Qualidade dos animais abatidos no leste do MT piorou em novembro, mas padrão indesejável foi menor

08 dezembro 2017
farol-da-qualidade-leste-mato-grosso-novembro-2017

No mês de novembro em comparação com o outubro a qualidade dos animais abatidos pelos frigoríficos do leste do MT foi inferior. Os números foram apresentados hoje no Giro do Boi pelo gerente regional Vilmar Lemos Cardoso, responsável pela compra de gado nas unidades de Alta Floresta, Água Boa, Barra do Garças, Confresa, Colíder e Pedra Preta.

Vilmar, no entanto, ressaltou que em longo prazo o farol da qualidade está melhorando e que a resposta do pecuarista à demanda do consumidor tem sido rápida. Ele destacou também a diminuição da participação de animais no padrão indesejável nos abates.

Em novembro, a matriz do farol da qualidade apontou que de todos os abates das unidades, 13,91% estavam no padrão desejável, 75,83% no padrão tolerável e 10,27% no vermelho. Em novembro, as porcentagens eram, respectivamente, 15,64%, 73,51% e 10,27%.

O volume de abate de animais com cobertura de gordura ideal (escores 3 e 4) era de 31,22% em outubro e caiu para 28,11% em novembro. Já a participação nos abates de animais na idade ideal (0 a 4 dentes) caiu de 73,98% para 69,77%.

Veja os números completos pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

O que de fato pode assustar os bovinos durante o manejo?

Referência mundial em bem-estar, Temple Grandin surpreende ao revelar utensílios comuns ao dia a dia que causam medo nos animais e indica correções para uma lida mais tranquila

Chuvas chegam ao sul de MG e Matopiba neste fim de semana

Em contrapartida, Região Sul deve passar por período seco nos próximos dias, afirmou meteorologista do Inmet

Conheça o lote vencedor da disputa para o melhor de todo o mês de outubro

Fêmeas Nelore que marcaram 90% Verde no Farol da Qualidade e pesaram, em média, 13,96@, tiveram quase 70% dos votos totais

Confira as fazendas em destaque do dia 15 de novembro de 2019

Fazendas localizadas em São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Qualidade dos animais abatidos no leste do MT piorou em novembro, mas padrão indesejável foi menor

08 dezembro 2017
farol-da-qualidade-leste-mato-grosso-novembro-2017

No mês de novembro em comparação com o outubro a qualidade dos animais abatidos pelos frigoríficos do leste do MT foi inferior. Os números foram apresentados hoje no Giro do Boi pelo gerente regional Vilmar Lemos Cardoso, responsável pela compra de gado nas unidades de Alta Floresta, Água Boa, Barra do Garças, Confresa, Colíder e Pedra Preta.

Vilmar, no entanto, ressaltou que em longo prazo o farol da qualidade está melhorando e que a resposta do pecuarista à demanda do consumidor tem sido rápida. Ele destacou também a diminuição da participação de animais no padrão indesejável nos abates.

Em novembro, a matriz do farol da qualidade apontou que de todos os abates das unidades, 13,91% estavam no padrão desejável, 75,83% no padrão tolerável e 10,27% no vermelho. Em novembro, as porcentagens eram, respectivamente, 15,64%, 73,51% e 10,27%.

O volume de abate de animais com cobertura de gordura ideal (escores 3 e 4) era de 31,22% em outubro e caiu para 28,11% em novembro. Já a participação nos abates de animais na idade ideal (0 a 4 dentes) caiu de 73,98% para 69,77%.

Veja os números completos pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Referência mundial em bem-estar, Temple Grandin surpreende ao revelar utensílios comuns ao dia a dia que causam medo nos animais e indica correções para uma lida mais tranquila

Em contrapartida, Região Sul deve passar por período seco nos próximos dias, afirmou meteorologista do Inmet

Fêmeas Nelore que marcaram 90% Verde no Farol da Qualidade e pesaram, em média, 13,96@, tiveram quase 70% dos votos totais

Fazendas localizadas em São Paulo e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Entender a estrutura do capim, ponto ideal para tirar o gado do piquete, período de descanso e dinâmica de desenvolvimento é fundamental para manter a produtividade

Giro do Boi visita em Mogi Mirim-SP estação experimental que é o berço de tecnologias para o controle das plantas que afetam produtividade de pastagens

Giro do Boi visita em Mogi Mirim-SP estação experimental que é o berço de tecnologias para o controle das plantas que afetam produtividade de pastagens

E-book “ILPF: inovação com integração de lavoura, pecuária e floresta”, da Embrapa, tem 840 páginas e é considerada a maior publicação do mundo sobre sistemas integrados para o clima tropical

Em contrapartida, Região Sul deve passar por período seco nos próximos dias, afirmou meteorologista do Inmet

Veterinário lista tudo o que o pecuarista precisa saber sobre maquinário utilizado, montagem de galpões, divisões de piquetes e fatores limitantes para a produtividade do sistema

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE