária de região, já que, cada vez mais, mercados interno e externo exigem carnes de animais abatidos com até 30 meses. “A questão da idade dos animais pode ser, futuramente, um fator limitador para a gente conseguir habilitações de mercado”, afirmou.

Durante dua participação, Fagundes registrou ainda visita à Fazenda Porangaí, do pecuarista Maurício Pompéia Fraga, localizada em Xinguara-PA.

Veja a entrevista completa no vídeo abaixo:

* Atualização em 08/03 às 07h05.

VEJA TAMBÉM

ILPF reduz temperatura em até 12º C e consumo de água em 20%

Pesquisadora da Embrapa ressaltou que conforto térmico eleva níveis de produtividade do rebanho, acelerando ganho de peso e aumentando da taxa de prenhez

Tempo seco chega para valer na região central do Brasil e pode causar queimadas

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Definido o melhor lote do mês de maio

Fazenda vencedora vem do estado de Rondônia e levou a disputa com mais de 67% dos votos pelo site do Giro do Boi

2º Roda Sertaneja reúne produtores do norte mato-grossense em Alta Floresta-MT

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Friboi inaugura no Pará laboratório capaz de realizar 3,5 mil diagnósticos por dia

06 março 2019
laboratorio-friboi-redencao-para

A Friboi inaugurou no fim de fevereiro uma nova unidade laboratorial para análise de qualidade de seus produtos. Atualmente, a companhia tem laboratórios junto a suas indústrias em Andradina, Barretos e Lins-SP, Araputanga e Barra do Garças-MT, Campo Grande-MS, Goiânia-GO e Vilhena-RO. A nova estrutura está localizada em Redenção, no Sudeste Paraense, e atenderá todas as indústrias do Pará (Santana do Araguaia, Redenção, Marabá e Tucumã), além de Araguaína-TO e também Confresa, no Norte Mato-grossense.

O laboratório tem capacidade para realizar até 3,5 mil diagnósticos por dia, o que deve contribuir para novo aumento do número de verificações. Em 2018, as unidades laboratoriais da Friboi realizaram em média por mês 63,3 mil análises, o que já representou um avanço de 19,7% no volume observado em 2017.

“Esse laboratório vai fazer análises microbiológicas das nossas carnes, dos nossos produtos prontos e vai atender atender seis unidades aqui da região. Esse laboratório hoje conta com seis funcionários dedicados a estas análises destas unidades e foi feito um investimento de R$ 1 milhão. Vai facilitar muito a logística desses materiais”, comentou hoje (06) para o Giro do Boi o gerente regional de originação da Friboi para o Pará e Tocantins, Rodrigo Fagundes.

Fagundes destacou que a unidade será importante para manter a alta – e crescente – qualidade que está vindo dos campos da Região Norte do Brasil. “A agricultura vem entrando de certa forma no estado do Pará, no Tocantins também vem se consolidando e sem dúvida isto traz um custo mais barato para o pecuarista, para o invernista na questão da nutrição animal. E a gente nota que, como são estados pujantes na questão de chuvas, o produtor tem em boa parte do ano pastagens de boa qualidade, a gente nota que essa nutrição animal atrelada ao gado a pasto tem evoluído bastante, principalmente nesta época, as boiadas estão vindo muito bem acabadas. […] Isso é uma realidade aqui no Norte, o pessoa está tratando os animais e entendendo que girar o gado mais rápido também melhora a questão financeira da fazenda”, relatou Fagundes.

O gerente regional ponderou ainda sobre a importância da gradativa redução de idade ao abate das boiadas abatidas no Pará e Tocantins, afirmando que a precocidade pode se tornar um fator limitante para a pecuária de região, já que, cada vez mais, mercados interno e externo exigem carnes de animais abatidos com até 30 meses. “A questão da idade dos animais pode ser, futuramente, um fator limitador para a gente conseguir habilitações de mercado”, afirmou.

Durante dua participação, Fagundes registrou ainda visita à Fazenda Porangaí, do pecuarista Maurício Pompéia Fraga, localizada em Xinguara-PA.

Veja a entrevista completa no vídeo abaixo:

* Atualização em 08/03 às 07h05.

VEJA TAMBÉM

Pesquisadora da Embrapa ressaltou que conforto térmico eleva níveis de produtividade do rebanho, acelerando ganho de peso e aumentando da taxa de prenhez

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Fazenda vencedora vem do estado de Rondônia e levou a disputa com mais de 67% dos votos pelo site do Giro do Boi

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Fazenda localizada em Ribeirão Cascalheira, estado do Mato Grosso, foi destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Cerimônia foi marcada por assinatura de protocolo de intenções de colaboração entre ministérios da Agricultura, Meio Ambiente, Defesa e Relações Exteriores

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Advogado recomenda que produtor não assine notificações caso o fiscal não esclareça de forma satisfatória os motivos da penalização

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Quadro Giro na Estrada trouxe dicas de embarque aos invernistas ativos no mercado da reposição nesta entressafra

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE