Referência em genética Brangus, Agro Guapiara realiza dia de campo nesta sexta, 10

09 agosto 2018
dia-de-campo-agro-guapiara-2018

Nesta sexta, dia 10, a Agropecuária Guapiara vai realizar a 13ª edição de seu Dia de Campo na Fazenda São Luiz. Para 2018 são esperados 300 pecuaristas participando do evento na propriedade localizada em Boa Ventura de São Roque, no estado do Paraná.

Curta a página do Giro do Boi no Facebook

O rebanho da Agropecuária Guapiara, que reúne 14 fazendas ao todo, é composto 99% por animais da raça Brangus, com um abate anual de 4.500 animais em uma produção de ciclo curto, voltada para a terminação de animais precoces com bom acabamento de carcaça e valorização pelo mercado de carne de qualidade.

Um dos diferenciais do grupo é o cuidado com a sanidade. Além de se preocupar com os ectoparasitas, como bernes, carrapatos e moscas, o trabalho focado no combate aos endoparasitas contribui para o aumento da produtividade nas propriedades da Agropecuária Guapiara.

“Na fazenda eles se preocupam muito com produtividade e a gente sabe que um dos principais problemas da pecuária brasileira, sem dúvida, é a parte de endoparasitas, que a gente não vê. As verminoses não saltam aos olhos como berne, carrapato e mosca, e o pecuarista acaba esquecendo essa parte interna. A Agro Guapiara se preocupa muito com esse verdadeiro inimigo oculto, que come o lucro do pecuarista sem ele perceber”, destacou o zootecnista e coordenador de Demanda da Boehringer Saúde Animal, Cezar Santucci Filho, durante o quadro Giro pelo Brasil nesta quinta, 09. O profissional enalteceu que cada propriedade da Agropecuária Guapiara tem o seu calendário específico de sanidade para ser mais preciso no combate aos problemas de saúde do rebanho.

Durante o Giro do Boi, Santucci fez um convite para o Dia de Campo de 2018 na Fazenda São Luiz. A Boehringer Saúde Animal é parceira da Agropecuária Guapiara na realização do evento. Entre as atrações do encontro está palestra com o zootecnista e mestre em produção de ruminantes, Antônio Chaker, diretor do Inttegra, o Instituto Terra de Métricas Agropecuárias. O consultor vai tratar do tema “Fatores decisivos para uma pecuária lucrativa”.

Para participar do evento, o profissional interessado por entrar em contato pelo telefone (42) 3232 8300 ou pelo e-mail cintia@agroguapiara.com.br.

Veja mais informações sobre o Dia de Campo Agro Guapiara 2018 clicando no player abaixo:

VEJA TAMBÉM

Pecuária colombiana é exemplo para o Brasil no combate às plantas daninhas

No país sul-americano, é comum a prática de limpeza das áreas de pastagens através da aplicação de herbicidas. Isso faz com que os “ganadeiros” colombianos consigam uma produtividade média de 7/UA/HA, enquanto que no Brasil não atingimos nem a metade desse número, no Mato Grosso, por exemplo, a Embrapa Agrossilvipastoril, sediada em Sinop, estima uma...

Confira as fazendas em destaque desta terça-feira, 19 de março de 2019

Nesta terça-feira o programa Giro do Boi exibiu para todo o Brasil os lotes que mais se destacaram nas unidades de abate dos estados de SP, MT e MS.

Confira as fazendas em destaque desta segunda-feira, 18 de março de 2019

A semana começou com lotes em destaque oriundos dos estados de MS, MT e SP.

Presidente da Angus alerta para “sazonalidade” na oferta de carne no Brasil

Duas alternativas podem ajudar o fazendeiro a ter um equilíbrio na oferta de seu produto o ano todo: o uso da tecnologia da inseminação artificial (IATF) e o confinamento, inclusive no período das águas.

Referência em genética Brangus, Agro Guapiara realiza dia de campo nesta sexta, 10

09 agosto 2018
dia-de-campo-agro-guapiara-2018

Nesta sexta, dia 10, a Agropecuária Guapiara vai realizar a 13ª edição de seu Dia de Campo na Fazenda São Luiz. Para 2018 são esperados 300 pecuaristas participando do evento na propriedade localizada em Boa Ventura de São Roque, no estado do Paraná.

Curta a página do Giro do Boi no Facebook

O rebanho da Agropecuária Guapiara, que reúne 14 fazendas ao todo, é composto 99% por animais da raça Brangus, com um abate anual de 4.500 animais em uma produção de ciclo curto, voltada para a terminação de animais precoces com bom acabamento de carcaça e valorização pelo mercado de carne de qualidade.

Um dos diferenciais do grupo é o cuidado com a sanidade. Além de se preocupar com os ectoparasitas, como bernes, carrapatos e moscas, o trabalho focado no combate aos endoparasitas contribui para o aumento da produtividade nas propriedades da Agropecuária Guapiara.

“Na fazenda eles se preocupam muito com produtividade e a gente sabe que um dos principais problemas da pecuária brasileira, sem dúvida, é a parte de endoparasitas, que a gente não vê. As verminoses não saltam aos olhos como berne, carrapato e mosca, e o pecuarista acaba esquecendo essa parte interna. A Agro Guapiara se preocupa muito com esse verdadeiro inimigo oculto, que come o lucro do pecuarista sem ele perceber”, destacou o zootecnista e coordenador de Demanda da Boehringer Saúde Animal, Cezar Santucci Filho, durante o quadro Giro pelo Brasil nesta quinta, 09. O profissional enalteceu que cada propriedade da Agropecuária Guapiara tem o seu calendário específico de sanidade para ser mais preciso no combate aos problemas de saúde do rebanho.

Durante o Giro do Boi, Santucci fez um convite para o Dia de Campo de 2018 na Fazenda São Luiz. A Boehringer Saúde Animal é parceira da Agropecuária Guapiara na realização do evento. Entre as atrações do encontro está palestra com o zootecnista e mestre em produção de ruminantes, Antônio Chaker, diretor do Inttegra, o Instituto Terra de Métricas Agropecuárias. O consultor vai tratar do tema “Fatores decisivos para uma pecuária lucrativa”.

Para participar do evento, o profissional interessado por entrar em contato pelo telefone (42) 3232 8300 ou pelo e-mail cintia@agroguapiara.com.br.

Veja mais informações sobre o Dia de Campo Agro Guapiara 2018 clicando no player abaixo:

VEJA TAMBÉM

No país sul-americano, é comum a prática de limpeza das áreas de pastagens através da aplicação de herbicidas. Isso faz com que os “ganadeiros” colombianos consigam uma produtividade média de 7/UA/HA, enquanto que no Brasil não atingimos nem a metade desse número, no Mato Grosso, por exemplo, a Embrapa Agrossilvipastoril, sediada em Sinop, estima uma...

Nesta terça-feira o programa Giro do Boi exibiu para todo o Brasil os lotes que mais se destacaram nas unidades de abate dos estados de SP, MT e MS.

A semana começou com lotes em destaque oriundos dos estados de MS, MT e SP.

Duas alternativas podem ajudar o fazendeiro a ter um equilíbrio na oferta de seu produto o ano todo: o uso da tecnologia da inseminação artificial (IATF) e o confinamento, inclusive no período das águas.

Confira a fazenda em destaque desta sexta, localizada na região de MT

“A última chuva que caiu por aqui foi antes do Natal”, disse o entrevistado, acrescentando que os problemas também atingem as cidades que dependem do Rio Pardo, principal da região e que abastece dezenas de cidades ao longo da margem.

No primeiro episódio da série, que estará sendo apresentada no Giro do Boi todas as sextas-feiras, Chaker nos explicou a “ter a fazenda nas mãos”. Foram três dicas importantes sobre pessoas, processos e finanças.

“Caruru gigante” é uma planta invasora muito agressiva, de rápido crescimento, tolerante ao herbicida glifosato e que tem se alastrado no Mato Grosso, principalmente na região de Lucas do Rio Verde, região central do Estado.

Confira a fazenda em destaque desta sexta, localizada na região de MT

Entre as facilidades para efetivar doações particulares está modalidade via imposto de renda; entenda como realizar o processo

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE