Qual o melhor jeito de aplicar recursos em sua fazenda de gado de corte?

09 outubro 2019
contabilidade

O que é essencial para receber injeção de capital e o que pode ser relegado a um segundo plano dentro de uma fazenda de gado de corte? Nesta quarta, 09, o consultor e zootecnista Antônio Chaker, diretor do Inttegra, instituto especializado em assessoria de propriedades rurais a partir de métricas gerenciais, falou sobre o tema.

“Você sabe qual o melhor jeito para gastar dinheiro na atividade pecuária? É se concentrar em gastar 35% do que você fatura, no máximo, em mão de obra permanente, insumos e rebanho e os outros 35% em todos os outros componentes. Então se concentre em gastar mais em nutrição e pastagens do que nos outros elementos”, indicou.

Chaker vai explicar em detalhes o que engloba esta lista de prioridades que deve receber recursos do pecuarista no próximo dia 21/10, a partir das 19h30, em edição especial ao vivo do Giro do Boi, pelo Canal Rural, para o lançamento do Benchmarking da safra 2018/2019, um estudo realizado pelo próprio Inttegra. Desde a primeira edição, em 2012, o levantamento já analisou os dados de sete safras, com números coletados em quase 800 fazendas distribuídas em dois milhões de hectares e reunindo um rebanho de 2,5 milhões de cabeças.

Cada propriedade pode ter até 350 indicadores, que envolvem abates, clima, confinamento, mortalidade, produção e reprodução, finanças, perfil de desembolso e equipe. No último levantamento, safra 2017/18, foram analisados os dados de desempenho de 420 fazendas de 15 estados brasileiros, além de Bolívia e Paraguai, com um rebanho total de 1,7 mi de cabeças de gado e 66 mil hectares de agricultura integrados.

Veja mais informações no vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Como escolher o melhor ionóforo para suplementar meu gado?

Telespectador de Teixeira de Freitas-BA enviou dúvida sobre a escolha do melhor tipo do aditivo para gado que está estritamente em dieta de pasto

Produtor indica como eliminar plantas daninhas no consórcio do pasto com Teca

Preocupação era usar produtos que pudessem prejudicar o desenvolvimento da espécie florestal, mas nova geração de defensivos solucionou o problema

Confira as fazendas em destaque do dia 11 de dezembro de 2019

Fazendas localizadas em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

A próxima fronteira para o Nelore

Melhoramento genético do Nelore começa a colocar a raça em evidência no mercado da carne de qualidade e pode impulsionar pecuária brasileira

Qual o melhor jeito de aplicar recursos em sua fazenda de gado de corte?

09 outubro 2019
contabilidade

O que é essencial para receber injeção de capital e o que pode ser relegado a um segundo plano dentro de uma fazenda de gado de corte? Nesta quarta, 09, o consultor e zootecnista Antônio Chaker, diretor do Inttegra, instituto especializado em assessoria de propriedades rurais a partir de métricas gerenciais, falou sobre o tema.

“Você sabe qual o melhor jeito para gastar dinheiro na atividade pecuária? É se concentrar em gastar 35% do que você fatura, no máximo, em mão de obra permanente, insumos e rebanho e os outros 35% em todos os outros componentes. Então se concentre em gastar mais em nutrição e pastagens do que nos outros elementos”, indicou.

Chaker vai explicar em detalhes o que engloba esta lista de prioridades que deve receber recursos do pecuarista no próximo dia 21/10, a partir das 19h30, em edição especial ao vivo do Giro do Boi, pelo Canal Rural, para o lançamento do Benchmarking da safra 2018/2019, um estudo realizado pelo próprio Inttegra. Desde a primeira edição, em 2012, o levantamento já analisou os dados de sete safras, com números coletados em quase 800 fazendas distribuídas em dois milhões de hectares e reunindo um rebanho de 2,5 milhões de cabeças.

Cada propriedade pode ter até 350 indicadores, que envolvem abates, clima, confinamento, mortalidade, produção e reprodução, finanças, perfil de desembolso e equipe. No último levantamento, safra 2017/18, foram analisados os dados de desempenho de 420 fazendas de 15 estados brasileiros, além de Bolívia e Paraguai, com um rebanho total de 1,7 mi de cabeças de gado e 66 mil hectares de agricultura integrados.

Veja mais informações no vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Telespectador de Teixeira de Freitas-BA enviou dúvida sobre a escolha do melhor tipo do aditivo para gado que está estritamente em dieta de pasto

Preocupação era usar produtos que pudessem prejudicar o desenvolvimento da espécie florestal, mas nova geração de defensivos solucionou o problema

Fazendas localizadas em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Melhoramento genético do Nelore começa a colocar a raça em evidência no mercado da carne de qualidade e pode impulsionar pecuária brasileira

Circuito Nelore apontou que, ao mesmo tempo que a idade média de abate foi reduzida, peso médio das carcaças saiu de 17@ em 1999 para 21@ neste ano

Especialista aponta características que estão sendo perseguidas pelos programas de seleção genética e quais as novidades na busca pelo reprodutor moderno

Preocupação era usar produtos que pudessem prejudicar o desenvolvimento da espécie florestal, mas nova geração de defensivos solucionou o problema

Melhoramento genético do Nelore começa a colocar a raça em evidência no mercado da carne de qualidade e pode impulsionar pecuária brasileira

Com transformação de MP em lei federal, produtor tem novo prazo e novas normas para informar intenção de aderir ao PRA

Circuito Nelore apontou que, ao mesmo tempo que a idade média de abate foi reduzida, peso médio das carcaças saiu de 17@ em 1999 para 21@ neste ano

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE