Pecuaristas de MS buscam estratégias para transição entre as águas e a seca

06 março 2018
dimensao-localizacao-distancia-cocho-mineral-claudio-haddad

Nesta terça, 06, o engenheiro agrônomo Fábio Moraes Faria, supervisor técnico da Tortuga DSM para o Mato Grosso do Sul, falou ao Giro do Boi sobre a 44ª edição da Exporã, promovida pelo Sindicato Rural de Ponta Porã-MS.

No evento, a companhia destaca o planejamento dos pecuaristas para uma das próximas tomadas de decisão a serem feitas da porteira para dentro. “Está tendo bastante procura com relação a essa transição do período das águas para a seca, que vai culminar, nos meses de julho e agosto, na tomada de decisão de fechar os animais em sistema de semi-confinamento ou confinamento”, reforçou o agrônomo.

Entre outros tópicos importantes para a pecuária de corte abordados na exposição, está a integração lavoura-pecuária e tecnologias de precisão para ganhos financeiros dentro do sistema produtivo. Este será o tema de palestra a ser realizada na noite desta terça, 06, às 19h no parque de exposições que sedia a 44ª edição da feira em Ponta Porã, um dos polos de agricultura do estado de Mato Grosso do Sul.

Veja mais detalhes da Exporã 2018 pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

SP e MG devem ter chuvas acima dos 100 mm nos próximos dias

Precipitações podem passar dos 200 mm em pontos localizados de Minas; pancadas devem se estender também para GO, TO, Matopiba, oeste da BA e leste do MT

Treinamentos de motoristas garantem bem-estar no transporte de gado

Além do conforto dos animais, capacitações mensais abordam também medidas de segurança na condução dos veículos ao longo do trajeto

Confira os lotes em destaque do dia 24 de janeiro de 2020

Lotes de propriedades em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Qual é o grande desafio estrutural da pecuária nos próximos anos?

Consultor destaca que para ganhar competitividade frente às proteínas concorrentes, pecuária de corte precisa de integração e salto da eficiência

Pecuaristas de MS buscam estratégias para transição entre as águas e a seca

06 março 2018
dimensao-localizacao-distancia-cocho-mineral-claudio-haddad

Nesta terça, 06, o engenheiro agrônomo Fábio Moraes Faria, supervisor técnico da Tortuga DSM para o Mato Grosso do Sul, falou ao Giro do Boi sobre a 44ª edição da Exporã, promovida pelo Sindicato Rural de Ponta Porã-MS.

No evento, a companhia destaca o planejamento dos pecuaristas para uma das próximas tomadas de decisão a serem feitas da porteira para dentro. “Está tendo bastante procura com relação a essa transição do período das águas para a seca, que vai culminar, nos meses de julho e agosto, na tomada de decisão de fechar os animais em sistema de semi-confinamento ou confinamento”, reforçou o agrônomo.

Entre outros tópicos importantes para a pecuária de corte abordados na exposição, está a integração lavoura-pecuária e tecnologias de precisão para ganhos financeiros dentro do sistema produtivo. Este será o tema de palestra a ser realizada na noite desta terça, 06, às 19h no parque de exposições que sedia a 44ª edição da feira em Ponta Porã, um dos polos de agricultura do estado de Mato Grosso do Sul.

Veja mais detalhes da Exporã 2018 pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Precipitações podem passar dos 200 mm em pontos localizados de Minas; pancadas devem se estender também para GO, TO, Matopiba, oeste da BA e leste do MT

Além do conforto dos animais, capacitações mensais abordam também medidas de segurança na condução dos veículos ao longo do trajeto

Lotes de propriedades em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Consultor destaca que para ganhar competitividade frente às proteínas concorrentes, pecuária de corte precisa de integração e salto da eficiência

Sujeira e até pH inadequado interferem na eficácia do defensivo usado no controle de plantas daninhas nas pastagens

Lotes de propriedades em Minas Gerais, Pará, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os animais e Farol da Qualidade.

Precipitações podem passar dos 200 mm em pontos localizados de Minas; pancadas devem se estender também para GO, TO, Matopiba, oeste da BA e leste do MT

Sujeira e até pH inadequado interferem na eficácia do defensivo usado no controle de plantas daninhas nas pastagens

5ª geração em uma família de produtores rurais, Mateus Arantes desenvolveu sistema de integração com plantio direto para solos arenosos

Envie sua pergunta sobre cruzamento industrial de gado de corte para receber as dicas no novo quadro ‘Zadra Responde’

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE