Pecuária do oeste mato-grossense evolui com seleção genética e ILP

06 junho 2019
fazenda-esperanca-vila-bela-santissima-trindade-mt-novilhas-meio-sangue

Nesta quinta, 06, em participação no Giro do Boi, o gerente de originação da Friboi para o Oeste do Mato Grosso (unidades de Araputanga, Pontes e Lacerda, Diamantino, Juara e Juína), Sonair Nogueira, afirmou que a evolução da pecuária no oeste mato-grossense passa pela evolução da seleção genética dos animais e também pela integração lavoura-pecuária, que permite ao gado expressar todo o seu potencial.

“A gente vê a integração lavoura-pecuária e a genética, que estão a cada dia proporcionando (a terminação de) animais de melhor qualidade e o pecuarista vem tratando melhor os animais, aproveitando a carcaça melhor”, assegurou. Entre janeiro e abril deste ano, a regional registrou peso médio expressivo dos animais abatidos – 20,7@ para os machos e 14,4@ para as fêmeas, uma média geral de 18,1@.

O gerente destacou uma das novidades da indústria para 2019, a parceria com a ACNB (Associação de Criadores de Nelore do Brasil) para a realização do Circuito Nelore de Qualidade e a aprovação dos pecuaristas que estão participando da série de abates técnicos. Entre as unidades do oeste do MT, o próximo evento acontecerá dias 16 e 17 de julho em Araputanga.

Sonair ainda exemplificou a qualidade dos animais da região com um lote de novilhas da Fazenda Esperança, da pecuarista Sabrina Sanches, propriedade localizada em Vila Bela da Santíssima Trindade. As fêmeas tiveram peso médio de 17,8@ e marcaram 100% Verde no Farol da Qualidade.

Veja pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Quem planta com calagem colhe mais arrobas por hectare

Pesquisadora da Embrapa afirma que a cada R$ 1 investido em calagem do solo, pecuarista tem retorno de até R$ 3 pelo aumento de produção de arrobas

O que é economia colaborativa e como ela faz o pecuarista aprender mais gastando menos?

“Em mundo de Uber, de Airbnb e de economia colaborativa, a gente não pode ficar de fora”, indicou o zootecnista e consultor Antônio Chaker

Revelados os vencedores da disputa para melhores lotes do início de outubro

Escolhidos em votação pelo site do programa seguirão para eleição que vai decidir o melhor de todo o mês

Pimenta Bueno-RO recebe etapa do Circuito Nelore 2019

Abate técnico realizado pelo Nelore do Brasil ocorreu entre 16 e 17/10 fez avaliação de 600 carcaças

Pecuária do oeste mato-grossense evolui com seleção genética e ILP

06 junho 2019
fazenda-esperanca-vila-bela-santissima-trindade-mt-novilhas-meio-sangue

Nesta quinta, 06, em participação no Giro do Boi, o gerente de originação da Friboi para o Oeste do Mato Grosso (unidades de Araputanga, Pontes e Lacerda, Diamantino, Juara e Juína), Sonair Nogueira, afirmou que a evolução da pecuária no oeste mato-grossense passa pela evolução da seleção genética dos animais e também pela integração lavoura-pecuária, que permite ao gado expressar todo o seu potencial.

“A gente vê a integração lavoura-pecuária e a genética, que estão a cada dia proporcionando (a terminação de) animais de melhor qualidade e o pecuarista vem tratando melhor os animais, aproveitando a carcaça melhor”, assegurou. Entre janeiro e abril deste ano, a regional registrou peso médio expressivo dos animais abatidos – 20,7@ para os machos e 14,4@ para as fêmeas, uma média geral de 18,1@.

O gerente destacou uma das novidades da indústria para 2019, a parceria com a ACNB (Associação de Criadores de Nelore do Brasil) para a realização do Circuito Nelore de Qualidade e a aprovação dos pecuaristas que estão participando da série de abates técnicos. Entre as unidades do oeste do MT, o próximo evento acontecerá dias 16 e 17 de julho em Araputanga.

Sonair ainda exemplificou a qualidade dos animais da região com um lote de novilhas da Fazenda Esperança, da pecuarista Sabrina Sanches, propriedade localizada em Vila Bela da Santíssima Trindade. As fêmeas tiveram peso médio de 17,8@ e marcaram 100% Verde no Farol da Qualidade.

Veja pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Pesquisadora da Embrapa afirma que a cada R$ 1 investido em calagem do solo, pecuarista tem retorno de até R$ 3 pelo aumento de produção de arrobas

“Em mundo de Uber, de Airbnb e de economia colaborativa, a gente não pode ficar de fora”, indicou o zootecnista e consultor Antônio Chaker

Escolhidos em votação pelo site do programa seguirão para eleição que vai decidir o melhor de todo o mês

Abate técnico realizado pelo Nelore do Brasil ocorreu entre 16 e 17/10 fez avaliação de 600 carcaças

Protocolo remunera produtores com prêmios de até 13/@ para os machos que atendem o padrão; fêmeas são remuneradas com preço de boi mais bônus

Fazenda localizada no município de Juara, no Mato Grosso foi destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Conheça e aprenda a usar a “ferramenta Wagner Pires” de diagnóstico de pastagens para tomar a melhor decisão na hora de retomar a produtividade em sua fazenda

Escolhidos em votação pelo site do programa seguirão para eleição que vai decidir o melhor de todo o mês

Protocolo remunera produtores com prêmios de até 13/@ para os machos que atendem o padrão; fêmeas são remuneradas com preço de boi mais bônus

Abate técnico realizado pelo Nelore do Brasil ocorreu entre 16 e 17/10 fez avaliação de 600 carcaças

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE