Pecuaristas do Vale do Araguaia em Goiás ganham opção para abater animais no Protocolo 1953

13 fevereiro 2019
protocolo-1953-mozarlandia-goias

Em participação no Giro do Boi desta quarta, 13, o gerente regional de originação da Friboi para os estados de Goiás e Bahia, Hélio Gomes, trouxe novidades para os pecuaristas goianos com propriedades no Vale do Araguaia. A indústria habilitou a unidade de Mozarlândia, a maior do estado, para abates dentro do protocolo multiraças 1953.

Até então os abates dentro deste protocolo ocorriam apenas na unidade de Senador Canedo-GO. “O objetivo é atender à demanda do Protocolo 1953 e também aos pedidos dos pecuaristas do Vale do Araguaia. Até então, para abater no protocolo, seus animais tinham que rodar até 500 km estrada. Vamos fazer agora mais perto. O abate mais próximo vai contribuir em vários sentidos, para o pecuarista, indústria e consumidores”, disse Hélio Gomes.

O gerente reforçou ainda a importância de protocolos que remuneram por qualidade de carcaça diversos tipos de animais, sejam bois ou novilhas Nelore, animais cruzados, entre outros. “Isto tem contribuído bastante para que a gente traga esta qualidade para a mesa dos consumidores”, ressaltou.

Com um dos exemplos da preocupação dos pecuaristas com qualidade, Hélio Gomes registrou em vídeo dois lotes abatidos recentemente pela Fazenda Entre Rios, do pecuarista Márcio Ribeiro Pereira, localizada em Caçu-GO. Um deles é formado por uma novilhada cruzada com peso médio de 19,6@, outro por machos castrados cruzados com peso de 20,5@. Ambos os lotes foram abatidos no Protocolo 1953 e registraram 100% Verde no Farol da Qualidade.

Veja a participação completa de Hélio Gomes no Giro do Boi desta quarta, 13:

VEJA TAMBÉM

ILPF reduz temperatura em até 12º C e consumo de água em 20%

Pesquisadora da Embrapa ressaltou que conforto térmico eleva níveis de produtividade do rebanho, acelerando ganho de peso e aumentando da taxa de prenhez

Tempo seco chega para valer na região central do Brasil e pode causar queimadas

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Definido o melhor lote do mês de maio

Fazenda vencedora vem do estado de Rondônia e levou a disputa com mais de 67% dos votos pelo site do Giro do Boi

2º Roda Sertaneja reúne produtores do norte mato-grossense em Alta Floresta-MT

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Pecuaristas do Vale do Araguaia em Goiás ganham opção para abater animais no Protocolo 1953

13 fevereiro 2019
protocolo-1953-mozarlandia-goias

Em participação no Giro do Boi desta quarta, 13, o gerente regional de originação da Friboi para os estados de Goiás e Bahia, Hélio Gomes, trouxe novidades para os pecuaristas goianos com propriedades no Vale do Araguaia. A indústria habilitou a unidade de Mozarlândia, a maior do estado, para abates dentro do protocolo multiraças 1953.

Até então os abates dentro deste protocolo ocorriam apenas na unidade de Senador Canedo-GO. “O objetivo é atender à demanda do Protocolo 1953 e também aos pedidos dos pecuaristas do Vale do Araguaia. Até então, para abater no protocolo, seus animais tinham que rodar até 500 km estrada. Vamos fazer agora mais perto. O abate mais próximo vai contribuir em vários sentidos, para o pecuarista, indústria e consumidores”, disse Hélio Gomes.

O gerente reforçou ainda a importância de protocolos que remuneram por qualidade de carcaça diversos tipos de animais, sejam bois ou novilhas Nelore, animais cruzados, entre outros. “Isto tem contribuído bastante para que a gente traga esta qualidade para a mesa dos consumidores”, ressaltou.

Com um dos exemplos da preocupação dos pecuaristas com qualidade, Hélio Gomes registrou em vídeo dois lotes abatidos recentemente pela Fazenda Entre Rios, do pecuarista Márcio Ribeiro Pereira, localizada em Caçu-GO. Um deles é formado por uma novilhada cruzada com peso médio de 19,6@, outro por machos castrados cruzados com peso de 20,5@. Ambos os lotes foram abatidos no Protocolo 1953 e registraram 100% Verde no Farol da Qualidade.

Veja a participação completa de Hélio Gomes no Giro do Boi desta quarta, 13:

VEJA TAMBÉM

Pesquisadora da Embrapa ressaltou que conforto térmico eleva níveis de produtividade do rebanho, acelerando ganho de peso e aumentando da taxa de prenhez

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Fazenda vencedora vem do estado de Rondônia e levou a disputa com mais de 67% dos votos pelo site do Giro do Boi

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Fazenda localizada em Ribeirão Cascalheira, estado do Mato Grosso, foi destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Cerimônia foi marcada por assinatura de protocolo de intenções de colaboração entre ministérios da Agricultura, Meio Ambiente, Defesa e Relações Exteriores

Produtores das regiões centro-norte de SP, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Piauí e Mato Grosso devem estar atentos por conta do calor e baixa umidade do ar; veja mapas completos

Advogado recomenda que produtor não assine notificações caso o fiscal não esclareça de forma satisfatória os motivos da penalização

Pecuaristas participaram de debates sobre manejo de pastagens, rodas de negócios e confraternização com churrasco e música sertaneja

Quadro Giro na Estrada trouxe dicas de embarque aos invernistas ativos no mercado da reposição nesta entressafra

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE