Pecuaristas de MS buscam estratégias para transição entre as águas e a seca

06 março 2018
dimensao-localizacao-distancia-cocho-mineral-claudio-haddad

Nesta terça, 06, o engenheiro agrônomo Fábio Moraes Faria, supervisor técnico da Tortuga DSM para o Mato Grosso do Sul, falou ao Giro do Boi sobre a 44ª edição da Exporã, promovida pelo Sindicato Rural de Ponta Porã-MS.

No evento, a companhia destaca o planejamento dos pecuaristas para uma das próximas tomadas de decisão a serem feitas da porteira para dentro. “Está tendo bastante procura com relação a essa transição do período das águas para a seca, que vai culminar, nos meses de julho e agosto, na tomada de decisão de fechar os animais em sistema de semi-confinamento ou confinamento”, reforçou o agrônomo.

Entre outros tópicos importantes para a pecuária de corte abordados na exposição, está a integração lavoura-pecuária e tecnologias de precisão para ganhos financeiros dentro do sistema produtivo. Este será o tema de palestra a ser realizada na noite desta terça, 06, às 19h no parque de exposições que sedia a 44ª edição da feira em Ponta Porã, um dos polos de agricultura do estado de Mato Grosso do Sul.

Veja mais detalhes da Exporã 2018 pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque do dia 22 de agosto de 2019

Fazendas localizadas em Tocantins, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Giro Inspiração: como utilizar a ambição como combustível motivacional na fazenda?

Neste 4º episódio da série, consultora Helda Elaine explica diferença entre ganância e ambição e afirma que é por meio desta que o pecuarista faz sacrifícios pelos resultados

Agrônomo viaja o mundo pesquisando o agro e traz lições para o Brasil

Profissional foi contemplado com uma bolsa para realizar intercâmbio e, em entrevista, contou suas experiências e impressões sobre a produção rural mundo afora

Confira as fazendas em destaque do dia 21 de agosto de 2019

Fazendas localizadas em Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Pecuaristas de MS buscam estratégias para transição entre as águas e a seca

06 março 2018
dimensao-localizacao-distancia-cocho-mineral-claudio-haddad

Nesta terça, 06, o engenheiro agrônomo Fábio Moraes Faria, supervisor técnico da Tortuga DSM para o Mato Grosso do Sul, falou ao Giro do Boi sobre a 44ª edição da Exporã, promovida pelo Sindicato Rural de Ponta Porã-MS.

No evento, a companhia destaca o planejamento dos pecuaristas para uma das próximas tomadas de decisão a serem feitas da porteira para dentro. “Está tendo bastante procura com relação a essa transição do período das águas para a seca, que vai culminar, nos meses de julho e agosto, na tomada de decisão de fechar os animais em sistema de semi-confinamento ou confinamento”, reforçou o agrônomo.

Entre outros tópicos importantes para a pecuária de corte abordados na exposição, está a integração lavoura-pecuária e tecnologias de precisão para ganhos financeiros dentro do sistema produtivo. Este será o tema de palestra a ser realizada na noite desta terça, 06, às 19h no parque de exposições que sedia a 44ª edição da feira em Ponta Porã, um dos polos de agricultura do estado de Mato Grosso do Sul.

Veja mais detalhes da Exporã 2018 pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Fazendas localizadas em Tocantins, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Neste 4º episódio da série, consultora Helda Elaine explica diferença entre ganância e ambição e afirma que é por meio desta que o pecuarista faz sacrifícios pelos resultados

Profissional foi contemplado com uma bolsa para realizar intercâmbio e, em entrevista, contou suas experiências e impressões sobre a produção rural mundo afora

Fazendas localizadas em Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Especialista apontou intensificação dos sistemas de produção, como semiconfinamento e confinamento, como principal fator de impacto para a melhoria

Professor da Mackenzie destaca que rastreabilidade traz “uma série de benefícios do ponto de vista prático e operacional” para os pecuaristas

Professor da Mackenzie destaca que rastreabilidade traz “uma série de benefícios do ponto de vista prático e operacional” para os pecuaristas

Segundo consultor jurídico, texto deixa brecha para que empreendedores familiares não tenham liberdade econômica plena em relação a contratos agrários

Fêmeas podem receber preço de boi mais premiações do Protocolo Sinal Verde, Europa/Hilton e Protocolo 1953

Fazendas localizadas em Tocantins, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE