Taxa de prenhez em fazenda de Alagoas cresce 22,6% após controle da diarreia viral bovina

06 novembro 2018
controle-bdv-aumento-taxa-de-prenhez

Nesta terça, 06, no quadro Giro pelo Brasil, o médico veterinário Danyllo Pereira, coordenador da Boehringer Saúde Animal para os estados de Alagoas, Sergipe e Pernambuco, falou aos pecuaristas sobre o foco na sanidade de matrizes expostas à reprodução nesta época do ano.

Em um estudo feito em uma propriedade do grupo Fazenda Reunidas, foi feita imunização do rebanho com a vacina viva que combate a diarreia viral bovina, a BVD, uma doença silenciosa, quase assintomática, que prejudica a produtividade dos animais, incluindo queda nos índices de reprodução. A experiência foi feita na Fazenda São Caetano, em Porto Calvo, no estado de Alagoas. “A gente tem uma nova ferramenta que traz uma nova perspectiva de controle de BVD e, no caso, de melhoria destes índices (reprodutivos)”, destacou.

“A gente aproveitou a oportunidade deste experimento da utilização da Bovela na Fazenda São Caetano para avaliar de imediato qual seria o incremento da taxa de prenhez e a gente obteve lá um excelente resultado”, avaliou Pereira. A taxa de prenhez na propriedade saltou 12%, de 53% para 65% em uma única aplicação do protocolo, sem necessidade de ressincronização, o que representa um crescimento de 22,6% na comparação da taxa de prenhez das fêmeas que receberam a vacina viva com as que receberam a vacina inativada em um lote que tinha 57,9% de soroprevalência.

“São impactos bastante positivos, como menor necessidade e custo com ressincronizações, menor perda gestacional, proteção fetal e não produção de animais PI (permanentemente infectados), produção de lotes de bezerros mais saudáveis com melhor desenvolvimento, menor morbidade e mortalidade”, acrescentou o veterinário.

Veja o registro do experimento pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Confira as fazendas em destaque do dia 21 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Região norte de MT tem previsão de temporais para o fim de semana

Precipitações no local já atrapalharam o embarque de gado gordo desde a última semana, quando chegaram a 150 mm; saiba como se programar para evitar problemas com o transporte

Escrituração zootécnica: como transformar dados em atitudes na fazenda?

Anotar é importante, mas ainda são poucos os pecuaristas que registram seus indicadores mais importantes. Se você não faz escrituração zootécnica na sua fazenda, veja as dicas de Antônio Chaker

Confira as fazendas em destaque do dia 18 de janeiro de 2019

Fazendas nos estados do Rondônia, São Paulo Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Taxa de prenhez em fazenda de Alagoas cresce 22,6% após controle da diarreia viral bovina

06 novembro 2018
controle-bdv-aumento-taxa-de-prenhez

Nesta terça, 06, no quadro Giro pelo Brasil, o médico veterinário Danyllo Pereira, coordenador da Boehringer Saúde Animal para os estados de Alagoas, Sergipe e Pernambuco, falou aos pecuaristas sobre o foco na sanidade de matrizes expostas à reprodução nesta época do ano.

Em um estudo feito em uma propriedade do grupo Fazenda Reunidas, foi feita imunização do rebanho com a vacina viva que combate a diarreia viral bovina, a BVD, uma doença silenciosa, quase assintomática, que prejudica a produtividade dos animais, incluindo queda nos índices de reprodução. A experiência foi feita na Fazenda São Caetano, em Porto Calvo, no estado de Alagoas. “A gente tem uma nova ferramenta que traz uma nova perspectiva de controle de BVD e, no caso, de melhoria destes índices (reprodutivos)”, destacou.

“A gente aproveitou a oportunidade deste experimento da utilização da Bovela na Fazenda São Caetano para avaliar de imediato qual seria o incremento da taxa de prenhez e a gente obteve lá um excelente resultado”, avaliou Pereira. A taxa de prenhez na propriedade saltou 12%, de 53% para 65% em uma única aplicação do protocolo, sem necessidade de ressincronização, o que representa um crescimento de 22,6% na comparação da taxa de prenhez das fêmeas que receberam a vacina viva com as que receberam a vacina inativada em um lote que tinha 57,9% de soroprevalência.

“São impactos bastante positivos, como menor necessidade e custo com ressincronizações, menor perda gestacional, proteção fetal e não produção de animais PI (permanentemente infectados), produção de lotes de bezerros mais saudáveis com melhor desenvolvimento, menor morbidade e mortalidade”, acrescentou o veterinário.

Veja o registro do experimento pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Precipitações no local já atrapalharam o embarque de gado gordo desde a última semana, quando chegaram a 150 mm; saiba como se programar para evitar problemas com o transporte

Anotar é importante, mas ainda são poucos os pecuaristas que registram seus indicadores mais importantes. Se você não faz escrituração zootécnica na sua fazenda, veja as dicas de Antônio Chaker

Fazendas nos estados do Rondônia, São Paulo Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Fêmeas vieram de fazenda no Mato Grosso e alcançaram a marca de 100% Verde no Farol da Qualidade

Consultor relata problemas para produtores que não concluíram seu Cadastro Ambiental Rural e explica ainda a prorrogação da adesão ao Programa de Regularização Ambiental, o PRA

Fazendas nos estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram destaques do quadro Giro pelo Brasil; confira os lotes e Farol da Qualidade.

Publicação está em consonância com os manuais de boas práticas de manejo lançados e atualizados pelo Grupo Etco e reúnes as informações mais importantes de cada um dos livretos; faça o download

Pecuarista deve fazer download do Termo de Adesão e entregar assinado aos compradores de gado das unidades da indústria; veja como tirar suas dúvidas sobre o processo

Cartaz traz dicas para a peonada manejar o gado de acordo com as boas práticas; faça o download para impressão e distribua pelas instalações de sua propriedade

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE