Exclusivo: Grupo Etco lança Manual de Boas Práticas de Manejo no Curral

09 outubro 2019
manual-de-boas-praticas-de-manejo-no-curral-lancamento-grupo-etco

O Grupo Etco, Grupo Estudos e Pesquisas em Etologia e Ecologia Animal ligado à Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Unesp, anunciou oficialmente nesta quarta, 9, o lançamento da edição do Manual de Boas Práticas de Manejo no Curral, obra publicada com o apoio da Friboi e da MSD Saúde Animal.

Em entrevista ao Giro do Boi, o coordenador do Grupo Etco e professor da Unesp de Jaboticabal-SP Mateus Paranhos, um dos autores juntamente aos pesquisadores Janaína da Silva Braga, Adriano Gomes Páscoa e Maria Camila Ceballos, falou sobre os conteúdos que estão reunidos no manual e sua importância para a pecuária de corte brasileira. “O manual tem este objetivo, de apresentar soluções para os problemas do dia a dia. Neste caso, do último título que está sendo lançado hoje, resolver problemas da rotina de manejo no curral”, resumiu.

O livro de consulta reúne explicações de conceitos básicos de manejo, como distância de fuga, que é a distância que o animal permite que o peão se aproxime (ideal que seja 2 a 3 metros); ponto de equilíbrio, que está relacionado ao posicionamento do peão para indicar para onde ele quer que o animal vá; e a zona cega, nome autoexplicativo, que tem importância para o peão saber se posicionar dentro do campo de visão do bovino para que ele não fique se movimentando em busca de enxergar quem se aproxima dele. “Esses conceitos são fundamentais para o vaqueiro, para o capataz, enfim, para quem está na lida no curral, conduzir o trabalho de uma forma mais segura e eficiente”, esclareceu.

Paranhos contou que o livro também informa como os vaqueiros devem lidar com situações de emergência, como ocorre, por exemplo, quando um animal deita no brete coletivo ou no tronco de contenção. “Acima de tudo, e o manual enfatiza isto, tem que ter muita calma nesta hora porque parece é mais fácil controlar os animais do que a nós mesmos nestas situações de emergência. Portanto a gente tem que ter muita calma e ir com cuidado para evitar que ocorra situação pior, como aquelas que resultam em acidentes com as pessoas e com os animais também”, instruiu.

COMO ACESSAR O MANUAL
A publicação é uma iniciativa que integra o mês do bem-estar animal promovido pela Friboi em alusão ao Dia do Animal, celebrado na última sexta-feira, 4 de outubro. Ao longo do mês a companhia realiza uma série de ações voltadas ao tema, como palestras, capacitações de colaboradores e, neste ano, contou também com uma visita da pesquisadora Temple Grandin à unidade de abates em Campo Grande-MS. Este é o 8º título da série Boas Práticas de Manejo do Grupo Etco “e, no meu entendimento, o mais complexo porque ele é um processo que envolve muitos processos”, classificou Paranhos.

A publicação digital estará até o final desta semana disponível pelo link abaixo, onde já estão disponíveis as outras sete edições (Bezerros ao nascimento; Curral – projeto e construção – ; Embarque; Identificação; Transporte; Vacinação; e Confinamento)

+ Grupo Etco disponibiliza manuais de boas práticas de manejo: acesse e faça o download

Os pecuaristas fornecedores da Friboi também poderão ter em mãos uma cópia impressa do manual a partir da próxima semana, quando os livretos estarão disponíveis em todas as unidades de abate da companhia. A MSD Saúde Animal, por meio de seu programa Criando Conexões, voltado ao bem-estar animal, também prevê a distribuição do manual.

Veja a entrevista completa com Mateus Paranhos pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Pecuarista conta como superou desafio da limpeza de pasto na Região Norte

Com “eficiência e sustentabilidade”, produtor de Araguaína-TO afirmou que nova tecnologia contribuiu para controlar as plantas daninhas

Prêmio de melhor lote de novembro vai para fazenda de SP

Novilhas meio-sangue Angus gabaritaram o Farol da Qualidade e foram classificadas no Protocolo 1953

Fim de semana terá virada do tempo no Sul e temporais entre MG, GO, MS e MT

Além do volume expressivo de chuvas, temporal deve ser acompanhado por granizo; no Sul, não é descartada também a possibilidade de tempestades

Chuva engrossa e deixa em alerta pecuaristas do norte do MT e RO

Transporte boiadeiro tem mais obstáculos com acúmulo de água nas estradas de terra; veja o que produtor pode fazer para amenizar as dificuldades

Exclusivo: Grupo Etco lança Manual de Boas Práticas de Manejo no Curral

09 outubro 2019
manual-de-boas-praticas-de-manejo-no-curral-lancamento-grupo-etco

O Grupo Etco, Grupo Estudos e Pesquisas em Etologia e Ecologia Animal ligado à Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Unesp, anunciou oficialmente nesta quarta, 9, o lançamento da edição do Manual de Boas Práticas de Manejo no Curral, obra publicada com o apoio da Friboi e da MSD Saúde Animal.

Em entrevista ao Giro do Boi, o coordenador do Grupo Etco e professor da Unesp de Jaboticabal-SP Mateus Paranhos, um dos autores juntamente aos pesquisadores Janaína da Silva Braga, Adriano Gomes Páscoa e Maria Camila Ceballos, falou sobre os conteúdos que estão reunidos no manual e sua importância para a pecuária de corte brasileira. “O manual tem este objetivo, de apresentar soluções para os problemas do dia a dia. Neste caso, do último título que está sendo lançado hoje, resolver problemas da rotina de manejo no curral”, resumiu.

O livro de consulta reúne explicações de conceitos básicos de manejo, como distância de fuga, que é a distância que o animal permite que o peão se aproxime (ideal que seja 2 a 3 metros); ponto de equilíbrio, que está relacionado ao posicionamento do peão para indicar para onde ele quer que o animal vá; e a zona cega, nome autoexplicativo, que tem importância para o peão saber se posicionar dentro do campo de visão do bovino para que ele não fique se movimentando em busca de enxergar quem se aproxima dele. “Esses conceitos são fundamentais para o vaqueiro, para o capataz, enfim, para quem está na lida no curral, conduzir o trabalho de uma forma mais segura e eficiente”, esclareceu.

Paranhos contou que o livro também informa como os vaqueiros devem lidar com situações de emergência, como ocorre, por exemplo, quando um animal deita no brete coletivo ou no tronco de contenção. “Acima de tudo, e o manual enfatiza isto, tem que ter muita calma nesta hora porque parece é mais fácil controlar os animais do que a nós mesmos nestas situações de emergência. Portanto a gente tem que ter muita calma e ir com cuidado para evitar que ocorra situação pior, como aquelas que resultam em acidentes com as pessoas e com os animais também”, instruiu.

COMO ACESSAR O MANUAL
A publicação é uma iniciativa que integra o mês do bem-estar animal promovido pela Friboi em alusão ao Dia do Animal, celebrado na última sexta-feira, 4 de outubro. Ao longo do mês a companhia realiza uma série de ações voltadas ao tema, como palestras, capacitações de colaboradores e, neste ano, contou também com uma visita da pesquisadora Temple Grandin à unidade de abates em Campo Grande-MS. Este é o 8º título da série Boas Práticas de Manejo do Grupo Etco “e, no meu entendimento, o mais complexo porque ele é um processo que envolve muitos processos”, classificou Paranhos.

A publicação digital estará até o final desta semana disponível pelo link abaixo, onde já estão disponíveis as outras sete edições (Bezerros ao nascimento; Curral – projeto e construção – ; Embarque; Identificação; Transporte; Vacinação; e Confinamento)

+ Grupo Etco disponibiliza manuais de boas práticas de manejo: acesse e faça o download

Os pecuaristas fornecedores da Friboi também poderão ter em mãos uma cópia impressa do manual a partir da próxima semana, quando os livretos estarão disponíveis em todas as unidades de abate da companhia. A MSD Saúde Animal, por meio de seu programa Criando Conexões, voltado ao bem-estar animal, também prevê a distribuição do manual.

Veja a entrevista completa com Mateus Paranhos pelo vídeo abaixo:

VEJA TAMBÉM

Com “eficiência e sustentabilidade”, produtor de Araguaína-TO afirmou que nova tecnologia contribuiu para controlar as plantas daninhas

Novilhas meio-sangue Angus gabaritaram o Farol da Qualidade e foram classificadas no Protocolo 1953

Além do volume expressivo de chuvas, temporal deve ser acompanhado por granizo; no Sul, não é descartada também a possibilidade de tempestades

Transporte boiadeiro tem mais obstáculos com acúmulo de água nas estradas de terra; veja o que produtor pode fazer para amenizar as dificuldades

Fazenda localizada em Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, foi destaque do quadro Giro pelo Brasil; confira o lote e Farol da Qualidade.

Raça é uma grande máquina de fazer carne com base no capim e no sal mineral, reforçou executivo da ACNB em balanço do Circuito Nelore 2019

Com “eficiência e sustentabilidade”, produtor de Araguaína-TO afirmou que nova tecnologia contribuiu para controlar as plantas daninhas

Além do volume expressivo de chuvas, temporal deve ser acompanhado por granizo; no Sul, não é descartada também a possibilidade de tempestades

Transporte boiadeiro tem mais obstáculos com acúmulo de água nas estradas de terra; veja o que produtor pode fazer para amenizar as dificuldades

Raça é uma grande máquina de fazer carne com base no capim e no sal mineral, reforçou executivo da ACNB em balanço do Circuito Nelore 2019

DIREITO AGRÁRIO

Participe do Giro do Boi

NEWSLETTER

Receba as notícias do Giro do Boi gratuitamente em seu e-mail

CADASTRE-SE