Pecuária 3 Muchachas: adubação e rotação geram aumento de 150% na produtividade

24 julho 2017
24-07 - capa

Depois de um longo período na estrada, a Rota do Boi está de volta. No programa desta segunda-feira, 24, foi ao ar o primeiro episódio da 14ª temporada da série de reportagens, que percorre as principais regiões produtoras de gado de corte do país na busca pelo boi de sucesso e alta produtividade. Desta vez, a equipe do Giro do Boi esteve nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás, que juntos somam 35% do rebanho nacional de bovinos.

E foi em Camapuã, Mato Grosso do Sul, cidade conhecida como a capital do bezerro de qualidade, que foi registrado o trabalho da Pecuária 3 Muchachas, propriedade de Higino Hernandes Neto e administrada pelo seu genro, Gabriel Junqueira. No criatório, o grande objetivo de seus gestores é a produção de alimentos de qualidade.

Todo o processo produtivo da Pecuária Três Muchachas é planejado com antecedência e isso fez com que a propriedade consiga resultados expressivos. A adubação e a rotação das pastagens, por exemplo, feita em 30% das áreas, elevou a produção de 7 @/ha/ano em 2015 para 18@/ha/ano em 2017, um aumento de mais de 150%. Na fazenda, algumas áreas de pastos estão abertas há mais de 20 anos, mas seguem planejamento durante o período seco, evitando a degradação.

Outra realização da Pecuária 3 Muchachas que permitiu o bom manejo nutricional foi a construção de uma fábrica de ração, auxiliando na formulação da dieta de cocho para a entressafra.

Veja as informações completas na reportagem abaixo:

MELHOR LOTE

Em fevereiro, a Pecuária 3 Muchachas foi a responsável pelo melhor lote abatido e destacado no quadro Giro pelo Brasil. Os animais, 121 bois castrados que obtiveram 84% de farol verde, foram os mais votados em escolha feita pelo site do Giro do Boi. Relembre a premiação pelo link abaixo:

VEJA TAMBÉM

Exigência aumenta e indústria da carne reforça ações dedicadas ao bem-estar

Além do ponto de vista ético, tratamento adequado aos animais melhora a qualidade do produto; veja as principais ações dedicadas ao bem-estar e faça download de publicações atualizadas sobre o tema

Confira as fazendas em destaque do dia 16 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Manual de Boas Práticas de Manejo – Bovinos de Corte

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Oxigênio da pecuária é margem, não o preço da arroba, destaca analista

Intensificando a gestão, pecuarista pode ganhar dinheiro em ciclos de alta e de baixa, afirmou consultor Rodrigo Albuquerque, editor do Notícias do Front

Pecuária 3 Muchachas: adubação e rotação geram aumento de 150% na produtividade

24 julho 2017
24-07 - capa

Depois de um longo período na estrada, a Rota do Boi está de volta. No programa desta segunda-feira, 24, foi ao ar o primeiro episódio da 14ª temporada da série de reportagens, que percorre as principais regiões produtoras de gado de corte do país na busca pelo boi de sucesso e alta produtividade. Desta vez, a equipe do Giro do Boi esteve nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás, que juntos somam 35% do rebanho nacional de bovinos.

E foi em Camapuã, Mato Grosso do Sul, cidade conhecida como a capital do bezerro de qualidade, que foi registrado o trabalho da Pecuária 3 Muchachas, propriedade de Higino Hernandes Neto e administrada pelo seu genro, Gabriel Junqueira. No criatório, o grande objetivo de seus gestores é a produção de alimentos de qualidade.

Todo o processo produtivo da Pecuária Três Muchachas é planejado com antecedência e isso fez com que a propriedade consiga resultados expressivos. A adubação e a rotação das pastagens, por exemplo, feita em 30% das áreas, elevou a produção de 7 @/ha/ano em 2015 para 18@/ha/ano em 2017, um aumento de mais de 150%. Na fazenda, algumas áreas de pastos estão abertas há mais de 20 anos, mas seguem planejamento durante o período seco, evitando a degradação.

Outra realização da Pecuária 3 Muchachas que permitiu o bom manejo nutricional foi a construção de uma fábrica de ração, auxiliando na formulação da dieta de cocho para a entressafra.

Veja as informações completas na reportagem abaixo:

MELHOR LOTE

Em fevereiro, a Pecuária 3 Muchachas foi a responsável pelo melhor lote abatido e destacado no quadro Giro pelo Brasil. Os animais, 121 bois castrados que obtiveram 84% de farol verde, foram os mais votados em escolha feita pelo site do Giro do Boi. Relembre a premiação pelo link abaixo:

VEJA TAMBÉM

Além do ponto de vista ético, tratamento adequado aos animais melhora a qualidade do produto; veja as principais ações dedicadas ao bem-estar e faça download de publicações atualizadas sobre o tema

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Intensificando a gestão, pecuarista pode ganhar dinheiro em ciclos de alta e de baixa, afirmou consultor Rodrigo Albuquerque, editor do Notícias do Front

Fazendas nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Diretor do Qualitas Melhoramento Genético afirma que ganho de peso deve ser de ao menos 675 g por dia para alcançar o resultado

Fazendas nos estados do Acre, São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Pecuarista deve fazer download do Termo de Adesão e entregar assinado aos compradores de gado das unidades da indústria; veja como tirar suas dúvidas sobre o processo

Diretor do Qualitas Melhoramento Genético afirma que ganho de peso deve ser de ao menos 675 g por dia para alcançar o resultado

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE